Rodeada de vales e cercada por rios, cachoeiras e piscinas naturais de águas límpidas e cristalinas, bem na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, a região de Visconde de Mauá reserva aos seus visitantes incontáveis atrações, tanto pela exuberante beleza natural da Serra da Mantiqueira, quanto pela gastronomia e comércio das três vilas da região: Visconde de Mauá, Maringá e Maromba.

Leia Mais:

Sete lugares para visitar no Rio de Janeiro que valem a pena

Morro do Vidigal, a nova paixão turística do Rio de Janeiro

O que fazer no Rio na visão de quatro cariocas

Como Chegar

O principal acesso para a região de Visconde de Mauá é pela Rodovia Presidente Dutra, entre os municípios de Resende e Itatiaia, no Estado do Rio de Janeiro, pela saída km 311 – Penedo/Visconde de Mauá. Depois de sair da via Dutra, seguir pela RJ163 até Visconde de Mauá, são 29 km de estrada asfaltada, passando por alguns mirantes que valem a parada, para observar os vários panoramas da Serra da Mantiqueira. De Visconde de Mauá até a Vila de Maringá são mais 5 km, e até a Vila de Maromba são mais 3km.

o que fazer em visconde de maua

Onde Ficar

Visconde de Mauá possui inúmeras alternativas entre hotéis, pousadas, campings e hostels, que com certeza atendem todos os gostos e bolsos. Escolhemos ficar na Pousada no Caminho do Marimbondo, localizada no Vale do Pavão, entre Visconde de Mauá e Maringá. O acesso é pela Estrada do Vale do Pavão, com apenas 1,5km de estrada de terra até o portão da Pousada.

A Pousada dispões em seus mais de 15.000 m² de terreno, de piscina com deck de madeira, piscina aquecida coberta, saunas seca e a vapor, sala de jogos, etc. As águas do riacho do Pavão cortam o terreno da Pousada, com uma pequena queda d´água onde forma uma piscina natural.

Fomos recepcionados pelo Sr. Erevan, que prontamente fez nosso check-in e em menos de 10 minutos já estávamos em nosso chalé, que por sinal muito bem equipado com cama Box Queen Size, Lareira, TV por assinatura, Internet Wi-Fi, Cofre, além de banheira de hidromassagem com jardim privativo, onde passamos momentos incríveis.

Sábado com 6 Cachoeiras

Tomamos café da manhã no primeiro horário para aproveitarmos o máximo o dia e planejamos um roteiro para visitar as cachoeiras mais próximas da Pousada e das Vilas de Maringá e Maromba. Difícil foi deixar a mesa do café da manhã, principalmente por conta do pão de queijo servido quentinho pela Dna. Rosângela.

o que fazer em visconde de maua

Poço do Marimbondo

O Poço do Marimbondo é uma piscina natural, o acesso ao local é gratuito e se dá pela Estrada do Vale do Pavão. São 6km de estrada de terra, com trechos bem íngremes, sendo aconselhável para veículos mais altos ou 4×4. Depois de estacionar o carro na estrada, são mais 15 minutos de caminhada por uma trilha bem demarcada, passando por uma linda mata.

o que fazer em visconde de maua

Poção de Maromba

O Poção de Maromba fica a cerca de 2 km da Vila de Maromba, com acesso fácil e gratuito, no caminho para Cachoeira do Escorrega, sendo uma das piscinas naturais mais belas da região. O Poção com seus 7 metros de profundidade, é um convite a quem gosta de se aventurar a saltar das pedras de suas margens.

o que fazer em visconde de maua

Cachoeira do Escorrega

Programa quase obrigatório para quem visita a região, a Cachoeira do Escorrega fica a apenas 3 km da Vila de Maromba, e por ter fácil acesso é um dos pontos mais concorridos. Os visitantes não pagam pela acesso, mas se você for de carro, o estacionamento custa R$ 10,00. Caso queira fazer uma parada para comer ou beber, existem bares e restaurantes bem próximos a cachoeira.

Cachoeira Véu da Noiva

Também na Vila de Maromba e de fácil acesso, a Cachoeira Véu da Noiva tem uma queda de 15 m de altura que forma um poço bem rasinho, o que facilita ficar embaixo da queda d´água curtindo uma hidromassagem natural.

o que fazer em visconde de maua

Truta Rosa

A caminho da Cachoeira Toca da Raposa, pela Estrada da Santa Clara, paramos para visitar e acabamos almoçando no Truta Rosa, que também oferece o sistema Pesque e Pague. O local é bem cuidado e o restaurante tem ambiente muito agradável, com atendimento impecável e pratos para satisfazer todos os seus sentidos.

Cachoeira Toca da Raposa

Depois de um belo almoço, seguimos até a Cachoeira Toca da Raposa, que fica em uma propriedade particular a aproximadamente 4 km da Vila de Maringá. A trilha desde a estrada até a cachoeira tem apenas 300 metros. O local possui um bar que serve bebidas e porções, onde também é cobrada a taxa de visitação de R$ 4,00 por pessoa. A cachoeira fica entre 2 paredões de rocha, que canalizam o spray e o som da queda d´água, aumentando a sensação de poder desse lugar.

o que fazer em visconde de maua

Cachoeira Santa Clara

A Cachoeira da Santa Clara é uma das mais belas e conhecidas da região, com acesso fácil a apenas 3 km da Vila de Maringá. As águas do Rio Santa Clara escorrem por um paredão de 30 metros de altura, formando uma piscina natural em sua base.

o que fazer em visconde de maua

Cervejaria Artesanal

Voltando a Vila de Maringá, depois de um dia agitado com visita a 6 cachoeiras, paramos na Micro Cervejaria “Maresia de Mauá”, onde os clientes podem ver em ação a Mestre Cervejeira Edna, trabalhando em um dos vários estilos de cerveja produzidos no local. Além das cervejas produzidas na micro cervejaria, o cardápio oferece cerca de 50 rótulos de cervejas especiais e importadas, além de comidas alemãs para melhor harmonizar com a cerveja de sua preferência.

Domingo no Alcantilado

Cachoeiras do Alcantilado (Trilha das 9 Cachoeiras)

O Sítio Cachoeiras do Alcantilado é uma propriedade particular, localizado no Vale do Alcantilado a 7 km da Vila de Maringá e a 9 km de Visconde de Mauá.

Saímos da pousada bem cedo, mas não antes de tomar café da manhã com pão de queijo feito na hora pela Dna Rosângela. A estrada de terra é bem irregular, mas nada que impeça um veículo de passeio comum de chegar até a portaria do sítio. O local possui estacionamento próximo a Recepção, onde é cobrado taxa de visitação de R$ 16,00 por pessoa, que sinceramente vale cada centavo, pois o lugar é simplesmente lindo.

Ao longo de uma trilha de 1,5 km (3 km ida e volta) e quase 300 m de desnível, em meio a Mata Atlântica, visitamos 9 cachoeiras cachoeiras e poços, além de mirantes e grutas, que fazem com que o Sítio Cachoeiras do Alcantilado seja um dos melhores atrativos da região.

O capricho da Administração do Sítio com a trilha é um caso à parte, o caminho é bem demarcado, sinalizado com placas indicativas para cada atrativo, bem conservada e limpa, e principalmente segura, com degraus e corrimãos.

O último trecho da trilha é a mais ingrime, mas o esforço é recompensado de um lado pela Cachoeira do Alcantilado e pelo outro lado com a vista para o Vale do Alcantilado.O Sítio ainda dispõe de uma pastelaria e um bar/lanchonete (recepção), para repor as calorias perdidas na subida.

Conhece Visconde de Mauá ? Conta pra gente !

Por: Wilton Esteves

Empresário e Fotógrafo Autoral, tem paixão pela fotografia de paisagens, e busca em suas viagens inspiração e experiências culturais.
Instagram @wiltonesteves

Planeje sua viagem:

Reserve sua hospedagem na Pousada Caminho do Marimbondo no Booking.com

Garanta seu Seguro Viagem com desconto pela Seguros Promo