Prepare os cintos! O Mochilando embarcou em uma super viagem e anotou tudo sobre como é voar de British Airways e contamos tudo por aqui.

Eu já voei de British Airways diversas vezes. Quatro vezes do Brasil para Nova Delhi, na Índia, e recentemente do Brasil para Veneza, na Itália, todas as vezes com conexão no aeroporto de Heatrow, em Londres. É lá onde fica a sede da British, com um terminal inteiro somente para a companhia.

A British Airways é a segunda maior companhia aérea da Europa e uma das maiores do mundo, opera voos para mais de 390 destinos e faz parte da aliança OneWorld. Os voos com duração de aproximadamente 11 horas diretamente do Brasil para Londres saem de São Paulo ou Rio de Janeiro e eu já saí de ambas as cidades.

como é voar na british airways

Saiba tudo sobre como é voar de British Airways:

Check-in

O atendimento na hora do check-in é muito eficiente e os funcionários são bastante simpáticos e prestativos. É importante levar em conta que a British permite marcar assento quando o check-in online é aberto 24 horas antes do voo, portanto é fundamental se antecipar caso você tenha preferência de assento ou tenha alguma necessidade especial. Assentos na saída de emergência estão disponíveis sem custo adicional.

Avião

Os aviões da British em geral não são muito modernos, mas são bastante silenciosos e passam por áreas de turbulência de forma muito suave, o que é fundamental para um voo tranquilo.

Viajei em classe econômica quase todas as vezes, exceto por uma das viagens que tive um upgrade espontâneo para a classe executiva, que tem o atendimento parecido com a classe econômica, mas é muito mais espaçosa e confortável.

A configuração do avião nos voos do Brasil para Londres é 3+4+3 e o espaço entre as poltronas tem um padrão bom. Os assentos são bastante confortáveis com uma regulagem bem interessante no apoio para a cabeça que não deixa que você faça movimentos bruscos com o pescoço enquanto dorme. Seguindo demais padrões internacionais, a companhia oferece coberta, fone de ouvido, kit para higiene bucal e um pequeno travesseiro.

Entretenimento

Nos voos de longa duração, cada poltrona da classe econômica possui um televisor individual de tamanho razoável com uma vasta opção de filmes, séries, músicas, programação infantil, etc. Os filmes são atuais e com uma excelente seleção.
Nos voos que peguei recentemente saindo do Rio de Janeiro, encontrei um ponto negativo, caso você não seja fluente em inglês: quase todas as séries e filmes eram sem legendas ou com legendas em inglês.

Um fone de ouvido é disponibilizado para o uso da TV, mas caso prefira usar o seu pessoal, a entrada é o mesmo padrão para qualquer fone de ouvido. O controle de brilho, volume e canais pode ser feito por toque na própria tela ou por um controle que fica preso ao braço.

Nenhum dos aviões da British Airways que eu voei possuía a opção de Wi-Fi.

como é voar de british airways

Flickr: aafes49

Serviço de bordo

O serviço de bordo da British Airways é impecável em cordialidade, no entanto, eu reparei que quase toda a tripulação é inglesa então eles pecam um pouco na variedade de idiomas para atender os passageiros.
No meu voo mais recente do Brasil para Londres e no retorno, a grande maioria dos passageiros eram brasileiros, mas não vi nenhum comissário que falasse português e os anúncios importantes durante o voo eram feitos por gravações ou apenas em inglês. As pessoas sentadas do meu lado não falavam inglês e eu tive que ajudá-los diversas vezes traduzindo o que os comissários falavam.

Nos voos entre Londres e Veneza, alguns comissários falavam italiano e durante minha experiência com a British anos atrás em 2011, lembro que metade da tripulação era brasileira, então acredito que alguma coisa tenha mudado de uns anos pra cá ou talvez tenha sido um caso atípico. De qualquer maneira, toda tripulação é muito simpática, comunicativa e prestativa.

Entre uma refeição e outra, normalmente enquanto as pessoas estão dormindo ou entretidas com a programação de bordo, os comissários passam diversas vezes com bebidas e aperitivos que são servidos para quem está acordado, ou você pode levantar e ir até a área da “cozinha” se servir.

Refeições

As refeições seguem o tamanho padrão de voos internacionais e são oferecidas duas opções de pratos quentes, quase sempre com uma opção vegetariana e outra com carne, mas isso não é uma regra. Eu sei que tem muita gente que detesta comida de bordo, mas eu particularmente adoro porque tem gostinho de viagens e eu acho que eles conseguem ter uma qualidade bem superior dentro do que se pode esperar de uma refeição de avião.

como é voar de british airways

Vale lembrar que, caso você precise de menu especial nos voos longos, este deverá ser solicitado no ato da compra da passagem. Voar de British Airways é saber que você vai comer bem. A companhia oferece diversas opções no cardápio como menu infantil, vegetariano, vegano, celíaco, light, entre outros. Eu solicitei com antecedência menu vegetariano e todos os pedidos especiais são atendidos com prioridade – isso é ótimo porque você não precisa esperar o carrinho chegar na sua vez. Rs!
Em um dos voos, houve um equívoco por parte da companhia e meu menu veio vegano (sem nenhum derivado de origem animal) ao invés de vegetariano (somente sem carne), então eu tive que sofrer um pouco babando no chocolate da colega ao lado e me contentando com um pêssego de sobremesa. Rs! Brincadeiras à parte, eu informei à comissária de bordo sobre o engano e ela providenciou umas guloseimas para o meu prato sem transtornos e minha refeição estava saudável e igualmente saborosa.

Caso você esqueça de solicitar sua refeição especial com antecedência e eles não disponham de uma opção, não deixe de perguntar para os comissários pois eles quase sempre encontram uma alternativa e, se sua restrição alimentar não for muito específica, pode ter certeza que eles não te deixarão com fome.

Os voos internos pela Europa que são de curta duração não oferecem solicitação prévia de menu especial, no entanto todos os voos que eu peguei tinham opção vegetariana, não-vegetariana e também celíaca. Eu sempre penso bastante no desperdício gerado pelas companhias e em dois voos curtos que eu peguei com a British, os comissários de bordo passaram oferecendo aos passageiros para levarem comidinhas extras, já que eles não iriam utilizá-las – acredito que não seja de praxe, mas eles ganharam meu respeito por isso! 🙂

Dica extra para quem viaja para o aeroporto Heatrow ou em conexões:

O Heatrow é um aeroporto bastante restrito e cuidadoso no quesito segurança. Como em todo voo internacional, os produtos líquidos, cremosos, aerosol e outros do gênero só podem ser carregados na bagagem de mão em embalagens de 100ml ou menos, caso contrário, precisam ser despachados.
No entanto, tente não carregar mais de 20 destas embalagens para evitar possíveis transtornos pois vi muita gente tendo que se desfazer de alguns pertences porque exageraram um pouco na dose.
No site do aeroporto, eu não encontrei nada que fale sobre um número limite de embalagens, mas fique atento à isso pois este controle existe. Acredito que 20 seja um número tolerável, pelo que eu observei.

Pouco antes de entrar na área de raio-x, você irá passar por um corredor muito bem sinalizado onde sacolas transparentes estão disponíveis para que você coloque todos estes produtos dentro e lacre a sacola (isso inclui protetor labial, pasta de dente, remédio líquido, desodorante, etc). Se tiver qualquer dúvida se deve colocar na sacola ou não, coloque assim mesmo ou peça ajuda aos atendentes, uma vez que todos os produtos devem estar devidamente separados conforme as normas aeroportuárias.
Estou sendo bem enfática nisso, pois da última vez que passei pelo Heatrow não me atentei à uma pequena pasta de dente que eu tinha na bolsa e tive que passar quase 1 hora na fila de inspeção particular pois o raio-x reprovou minha bagagem. Todos que têm suas bagagens reprovadas por qualquer motivo insignificante que seja passam por uma inspeção minuciosa que pode demorar horas dependendo do movimento no aeroporto, e pode até fazer você perder sua conexão, o que aconteceu com uma das pessoas que estava na mesma fila que eu.

Se você fizer tudo conforme eles pedem, não terá problemas e o processo é bastante rápido e prático. Caso tenha um imprevisto como eu tive, seja paciente e lembre-se que este procedimento, apesar de chato, é para sua própria segurança.

Consulte aqui todas as restrições da segurança, que são aplicadas tanto para quem embarca quanto para quem faz conexões no aeroporto Heatrow.

E aí, gostou de saber como é voar na British Airways?

Patricia viajou a convite do órgão de turismo de Ístria, na Croácia.