Comida! Quer coisa melhor que isso?

Há tempos eu queria vir aqui contar um pouco sobre minha relação Comida x Viagens e acho que essa é a foto mais adequada pra começar bem o assunto.

alimentação nas viagens

Comendo em um refeitório no Goldem Temple na Índia

Leia Mais:

4 apps de edição que irão deixar suas fotos de viagem incríveis

Tudo que você precisa para enfrentar o medo de viajar sozinha!

Nada mais clichê que dizer que viagens abrem nossa cabeça, mas também não há nada mais verdadeiro que isso, não é? No meu caso, abriu a cabeça e o apetite!

Eu levo até hoje resquícios da fama de ser uma pessoa extremamente fresca com comida e eu devo admitir que fiz por merecer, eu era realmente muito fresca! Não comia salada, não comia legumes, não comia nada colorido, nada que cheirasse forte nem nada que não cheirasse, nada do mar nem quase nada da terra: fresca!

E essa aí da foto sou eu, na forma mais representativa de mim mesma sob a palavra mudança, comendo alguma coisa estranha com outra coisa bizarra e altamente apimentada que eu não sei até hoje o que é.

Para quem não sabe, o refeitório gigantesco na entrada do Golden Temple, que você vê na foto, bem como os dormitórios que o cercam, é aberto e livre para peregrinos ou para qualquer um disposto a vivenciar algo realmente marcante. Claro que há também aqueles que me disseram que o sacrifício é grande demais só para economizar uma pechincha de hotel e comida, mas é tudo uma questão de ponto de vista.

Eu não vou dizer que é preciso chegar nesse ponto, até porque criei um estômago de pedra depois disso aí, mas hoje em dia, meu pensamento é sempre que aquilo ali está muito gostoso para a ocasião. Tente fazer este exercício diário para ver como sua percepção sobre as coisas começam a mudar e isto serve para tudo!