Quer aproveitar a escala em Joanesburgo para conhecer um pouco do que há de melhor na África do Sul? Que tal fazer um safári enquanto você espera o próximo voo?

A capital financeira do país, com mais de 4 milhões de habitantes, pode ser um pouco perigosa para turistas desavisados. A cidade está entre as 50 cidades mais violentas do mundo, segundo ranking anual de uma conceituada ONG mexicana. Se você tiver uma longa escala em Joanesburgo antes de embarcar para outro país da Ásia ou Oceania, é preciso saber qual é a melhor forma de aproveitar o tempo por lá.

Os passeios mais comuns entre quem chega ao aeroporto O. R. Tambo International para passar o dia, são a visita a uma das casas de Nelson Mandela, o Museu do Apartheid  ou o Lion Park. Os três passeios ficam a 1 hora de distância do aeroporto, é preciso reservar um táxi para te levar e nenhum dos passeios tem algo a se destacar. O Lion Park, é um parque onde você pode entrar com leões nas jaulas, porém, nunca recomendo este tipo de turismo pelo maus-tratos aos animais.

o que fazer em uma escala em joanesburgo

Leia Mais:

Sua próxima viagem, faça um Safári 
Viagem para Zanzibar, um paraíso escondido na Tanzânia 

Mas então, o que fazer ?

O seu dia pode se tornar um dia inesquecível em meio a natureza incrível do país. Isso porque é possível fazer um Safári mesmo se você ficar menos de 24 horas na África do Sul.  Agora você já sabe o que fazer durante uma escala em Joanesburgo.

Para fugir do agito da cidade grande e se encontrar com grandes animais, o Pilansberg National Park protege a abundante biodiversidade da fauna e flora do país a 2 horas de carro da metrópole.

Para tornar tudo isso viável, a Go Safari disponibiliza tours privativos que se encaixam nos seus horários, com carros de excelente qualidade – no nosso caso, foi uma Hilux 4×4. Um motorista te busca no aeroporto e te leva para curtir um dia de encontro com elefantes, girafas, zebras, rinocerontes, entre outros animais livres na natureza.

escala em joanesburgo

O tour para o Safari no Pilansberg National Park

Chegamos ao aeroporto O. R. Tambo International às 7h30 da manhã em um voo de São Paulo, com destino final a Perth, na Austrália. Nossa escala duraria 13 horas e só sairíamos da África do Sul às 21hrs do mesmo dia.

Se a sua escala em Joanesburgo durar mais de dez horas durante o dia, você consegue fazer o Safári com calma e sem stress. Se o seu caso for diferente e você só tiver procurando uma boa empresa para fazer um Safári em Joanesburgo, aqui também é o lugar para pegar as dicas.

escala em joanesburgo

O passeio com a Go Safari dura em torno de oito horas. São duas horas de viagem na ida e outras duas para voltar. A estrada até o Pilansberg é cênica: montanhas com bilhões de anos cercam a Savana, onde foram encontrados os primeiros vestígios da humanidade. Tudo em uma viagem de algumas horas para o parque e explicado – em inglês – pelo simpático guia da Go Safari.

Chegamos ao Pilansberg National Park por volta do meio dia, curtimos o Safári até às 16h30 (tempo suficiente para ver diversos animais e ainda almoçar) e depois já fizemos o trajeto de volta para chegar ao aeroporto às 19 hrs e embarcar uma hora depois.

escala em joanesburgo

Ao atravessar as portas do Parque, é preciso ter paciência para encontrar os animais. De pouco a pouco, eles vão aparecendo e surpreendem o turista a todo momento. O mais legal é ter a oportunidade de observa-los em seu ambiente natural, livres no meio da Savana, com comportamento e aparecimento imprevisíveis.

Como o parque é um santuário dos animais, é muito comum avistar elefantes, girafas, zebras, rinocerontes, macacos, entre outros em poucas horas. Os felinos, porém, são os mais raros de serem encontrados.

escala em joanesburgo

Almoço no Pilansberg National Park

Após algumas horas observando os animais, a fome começa a bater. Dentro do Parque Nacional, existem duas opções de almoço: a mais luxuosa é em lodges da região e a mais simples, porém divertida, é comer próximo a um lago onde os animais costumam descansar, tomar água e até um banho. Nós preferimos curtir a segunda opção.

A comida é simples por lá, são lanches, refrigerantes e cervejas. O espetáculo ali é outro: curtir os animais que ali descansam ou apreciar a esperteza dos macacos que sempre tentam alcançar o que sobrou nas mesas.

escala em joanesburgo

escala em joanesburgo

Depois do almoço, já é hora de começar a voltar. Mais uma voltinha no parque para tentar avistar novos animais e depois já começa a estrada de volta ao aeroporto.

Ter uma experiência deste tipo, enquanto você está em uma escala em Joanesburgo, é um privilégio que precisa ser muito bem aproveitado.

Existe risco de perder o voo?

O Pierre, nosso guia e motorista sul-africano da Go Safari, foi excelente. Atencioso, cuidou de nossos horários e de todos os detalhes da viagem com muito cuidado para que não houvesse nenhum stress quanto ao voo seguinte.

Uma boa dica, além de ir com a Go Safari: faça o check-in online do segundo voo. As malas vão direto da sua cidade de origem para o destino, então você não precisa se preocupar com elas. É só chegar ao aeroporto O.R. Tambo International e embarcar, sem problemas.

escala em joanesburgo

Fuso horário e Jetlag

Viagens longas são marcadas por muito cansaço pela mudança na hora. O Safári é bom até para se ajustar no fuso-horário e melhorar o Jetlag. Como a África do Sul fica no meio do caminho para escalas da Ásia e Oceania, o fuso horário também já começa a mudar bastante.

O Safári foi ótimo para o nosso fuso, por exemplo, porque chegamos no voo para a Austrália já cansados e dormimos o voo inteiro. Chegamos de manhã na Oceania já com o fuso (quase) ajustado.

escala em joanesburgo

Câmbio na África do Sul

A Go Safari te busca no aeroporto e já dá a dica: troque o dinheiro que você for usar no dia ali mesmo. Ao contrário da maioria das cidades, o aeroporto de O.R Tambo Internacional é o local com as melhores tarifas para a conversão de dinheiro.

escala em joanesburgo

Informações adicionais

A Go Safari ainda faz tours não privativos, que tem preços ainda mais acessíveis. Os pacotes de um dia de Safári variam entre R$ 400 a R$ 600 por pessoa, com tudo incluso – menos almoço. Motorista/guia, carro, entrada para o Parque Nacional e a garantia de um dia inesquecível.

A empresa é super confiável e você pode combinar as formas de pagamento com eles por email, quando fizer a reserva para o Safari.

Se você tem uma escala em Joanesburgo, aproveite pra viver esta experiência.

Tel: +27 11 792 6624

Celular: +27 82 800 9964

E-mail: [email protected]

Site: www.safarinsouthafrica.com

escala em joanesburgo

Curtiu? Comente por aqui!

Virginia fez o Safári a convite da Go Safari.