Se Milão é o seu próximo destino, acompanhe a seguir as dicas mais valiosas que separamos para você montar o roteiro perfeito, indo das melhores hospedagens até os passeios mais imperdíveis.

Poucos lugares conseguem reunir tanta história quanto Milão, localizado ao norte da Itália, esse destino cheio de belezas é a capital da Lombardia. É fácil se apaixonar por essa cidade que vive da cultura, da arte, da moda e do design. Dos passeios mais icônicos, como a Galeria Vittorio Emanuele II, até a oportunidade de ver obras originais de Leonardo da Vinci no Castello Sforzesco, cada local é especial.

Para os que desejam ficar coladinhos nos pontos turísticos, como a Catedral de Milão, o Centro Histórico é ideal para se hospedar. Se os seus dias em terras italianas se estender, aproveite para conhecer Navigli, um bairro cheio de canais que lembram as paisagens de Amsterdam, repleto de galerias de arte e cafeterias. E, claro, desfrute da gastronomia local, regada com massas e bons vinhos, tudo em um clima bem boêmio.

Ficou interessado? Quer mais dicas para montar um roteiro super completo? Então siga com a leitura, pois reunimos tudo que você precisa saber para curtir ao máximo sua estadia em Milão. 😉

O que fazer em Milão

Parte interna da Galeria Vittorio Emanuele II em Milão, o teto é de vidro, a construção é em estilo renascentista, o chão é desenhado, assim como há algumas pinturas no topo das lojas
Os detalhes da Galeria Vittorio Emanuele II – Foto: Federico Di Dio via Unsplash

As ruas de Milão chamam atenção pelas estruturas históricas que se misturam com todo o design moderno que esse destino respira. Prova disso, é a robusta Galeria Vittorio Emanuele II, onde há lojas de marcas famosas como a Dior, cafeterias charmosas, ótimos restaurantes, produtos artesanais e, tudo isso, dentro de uma construção que teve início em 1865. O teto de vidro e o chão desenhado tornam esse lugar um dos cartões postais da cidade.

Outro local de destaque é a Catedral de Milão, com 108 metros de altura, sua arquitetura gótica incomparável levou cerca de 500 anos para ficar pronta. Por lá, indicamos subir a torre mais alta e apreciar a vista. Já o Castello Sforzesco é um marco do século XV que, com o passar do tempo, se tornou um espaço de preservação cultural, com museus e bibliotecas. A Sala delle Asse, que faz parte do local, é onde está uma pintura de Leonardo da Vinci que ocupa o ambiente inteiro.

E, ainda falando de uma das figuras mais importantes da história, visite a Santa Maria delle Grazie para ver de perto o quadro “A última ceia”, a obra mais emblemática do pintor. Aproveite e tire uma tarde para ir até a Pinacoteca de Brera, um dos museus mais relevantes da Itália, recheado de obras renomadas, como “O beijo” de Francesco Hayez. Para seguir com seu mergulho pela história de Milão, passe pelo Teatro alla Scala, de 1778, conhecido pelos grandiosos espetáculos de ópera.

Termine o seu passeio indo até o Arco della Pace para tirar uma foto inesquecível da sua viagem, e se encaminhe para Navigli. Um bairro com cinco canais que se interligam, em suas margens, além da bela paisagem, há livrarias, mercados artesanais e pequenas galerias de arte. E, se você der sorte de visitar esse destino durante a Semana da Moda de Milão, assista alguns desfiles, certamente essa será uma experiência única.

A seguir, listamos alguns dos passeios mais imperdíveis pela cidade:

  1. Galeria Vittorio Emanuele II
  2. Catedral de Milão
  3. Castello Sforzesco
  4. Santa Maria delle Grazie
  5. Pinacoteca de Brera
  6. Teatro alla Scala
  7. Parque Sempione
  8. Arco della Pace
  9. Piazza Mercanti
  10. Navigli
  11. Museu Nacional de Ciência e Tecnologia Leonardo da Vinci
  12. Basílica de Santo Ambrósio

Descubra mais passeios incríveis para uma viagem completa em Milão.

Onde ficar em Milão

Milão conta com muitas regiões interessantes para se hospedar, claro que o destaque é a região do Centro Histórico. Lugar onde você fica bem próximo de algumas atrações famosas, como a Catedral de Milão e a Galeria Vittorio Emanuele II. Por lá, o bairro Brera também merece sua atenção, está na área central, e dispõe de ótimos hotéis, além de bons pontos turísticos pela vizinhança.

Já em Navigli há muito charme às margens dos canais, e a vida noturna é animada por lá. Embora as hospedagens tenham um preço mais acessível, essa região é um pouco mais distante do centro. Vale a pena também investir nos arredores da Estação Central e na Estação Porta Garibaldi, onde é fácil conseguir trens e ônibus que te levam para qualquer canto da cidade.

Abaixo, você confere nossa seleção com diversas estadias para você decidir com mais confiança onde ficar em Milão:

Hotéis em Milão

Quarto moderno do Château Monfort – Relais & Châteaux com uma cama de casal, uma cabeceira com flores desenhadas, um sofá redondo e um mesinha de centro, piso de madeira e um espelho, em Milão
Clique na imagem e faça sua reserva no Château Monfort – Relais & Châteaux

Os hotéis em Milão transparecem a beleza dessa cidade histórica e cultural. Grande parte das acomodações estão muito bem localizadas, seja no Centro Histórico ou perto da Estação Central, por exemplo. Confira:

Conheça outras opções de hotéis:

Veja todas as opções de hotéis em Milão.

Hostels em Milão

Quarto compartilhado no Madama Hostel & Bistrot com duas beliches de ferro, entre elas, há um armário com seis portinhas, e há alguns desenhos coloridos nas paredes
Clique na imagem e faça sua reserva no Madama Hostel & Bistrot

Os hostels em Milão são uma excelente escolha para quem deseja voltar dessa viagem com muitas recordações. Esse tipo de hospedagem te proporciona conhecer pessoas do mundo todo e vivenciar uma estadia mais comunitária. Veja:

Veja todas as opções de hostels em Milão.

Aluguel de temporada em Milão

Sala ampla do Heart Milan Apartments San Sepolcro Duomo com um sofá com diversas almofadas, um abajur, uma varanda ampla com cortinas, há um rack com uma televisão e uma pequena mesa de centro, em Milão
Clique na imagem e faça sua reserva no Heart Milan Apartments San Sepolcro Duomo

Se você pretende passar um bom tempo em terras italianas, ou então se vai viajar com um grupo maior de pessoas, o aluguel de temporada em Milão torna-se uma ótima alternativa. Além do bom espaço interno, esses locais contam com muito requinte e conforto:

Veja todas as opções de aluguel de temporada em Milão.

Onde comer em Milão

Um prato branco com macarrão nozes e manjericão, talheres, um vinho e um pequeno prato com torradas
Os belos pratos do Cantine Milano – Foto: Divulgação via Instagram

Quem vai para Milão sempre pensa em experimentar uma legítima massa italiana, certo? Para isso, visite a Cantine Milano, onde você encontra diversas massas e ótimos vinhos, além de belas sobremesas. Se você passear pela Galeria Vittorio Emanuele II, aproveite para almoçar no Savini, um lugar super charmoso e muito procurado pelos viajantes.

No Cantiere Hambirreria Milano, dá para experimentar cerveja artesanal junto de hamburgueres, tábuas de frios e petiscos, um lugar perfeito para comer de noite. E que tal uma tradicional pizza italiana? Vá até o Pizzium – Via Anfossi para provar dessas delícias. E para começar o seu dia, tome um delicioso café com diversos pães e doces no Pasticceria Castelnuovo.

Não deixe de fazer uma visitinha nos seguintes locais:

  • Cantine Milano
  • Cantiere Hambirreria Milano
  • Savini
  • Pizzium – Via Anfossi
  • Pasticceria Castelnuovo

Quando ir para Milão

Uma das melhores épocas para conhecer Milão é de março até junho, tida como a primavera por lá. O clima é ameno e ideal para todo tipo de passeio. Neste período, o valor das diárias nas hospedagens é mais em conta. Já no verão europeu, de junho até agosto, as temperaturas chegam aos 30°C e é quando os viajantes mais buscam esse destino, com isso, o preço de tudo pela cidade é mais elevado.

Para quem prefere o frio e gostaria de ver neve pela primeira vez, é legal programar a viagem para os meses de dezembro até fevereiro, mas não esqueça de colocar o cachecol na mala. De setembro até novembro é outono em Milão, não está mais tão calor e as temperaturas não são super baixas. Essa também é uma boa época para conhecer a cidade, mas a incidência de chuva é relativamente alta.

Quantos dias ficar em Milão

Em até três dias você consegue visitar os locais mais famosos da cidade, como a Galeria Vittorio Emanuele II, a Catedral de Milão, o Castello Sforzesco e a Santa Maria delle Grazie. Se você tiver a possibilidade de estender seus dias pela cidade, dá para incluir os museus, como o Museu Nacional de Ciência e Tecnologia Leonardo da Vinci, e visitar o bairro boêmio de Navigli para curtir uma noite por lá.

Como chegar em Milão

A principal maneira de chegar até Milão é de avião. Há voos direto que partem do Brasil em direção ao Aeroporto de Malpensa, que são oferecidos pela Latam. As outras companhias áreas que oferecem esse voo contam com uma ou duas paradas.

De avião

É possível encontrar voos para Milão em diversos estados brasileiros, como no Aeroporto de Guarulhos em São Paulo, no Aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro, no Aeroporto Afonso Pena em Curitiba e no Aeroporto de Manaus, por exemplo. O tempo de viagem vai depender da quantidade de paradas previstas durante o voo.

A distância do Aeroporto de Malpensa até o centro de Milão é de 50 km, cerca de uma hora de carro. Se você escolheu um hotel que ofereça o serviço de transfer não é preciso se preocupar com o transporte, contudo, nesses casos, é válido investir em um aluguel de carro em Milão. Assim, você chega até sua hospedagem com tranquilidade e ainda faz uso do veículo para conhecer a cidade.

Há táxis disponíveis nos arredores do aeroporto, mas a viagem até o centro não ficará barata. Outra opção é o trem, a Malpensa Express está localizada no terminal 1 e oferece passagens para locais estratégicos de Milão: a Estação Porta Garibaldi, a Estação Cadorna e a Estação Central. O percurso leva de 30 a 50 minutos, e é possível adquirir seus tickets no próprio aeroporto ou pelo site.

De Florença até Milão

Para quem estiver de carro, o percurso entre Florença e Milão é de 3h30 e as estradas são bem sinalizadas e tranquilas. Aos que pretendem explorar diversos pontos da Itália, vale a pena alugar um veículo pela comodidade e conforto. Há também a possibilidade de fazer uma viagem de trem entre os dois destinos. As passagens variam entre € 19 e € 80, e o trajeto dura cerca de duas horas.

De Génova até Milão

Génova é repleta de belíssimas praias, então se essa cidade portuária está no seu roteiro, dá para chegar de carro até lá em duas horas, partindo de Milão. Assim como no caso de Florença, você também pode optar por fazer a viagem de trem. O percurso dura 1h30 e o valor das passagens sofre influência do dia e do horário desejado. É legal adquirir seu ticket com antecedência para evitar filas.

Transporte em Milão

Há diversas opções de transporte em Milão: metrô, bondes, ônibus e táxis. As conexões entre a cidade são bem projetadas, ou seja, você se localiza com facilidade. Para quem vai usar muito o transporte público, é interessante investir no bilhete “10 passagens” que custa € 18 e saí mais em conta do que comprar diversas passagens individuais.

Há também o modelo “passagem 2×6”, que custa € 8,40 e você pode usá-lo duas vezes ao dia por seis dias durante a mesma semana. Confira mais informações e detalhes no site da empresa. Um destaque super positivo e ecológico é que Milão conta com mais de 100 pontos de aluguel de bicicleta, permitindo que você alugue uma delas em um ponta da cidade e a devolva em outro local. 😉

Dica: Nunca jogue fora o seu ticket, independentemente do transporte público usado, pois você irá usá-lo na catraca de embarque e desembarque.

Outra opção é optar por um serviço exclusivo de transfers em Milão para te levar aos passeios ou aeroporto com ainda mais facilidade.

Metrô

O metrô de Milão tem quatro linhas que atendem uma boa extensão da cidade. Por exemplo, a linha 2 (verde) passa pela Estação Central, enquanto a linha 3 (amarela), passa pela Praça Duomo, ou seja, dá para se virar bem usando essa opção de transporte. É possível adquirir os tickets dentro das estações em máquinas automáticas ou em bancas de jornais.

Ônibus

Milão conta com 80 linhas de ônibus, incluindo aquelas que funcionam de madrugada (das 2h às 5h da manhã), e atendem os pontos com uma vida noturna bem ativa. Dá para adquirir as passagens em bancas de jornais, tabacarias e máquinas automáticas em estações do metrô. Lembre-se: compre seu ticket com antecedência, pois não é possível comprar uma passagem dentro do ônibus.

Bonde

Esse é um jeito bem charmoso de explorar Milão: com os bondinhos amarelos que circulam pela cidade. São 18 linhas disponíveis, que funcionam até cerca de 2h30 da manhã. Os tickets, assim como dos outros transportes públicos, são comprados em máquinas automáticas em estações do metrô, bancas de jornais e tabacarias.

Táxis

Diferentemente do que estamos acostumados no Brasil, não há tantos pontos de táxis em Milão e, principalmente, eles não estacionam em qualquer lugar para pegar ou desembarcar passageiros. Além de serem mais caros em comparação com os outros meios de transporte citados, é bem difícil encontrá-los pelas ruas. Já o Uber, tem uma frota limitada pela cidade e os preços costumam ser “salgados”.

Dica extra: tassa di soggiorno

Tem um detalhe que exige atenção quanto às estadias em Milão. Por lá, é cobrado um imposto turístico, conhecido como tassa di soggiorno. Essa taxa é cobrada para todos que não são residentes e fazem uso de qualquer tipo de hospedagem. A renda é revertida para serviços turísticos e varia de acordo com o modelo de acomodação. Veja a seguir como funciona essa tarifa:

Hotéis:

  • Hotéis 1 estrela: € 2 por dia
  • Hotéis 2 estrelas: € 3 por dia
  • Hotéis 3 estrelas: € 4 por dia
  • Hotéis 4 estrelas: € 5 por dia
  • Hotéis 5 estrelas: € 5 por dia

Outras acomodações:

  • Casas e apartamentos com aluguel de temporada: € 3 por dia
  • Pensões, albergues e B&B (breakfast and bed): € 2 por dia

Seguro viagem para Milão

Ter um seguro viagem para Milão é requisito para entrar no país, que faz parte do Tratado de Schengen e exige uma cobertura médico-hospitalar de, no mínimo, € 30 mil para viajantes. Além de ser obrigatório, o seguro é uma ótima forma de garantir uma viagem mais tranquila. Aproveite também nosso cupom de desconto Seguros Promo. – VER PREÇOS

Passeios e ingressos em Milão

Vista do Duomo de Milão com muitas flores vermelhas à frente em um jardim, há uma escultura de um cavaleiro que aponto para a imponente catedral em estilo neogótico e fachada branca, com muitas torres pontudas e ricamente trabalhadas
Visite o Duomo de Milão durante o free tour por Milão – Foto: Civitatis

Já planejou quais serão os seus passeios em Milão? Saia de casa com tudo organizado para não perder tempo nas filas de ingressos e pague parcelado em até 12 vezes sem IOF! Veja os preços dos passeios ou confira nossa lista com as melhores opções:

Descubra mais passeios incríveis para uma viagem completa em Milão.

Chip celular para Milão

Que tal passar toda sua temporada em Milão 100% conectado à internet? Com os chips de viagem internacionais isso é possível, e por preços super justos, que não pesam no bolso. Confira as ofertas da America Chip e garanta agora mesmo internet para usar à vontade em Milão. Aproveite e confira nosso cupom de desconto America Chip. – VER PREÇOS

Passagens aéreas para Milão

Quer garantir uma passagem para Milão com preços super atrativos? Nós usamos a plataforma Vai de Promo para encontrar os voos mais em conta do mercado. Confira as promoções do dia e fique de olho para economizar na compra das suas passagens aéreas. – VER PREÇOS

Aluguel de carros em Milão

Compare o preço das locadoras de carro de Milão em um único local. Use a RentCars para alugar seu carro com segurança e praticidade, e chegue ao destino com tudo pronto para retirar o veículo e sair dirigindo. Confira nosso cupom de desconto RentCars e reserve já o seu. – VER PREÇOS

Dúvidas frequentes

O que fazer em Milão?
Milão, a capital da região da Lombardia, é cercada por construções históricas, moda, design, boa gastronomia e diversos museus. É possível montar um roteiro eclético e que atenda a todos os gostos, desde galerias de arte até uma noite boêmia pelo bairro Navigli.

Quais são os principais passeios em Milão?
Abaixo estão algumas atrações para você não pode perder em Milão:
– Galeria Vittorio Emanuele II
– Catedral de Milão
– Castello Sforzesco
– Santa Maria delle Grazie… Entre outras opções.

Onde ficar em Milão?
Para decidir onde ficar em Milão é importante definir suas prioridades. Por exemplo, se você quer conhecer os pontos turísticos mais icônicos da cidade, fique na região do Centro Histórico. Confira as opções de hospedagens nos bairros mais interessantes de Milão.

Quais os melhores hotéis em Milão?
Alguns dos melhores hotéis em Milão são o Château Monfort – Relais u0026 Châteaux, o Hotel VIU Milan, o Hotel Tocq e o NYX Hotel Milan by Leonardo Hotels.

Tem opções de B&B em Milão?
Alguns excelentes opções de B&B em Milão são o Le Dimore Suites Milano, o Porta Tosa e o Moscova Luxury B&B.

Tem bons hostels em Milão?
Sim, há bons hostels em Milão, alguns deles são o Ostello Bello, o Babila Hostel & Bistrot e o Madama Hostel & Bistrot.

Há aluguel de temporada em Milão interessantes?
O aluguel de temporada em Milão é super completo e moderno, confira algumas opções: o Heart Milan Apartments San Sepolcro Duomo, o Milan Royal Suites – Centro Duomo e o Porta 92 Romana.

Quantos dias ficar em Milão?
Em até três dias, você consegue visitar os locais mais famosos da cidade, como a Galeria Vittorio Emanuele II, a Catedral de Milão, o Castello Sforzesco e a Santa Maria delle Grazie. Aproveite para ver quais hospedagens estão disponíveis nos dias da sua viagem.

Como chegar em Milão?
A principal maneira de chegar até Milão é de avião. Há voos direto que partem do Brasil em direção do Aeroporto de Malpensa.

Quando ir para Milão?
Uma das melhores épocas para conhecer Milão é de março até junho, tida como a primavera por lá, com clima ameno perfeito para todo tipo de passeio. Neste período, o valor das diárias nas hospedagens é mais em conta. Confira as melhores hospedagens disponíveis para a estação do ano que você pretende conhecer Milão.

Onde fica Milão?
Milão é a capital da região da Lombardia, ao norte da Itália, na Europa.

Como se locomover em Milão?
Há diversas opções de transporte em Milão, transfers, metrô, bondes, ônibus ou táxis. As conexões entre a cidade são bem projetadas, ou seja, você consegue se locomover e se localizar com facilidade.