Na segunda parte de meu projeto: Um Remo uma Busca, viajo pelo mundo na busca de lugares perfeitos para o Stand up Paddle  e escolhi fazer o percurso de bicicleta e com uma prancha de SUP. Meu amigo Tiago Chagas, um cinegrafista, foi pedalando junto.

Fiz uma preparação especial para minha bicicleta colocando 2 caroneiras e um suporte lateral para minha prancha, com todos os equipamentos ela pesava uns 60 kg, e movimenta-la era uma tarefa difícil.

O caminho foi pela Ruta 9 que é a estrada que faz ligação a todas as praias, são retas intermináveis com muitas lombas e descidas.

Mochilando de Bike e Sup pela Ruta 9 Uruguai

As regiões escolhidas foi o Forte de Santa Teresa, Punta del Diablo, La Paloma e Punta Del Este, foram 400km percorridos contando com as entradas e saídas e mais o que rodei dentro de cada praia em busca de momentos inesquecíveis com meu sup nas ondas uruguaias. As ondas não ajudaram muito, todos os 4 dias de viagem foram de ondas pequenas e foram apenas 3 quedas, uma em El Barco no Forte, outra em Anaconda em La Paloma e a melhor delas foi em La Barra em Punta Del Este, pequenas esquerdas perfeitas quebravam em direção ao canal.

Mochilando de Bike e Sup pela Ruta 9 Uruguai
As estradas Uruguaias para quem quer fazer uma viagem de bicicleta ou mesmo de carro são perfeitas, com ótimos acostamentos, o grande problema são os postos de gasolina, que só existe 4 em um trajeto de 320 km, talvez para quem viaja de carro não seja um problema, mas de bike é um sufoco, pois foi necessário carregar comida, bebida e as paradas eram feitas no matagal mesmo.
Mochilando de Bike e Sup pela Ruta 9 Uruguai
O Uruguai é o lugar perfeito para quem quer fazer uma suptrip, com praias calmas para remar e ondas de boa formação muito fáceis para quem esta em fase de evolução no supsurf. O Stand Up aos poucos está crescendo no país, em todo o trajeto encontrei apenas 2 praticantes que eram brasileiros, infelizmente não existe ainda escolas que possibilitam alugueis ou aulas, então você se quiser praticar deve levar uma prancha.
Mochilando de Bike e Sup pela Ruta 9 Uruguai
Para quem quer conhecer o Uruguai ai vai algumas dicas, troque o peso uruguaio no Brasil, pois lá você pode pagar em real mas cada lugar vai ter o seu cambio e você sempre acaba perdendo, poucos lugares aceitam cartão de crédito então leve dinheiro, existem muitos campings, hostels e pousadas com preços variando entre R$ 19, 00 e R$ 50,00 a diária, e hotéis em média de 120,00 até 450,00 reais para 2 pessoas, a comida é bem cara, tanto em supermercados quanto em restaurantes.
Agora me preparo para mais um destino na América do Sul, continuando o projeto Um Remo, uma Busca em parceria com o Mochilando na busca de boas ondas e novas culturas…