Uma cidade linda, internacional e com os canais mais charmosos que existem. Para tornar a sua viagem para Amsterdam ainda mais encantadora, não deixe de conferir estas dicas de quando ir, lugares para conhecer e onde ficar.

Melhor época para ir 

Quando você estiver pensando em visitar Amsterdam, a minha principal dica é sempre escolher muito bem a época do ano. Não que no inverno não tenha o que fazer em Amsterdam, mas as principais atrações da cidade são muito melhor aproveitadas quando está quentinho e ensolarado. Aí sim, garantia de voltar pra casa com fotos dignas de profissionais pois qualquer cantinho de Amsterdam é lindo e charmoso.

É bom frisar que o clima daqui é bem louco praticamente o ano inteiro. Você pode ter sol, chuva de granizo e rajadas de ventos que atingem 100 km/h dentro de apenas meia hora. Já na Primavera e no Verão isso é bem menos frequente.

Portanto, se puder escolher, opte pelo período que vai de Abril a Setembro. Se vier na Primavera, poderá se deleitar e tirar fotos lindas das famosas tulipas. Agora, se vier no Verão, vai ser incrível fazer passeios de barco com direito a biritinhas pra acompanhar 🙂dicas de amsterdam

O que fazer em Amsterdam

Desde que me mudei para Amsterdam não me canso de passear pela cidade. Além de linda e charmosa, os canais nos convidam a ficar circulando em torno deles e descobrindo todos os lugares diferentes e encantadores que existem por aqui. Isso mesmo! Uma das melhores formas de se conhecer a cidade, na minha opinião, é caminhando pelos belíssimos canais que cortam todo o Centro de Amsterdam formando um cinturão.

Passeios de Barco

Mas se você já cansou de caminhar e quer mesmo assim ter uma vista incrível dos canais de Amsterdam, você pode optar pelas inúmeras opções de passeios de barco que são oferecidas por aqui. A maioria deles passa pelos canais mais famosos de Amsterdam e vão contando um pouco da história da cidade. A medida que passamos por alguns pontos importantes no meio do caminho, os guias vão contando causos às vezes bem engraçados.

Acho os passeios nos barcos menores e abertos muito mais legais e agradáveis (você pode encontrá-los perto do metrô Nieuwmarket). São poucas pessoas por barco e você pode comprar bebidas e aperitivos para aproveitar e brindar no caminho.

dicas para viajar para amsterdam

Passeio de barco

Dica – Não faça estes passeios se estiver chovendo ou muito frio. Realmente não vale a pena e você não vai conseguir ver muita coisa.

Agora, se este foi o seu caso e você não veio numa época muito boa em relação ao clima, não desanime. Você tem muitas opções do que fazer em Amsterdam em lugares fechados também. Segue o baile pra conferir outras opções bacanas!

Amsterdam é conhecida mundialmente como a cidade dos museus. Por isso muitas pessoas podem ficar bem perdidas ao decidir o que vale a pena conhecer e o que não vale. Vou listar alguns que realmente acho que valem a visita quando você vier turistar pra estes lados:

Museu Van Gogh

Este museu apesar de conter a maior coleção das obras de Van Gogh, conta também com um acervo de outros artistas impressionistas que influenciaram seu trabalho. Além das obras belíssimas do pintor impressionista mais famoso do mundo, o prédio com a arquitetura moderna é outro fator que chama a atenção. Além de linda, ela favorece muito a exposição de todas as obras e apesar de ser um dos museus mais cheios de visitantes, você consegue achar lugares tranquilos para apreciar as obras.

o que fazer em amsterdam

Foto: Flickr (rinuseversen1)

Dica: Compre seu ticket online! Sério, essa dica é básica mas é imprescindível. As filas podem chegar a horas de espera e se você comprar online, você entra direto. Até hoje não consigo entender as pessoas na fila.

Rijksmuseum

Este é o maior e o mais importante museu de Amsterdam e fica também na Museumplein, no mesmo lugar onde se encontra o Museu Van Gogh. Ele é um dos cartões postais da cidade e logo em frente ao prédio você vai encontrar aquele letreiro famoso “I <3 Amsterdam” onde todos os turistas passam por ali pra tentar uma fotinha. Digo tentar pois é quase impossível tirar uma foto por ali sem ficar parecendo um livro de Onde Está Wally. Sempre muito cheio!

O seu acervo é todo dedicado às artes e à história da Holanda. Mas mesmo que você não esteja a fim de se inteirar um pouco sobre arte, você pode apenas visitar o espaço. A lojinha com os souvenirs é super completa e tem produtos pra todas as idades. Já o Café oferece várias opções de lanches gostosos e você pode acessar os dois sem precisar pagar pelo ingresso. Pessoalmente acho que vale muito a pena pois o prédio é maravilhoso e pode render belas fotos.

dicas de viagem para amsterdam

Café e Loja do Rijksmuseum

Dica: Se você não quer despender muito tempo por aqui, sugiro que você pague pelo áudio guia e faça o tour das principais obras. Você vai conseguir ver basicamente tudo que é mais famoso em 45 minutos.

Casa de Anne Frank

A Casa de Anne Frank foi o local onde ela viveu escondida com sua família por mais de dois anos durante a Segunda Guerra Mundial. Você tem acesso aos cômodos, fotografias e todo um acervo que te faz mergulhar neste momento da história. Não é um passeio lá muito alto astral mas pra quem gosta de história, é incrível e não tem como não se emocionar ao ver aquele cenário tão real.

o que fazer em amsterdam

Foto: Flickr (Katherine Sharpe)

Dica: Devido a algumas reformas, até Maio deste ano (2018) eles só farão a venda dos ingressos online. Não adianta ir pra portinha comprar, que não tem, rs.

Vondelpark

Nesta lista sobre o que fazer em Amsterdam, ele não poderia estar de fora. Este é o maior e mais famoso parque da cidade. Ele recebe aproximadamente 10 milhões de pessoas todos os anos. Apesar de ele ser lindo durante o ano todo, mostrando as estações do ano bem marcadas, você vai aproveitar mesmo quando o clima estiver bom.  O melhor jeito de conhecer bem o parque é caminhando ou de bicicleta. Portanto, se você já reservou um dia do seu programa pra pegar uma bike e dar um rolê, você precisa passar por aqui também. Além de passear por ele, você pode simplesmente comprar umas comidinhas e fazer um piquenique. Outra opção é assistir aos inúmeros shows gratuitos que acontecem por aqui no Verão.

o que fazer em amsterdam

Foto: Flickr (meeuwenlaan)

Dica: Se você estiver viajando com filhos tem o café Groot Melkhuis com um parquinho gigante do lado de fora e mesinhas espalhadas. Assim você consegue tomar seu cappuccino enquanto as crianças se acabam nos brinquedos.

Red Light District

O bairro De Wallen, mais conhecido como Red Light District (Distrito da Luz Vermelha) fica localizado no centro de Amsterdam e é composto por várias ruelas estreitinhas. Ao caminhar por estas ruazinhas você vai encontrar muitas vitrines onde as mulheres se exibem e cobram por sexo. Ahhhh! Como assim? Aqui em Amsterdam, a prostituição é legalizada e o holandês não vê problema nenhum nisso desde que não atrapalhe a vida de ninguém.

Apesar de muitas controvérsias, este é um lugar que eu adoro pois acredito ser um dos locais mais democráticos do mundo. Você vai se surpreender com a mistura de pessoas que passeia por lá diariamente. Tem madames curiosas olhando de rabo de olho para as janelinhas, tem os moradores locais passando apressados de bike para ir trabalhar. Tem também grupos de turistas espantados com a naturalidade com que tudo acontece, tem homens normais procurando por diversão e tem isso tudo e mais um pouco. Mas o mais legal é ver como todas estas pessoas se esbarram e se divertem de forma harmoniosa e cada um na sua.

o que fazer em amsterdam

Foto: Flickr (Steve Parker)

Dica: NUNCA tire foto das moças nas vitrines. É proibido e você pode ser preso em flagrante por conta das muitas câmeras de vigilância instaladas pelo bairro.

Onde ficar em Amsterdam

Por se tratar de uma cidade relativamente pequena e oferecer um transporte público de qualidade não importa muito o lugar que você fique pois é fácil chegar a qualquer ponto e não leva muito tempo. Mas se você puder escolher, eu sugiro alguns bairros bacanas e mais perto das principais atrações:

Jordaan

Na minha opinião é o melhor bairro para se ficar hospedado. Ele fica localizado bem perto do centro de Amsterdam e é cortado por vários canais charmosinhos. Ele é perfeito pra quem gosta de conhecer a cidade a pé. Aproveite os muitos cafés, restaurantes, lojas e as maravilhosas vistas dos canais. Não é das regiões mais baratas para se hospedar, mas se você tiver condições, vale a pena.

dicas de viagem para a irlanda

Encontre seu hotel em Jordaan AQUI.

De Pijp

O mais legal de ficar nessa região é ver a mistura de culturas que circula por aqui. Você vai encontrar jovens, velhos, estudantes, famílias e artistas tudo junto e misturado. É o bairro mais alternativo de Amsterdam. Além dos cantinhos bem descolados e charmosos, você pode aproveitar a maior feira ao ar livre da cidade, a Albert Cuypmarket .

Encontre seu hotel em De Pijp AQUI.

Museumplein

Se hospedar nas proximidades da praça dos museus é garantia de inúmeros programas culturais. Em todas as épocas do ano você vai encontrar o que fazer por aqui, são oferecidos desde shows e concertos gratuitos até rinque de patinação. Além de encontrar teatros, cinemas e a própria feirinha da praça com comidas e guloseimas típicas da cidade, você ainda fica pertinho do Vondelpark. Realmente é uma das localizações privilegiadas de Amsterdam.

Encontre seu hotel em Museumplein AQUI.

Como se locomover em Amsterdam

Como já disse anteriormente, a melhor forma de conhecer a cidade é caminhando mas você também pode alugar uma bike e sair descobrindo Amsterdam. A cidade é repleta de lojas que alugam bikes. O aluguel é feito por no mínimo 3 horas. Mas acho que se você quer conhecer a cidade mesmo, vale a pena pagar pelo dia. Você vai encontrar várias opções de bikes legais por até 15 euros a diária. Em relação ao custo benefício, realmente é a melhor escolha. Agora, se você está um pouco enferrujado e faz tempo que não pedala, fique atento para não levar umas buzinadas dos holandeses. Eles levam a bike a sério e você precisa ficar atento aos sinais de trânsito.

como se locomover em amsterdam

Se você pensou em visitar pontos mais distantes, você pode optar pela rede de trens, metrôs e ônibus. São super eficientes e pontuais mas não são tão baratos. Você encontra opções de cartões válidos por 1 e até 4 dias e pode rodar livremente pela cidade.  Para ver os valores e comprar os bilhetes clique AQUI.

O que preciso para ir para Amsterdam ?

Precisa de passaporte para Amsterdam? Sim.

Precisa de visto para Amsterdam? Não.

Precisa de seguro saúde para Amsterdam? Sim, é obrigatório.

Precisa de alguma vacina? Não.

Que moeda devo levar para Amsterdam? Euro.

Atenção! Em muitos locais por aqui não são aceitos cartões de crédito, portanto tenha sempre dinheiro em mãos.