Viagem marcada para o território peruano? Veja o que fazer no Peru, de Machu Picchu às Linhas de Nazca, neste guia completo com atrações imperdíveis!

Descubra sítios arqueológicos, lagos cristalinos, ilhas encantadoras, montanhas coloridas, salinas deslumbrantes, cidades incas e até oásis no vasto deserto peruano. Selecionamos para você as 14 melhores opções de o que fazer no Peru, abrangendo tanto as atrações mais famosas quanto aquelas menos conhecidas pelos viajantes.

O Peru é um tesouro de cultura, história e beleza natural, oferecendo descobertas incríveis de norte a sul. E para que você não perca nada, nossa equipe, que já explorou cada canto desse destino fascinante, compilou uma lista completa dos passeios mais imperdíveis. Assim, você pode planejar sua viagem com as melhores dicas sobre o que fazer no Peru. 🤗

Role a tela e comece a sua aventura agora mesmo!

Principais pontos turísticos no Peru

Montamos uma seleção com os pontos turísticos no Peru mais espetaculares. As atrações vão desde sítios arqueológicos até cidades litorâneas e agradam todo tipo de público, das crianças até os adultos.

  1. Machu Picchu
  2. Cusco
  3. Vale Sagrado dos Incas
  4. Ausangate
  5. Lima
  6. Paracas
  7. Huaraz
  8. Lago Titicaca
  9. Trujillo
  10. Nazca
  11. Cajamarca
  12. Arequipa
  13. Ica

Confira abaixo os detalhes sobre cada um:

1 – Machu Picchu

É comum encontrar lhamas por lá
Homem apoiado no corrimão de um trem com teto de vidro, olhando para a paisagem no lado de fora, composta por um rio e muitas árvores
Inca Rail, trem à Machu Picchu

Fotos: Flávio Antunes

É impossível falar sobre o que fazer no Peru sem citar a atração mais famosa do país, não acha? Localizada em Machupicchu Pueblo, na província de Urubamba, a cidade perdida dos Incas fica a cerca de 75 km de distância de Cusco, no Vale Sagrado dos Incas.

Machu Picchu é um Santuário Histórico, construído pelos Incas no século 15, e fica há 2.450 metros de altitude acima do mar. Embora tenha uma paisagem impressionante, ir até lá vai além do que os olhos podem ver, uma vez que a cidade construída no topo da montanha com pedras perfeitamente encaixadas causa indagações curiosas. Não é à toa que o passeio envolve muita cultura, misticismo e, claro, história.

O passeio na cidade sagrada leva em torno de quatro horas e, para chegar até lá, você precisa pegar um trem ou ônibus de Cusco até Ollantaytambo, onde há uma estação de trem que leva até Machupicchu Pueblo (Inca Rail ou Peru Rail). Lá é necessário pegar um ônibus para subir até a montanha sagrada. Também é possível chegar lá por meio de trilhas, mas essa opção fica por conta dos mais aventureiros.

Ingressos para Machu Picchu:

É possível comprar os ingressos para Machu Picchu antes de viajar e com muita segurança. Veja:

Veja outros posts com mais dicas de Machu Picchu:

2 – Cusco

mulher sentada na grama no centro da imagem, atrás dela é possível ver uma construção na terra no sítio arqueológico de sacsayhuaman em Cusco. O dia está nublado e ela usa um casaco de lã preto
Sítio Arqueológico de Sacsayhuaman, em Cusco – Foto: Nátalie Guimarães

Muito mais que o ponto de partida para Machu Picchu, Cusco é um dos principais destinos turísticos do Peru, com uma lista enorme de opções de o que fazer em Cusco. A Plaza de Armas, a Igreja da Companhia de Jesus, a Catedral Basílica da Virgem da Assunção, o Templo do Sol e seus diversos sítios arqueológicos são alguns dos motivos para esse destino entrar no seu roteiro de viagem.

Além disso, Cusco é a cidade base para fazer passeios conhecidos no país e que ficam ao redor do destino, como é o caso da Montanha Arco Íris de Vinicunca e da Laguna Humantay.

Ingressos para passeios em Cusco:

Uma dica valiosa é adquirir o Boleto Turístico. Com ele, você pode visitar diversos sítios arqueológicos durante 10 dias, pagando a partir de R$ 150. Veja mais opções de passeios em Cusco abaixo:

3 – Vale Sagrado dos Incas

Colagem de três fotos.
A primeira é de uma mulher em cima de um cavalor com uma das mãos no capacete em um lugar com bastante natureza em volta.
A segunda (no meio) é de uma mulher, apoiada em um corrimão, olhando as salinas e montanhas.
A terceira (à direita) é de uma mulher com uma das mãos no cabelo em um lugar com muita natureza, árvores e montanhas ao fundo.
Há muito o que fazer no Vale Sagrado dos Incas – Fotos: Nátalie Guimarães

O Vale Sagrado dos Incas é uma região que reúne pequenos povoados históricos, sítios arqueológicos e muita paisagem, às margens do Rio Urubamba. Cusco é o ponto de partida para o Vale, que fica a cerca de 600 metros abaixo do nível da capital e também integra o rio Vilcanota, e os povoados de Pisac e Ollantaytambo.

Sua viagem ao Peru não pode deixar de passar pelas Salinas de Maras, pelo Sítio Arqueológico de Ollantaytambo e Moray, pela Comunidad Umasbamba em Chinchero, por Choquequirao e pelas lagoas Piuray e Humantay, algumas das atrações mais imperdíveis da região.

Ingressos de passeios no Vale Sagrado dos Incas:

Você sabia que é possível já viajar com todos os passeios no Peru reservados? Veja abaixo opções de excursões com ótimos preços, para comprar online e sem filas:

Veja outros posts com mais dicas do Vale Sagrado dos Incas:

4 – Choquequirao

Vista do alto das ruinas de Choquiquerao. Na imagem, tem um homem sentado em uma pedra, olhando para a paisagem, que é composta por montanhas em volta de uma cidade inca no meio
Trilha para as ruinas de Choquiquerao. Na imagem, há pessoas andando em uma trilha de terra, em uma montanha, com vista da natureza
A trilha é repleta de paisagens
Pacca manca, preparada direto na terra com pedras quentes. Na imagem, há uma pessoa usando um chapéu, agachada, olhando para uma panela com batatas dentro, com várias pedras no chão
Pachamanca, cozimento típico peruano

Fotos: Bruno Tavares

Embora conhecida como “cidade irmã de Machu Picchu”, Choquequirao é menos explorada, porque a única forma de conhecê-la é por uma trilha de quatro a cinco dias, cheia de desafios. Mas a experiência vale muito a pena, já que o trekking do percurso é composto por vales, cânions de até 2 mil metros, povoados rurais e uma floresta densa e rica em fauna e flora.

Geralmente, o ponto de partida é Cusco, de onde é necessário fazer um trajeto de quatro horas de van – também dá para partir de Urubamba. A trilha começa mesmo em Capoliu ou San Pedro de Cachora, mas isso vai depender da agência que você escolher para fazer o trekking. Veja nosso conteúdo completo sobre o Choquequirao para saber de todos os detalhes desta aventura.

Ingressos para o Choquequirao:

É imprescindível fazer o trekking com uma agência de confiança, para ter todo o suporte necessário durante a trilha. Nós indicamos os seguintes passeios:

5 – Ausangate (Montanha colorida)

Foto panorâmica da montanha colorida de Ausangate. À esquerda, há um hmem deitado olhando as montanhas, e, à direita, uma mulher com os braços abertos de costas para a foto olhando as montanhas em diferentes tons. Representa o que fazer no Peru
Montanha Colorida de Ausangate, a quinta maior do Peru
Casal sorrindo, com uma montanha atrás em diferentes tons terrosos. Está de dia e o lugar é deserto.
Casal, sorrindo, com as montanhas de Ausangate atrás, durante o dia. A mulher está com um dos braços no ombro do homem, e o homem está segurando com uma das mãos um extensor de câmera. Representa o que fazer no Peru

Fotos: Barbara Tigre

Ausangate ou Auzangate, a algumas horas de Cusco (100 km de distância, na direção sudeste), é a quinta montanha mais alta do Peru, localizada na cordilheira de Vilcanota, no distrito de Pitumarca. Ao redor do pico, há lagoas cristalinas, florestas de pedra e geleiras, como a Ponte Colonial Checacupe, o Templo Checacupe, a Lagoa Surini, o Rio Qenqomayo, a Lagoa Ausangate Cocha e o Canyon Ananiso.

É possível fazer diferentes tipos de trilhas para visitar o destino, sendo elas em diferentes níveis de dificuldade – quanto mais preparo físico, melhor! A redatora Barbara Tigre esteve por lá e fez uma trilha de sete horas (ida e volta) e considerou o trajeto difícil. Mas no final tudo valeu a pena:

“Chegamos bem cedo, e tinha muita neve nas montanhas. Mas, ao longo do dia, ela foi derretendo e parecia outro lugar, foi muito legal ver esse contraste. Não vou enganar falando que é uma trilha tranquila, porque não é. O quilômetro final é de morrer, muito cansativo com a subida, mas valeu a pena cada pingo de suor!”

Barbara Tigre

Ingressos para passeios em Ausangate:

Você pode fazer trilhas em Ausangate com guias credenciados e contratar esse serviço antes de viajar. Veja:

6 – Lima

Foto do interior do Convento e Igreja de Santo Domingo. Há um chafariz no meio, um gramado em volta com jardins e o prédio do local em volta, com uma torre ao fundo. Representa o que fazer no Peru
Convento e Igreja de Santo Domingo – Foto: Flávio Antunes

Lima, a capital peruana, é super completa e merece entrar no roteiro de o que fazer no Peru. A cidade tem boa infraestrutura, rede hoteleira variada, gastronomia de ponta, além de atrativos históricos, sítios arqueológicos, museus e shopping com vista do mar.

Para quem curte barzinhos, o bairro Barranco deve ser o seu destino à noite. Já o Miraflores tem o Shopping Larcomar, conhecido pela sua arquitetura diferenciada que inclui uma área de alimentação ao ar livre com vista direta para o mar. Fora isso, as ruínas Pachacámac, Huaca Pucllana e Huaca Huallamarca também são excelentes opções para viajantes que gostam de passeios históricos.

Enfim, a lista de passeios na cidade é bem grande. Caso queira ler mais detalhes, vale a pena ler nosso conteúdo completo sobre o que fazer em Lima.

Ingressos de passeios em Lima:

Há passeios tanto em Lima como nas redondezas, os quais você pode reservar antecipadamente e já chegar no Peru com tudo agendado. Veja algumas opções:

Veja outros posts com mais dicas de Lima:

7 – Paracas

Vista de um mirante do mar de Paracas cercado de falésias amarelas, com barcos navegando e pessoas na orla. Há uma escadaria de acesso, além de carros e casas em uma parte da costa. Representa o que fazer no Peru
A Reserva Natural de Paracas é composta por praias lindas – Foto: Ozesama via Wikimedia Commons

Outro destino para incluir na lista de o que fazer no Peru é Paracas que, aliás, é um lugar imperdível para quem gosta de animais marinhos fofos. O passeio mais famoso nessa região são nas ilhas Ballestas, uma Reserva Nacional, onde vivem leões marinhos, pinguins, diferentes espécies de aves e o há uma figura impressionante na montanha, o Candelabro de Paracas, um antigo geoglifo.

A Reserva Nacional de Paracas ainda tem praias rodeadas de cenários incríveis, compostos pelo deserto peruano e praias. Paracas fica a 4 horas de Lima e é um vilarejo de pescadores com clima mais sossegado, muito indicado para fugir da agitação das cidades maiores.

Ingressos de passeios em Paracas:

É indicado fazer os passeios em Paracas com guias que conheçam a região e te direcionem com suporte dentro da Reserva Nacional, que tem mais de 335 hectares. Veja as opções de tours guiados abaixo:

8 – Huaraz

Casal abraçados de lado, sorrindo e olhando para frente. Atrás deles tem um lago envolto por montanhas de pedra e semi encobertas de núvens
Vale de Llaca
Duas pessoas escalando uma pedra gigante, com vista atrás de natureza e montanhas e uma trilha longa no meio delas. Representa o que fazer no Peru
Escalada para chegar na Laguna Chrup

Fotos: Barbara Tigre

Huaraz é o ponto de partida de diversas trilhas. A cidade em si não oferece muita coisa, mas o visual da Cordillera Blanca e do Parque Nacional Huascarán compensam.

O Vale de Llaca é uma ótima opção de aclimatação, pois é considerada uma trilha de dificuldade entre fácil e média, a aproximadamente 4.500 metros de altitude. Com uma lagoa que leva o mesmo nome e a vista para o Glaciar Ranrapalca, a caminhada de pouco mais de uma hora não exige tanto esforço e tem um panorama bem bonito.

A Laguna Parón pode ser acessada de carro e tem um visual incrível azul turquesa. Já a Laguna Chrup tem uma trilha de nível médio a difícil e inclui escalada no percurso – indico ir com um guia para te auxiliar.

Fora essas, há também a famosa Laguna 69, que tem um trajeto maravilhoso passando pelo Callejon de Huyahuash, pelo Vale de Llanganuco e pelo lago Chinancocha. Em todos os casos, é indicado chegar cedo para evitar encontrar os locais lotados.

Ingressos de passeios em Huaraz:

É indicado fazer as trilhas acompanhados por guias que conheçam a região. Veja abaixo opções para contratar antes mesmo de embarcar e já viajar com tudo pronto:

9 – Lago Titicaca

Vosta do Lago Titicaca, uma das opções de o que fazer no Peru. Na imagem, é possível ver o lado azul no horizonte, e montanhas de pedra na costa.  O céu está azul e com poucas núvens
Lago Titicaca – Foto: Alex via Flickr

O Lago Titicaca nada mais é que um dos maiores da América do Sul e o mais alto navegável do planeta – fora o legado histórico para os Incas, já que acredita-se que ali emergiu o primeiro Inca para começar o império. O lago fica em Puno, a quase 1.300 km de Lima, e marca naturalmente a divisa entre Peru e Bolívia.

Ao redor do lago, há ilhas com povoados nativos que valem muito a pena visitar. Algumas delas são: ilhas de Uros, ilha Taquile e ilha Taquile, além das atrações no lado boliviano.

Ingressos de passeios no lago Titicaca:

Você vai precisar contratar um passeio para conhecer as ilhas ao redor do Titicaca. Veja algumas opções para comprar online, antes de viajar, no site que mais confiamos:

10 – Trujillo

Praça das Armas, em Trujillo, com pessoas andando e uma escultura grande no meio. Ao fundo, há um prédio histórico laranja, além de algumas árvores espalhadas pela praça. Representa o que fazer no Peru
Praça das Armas de Trujillo – Foto: 1023dq via Wikimedia Commons

Trujillo é uma cidade litorânea, localizada no norte do país e considerada uma das maiores do Peru. Com clima agradável o ano inteiro, algumas das atrações por lá são: Plaza de Armas, Chan Chan (maior cidade de barro do mundo), Huaca del Sol y de La Luna, Huaca del Dragón e Playa Huanchaco.

Este destino possui um poder econômico bastante relevante para o país, além de contar com atrações imponentes que também destacam seu rico potencial histórico. Sem dúvida, vale a pena visitar essa cidade!

Ingressos de passeios em Trujillo:

Veja as opções de passeios disponíveis em Trujillo:

11 – Nazca

Vista aérea das linhas de Nazca, com uma estrada com um carro e um caminhão andando, à direita. Na imagem, há um campo extenso de areia com desenhos históricos.Representa o que fazer no Peru
Foto: Janeth Charris via Pexels

Nazca é um destino conhecido no Peru pelas misteriosas linhas de Nazca, consideradas patrimônio da humanidade pela Unesco. Essas linhas são geoglifos (figuras) gigantescos, feitos no deserto pela antiga civilização, os quais só podem ser vistos pelo alto, geralmente em um voo de monomotor. O monumento é impressionante e ainda gera muitas questões sobre o seu real propósito.

A cidade tem esse nome graças à antiga civilização que povoou a região e deixou muitos mistérios, como, por exemplo, as cabeças-troféus (crânios). Um passeio ao deserto vai te levar a mergulhar nessa história curiosa e cheia de enigmas, vale a pena!

Ingressos de passeios em Nazca:

Reserve seu passeio com antecedência, antes mesmo de viajar:

Encontre mais passeios em Nazca com ótimos preços.

12 – Cajamarca

Carnaval em Cajamarca, no Peru, com pessoas usando vestimenta colorida e atrás tem a vista do Patio de Honor de Palacio de Gobierno
O carnaval é uma festa bem típica em Cajamarca – Foto: Presidencia Perú via Flickr

Cajamarca é outra cidade com muitas opções de o que fazer no Peru. Aliás, fevereiro é o mês mais animado para ir, pois é quando o local fica todo colorido para celebrar o carnaval. Neste período, há desfiles, festivais e até guerras de água e creme de barbear – é muito divertivo!

Fora isso, o destino também possui banhos termais, museus, igrejas e as Ventanillas de Otuzco. Vale mencionar que foi em Cajamarca que aconteceu a derrota do império Inca para os espanhóis, por isso, há vestígios das duas culturas na cidade.

Ingressos de passeios em Cajamarca:

Conheça os passeios que você pode fazer em Cajamarca:

13 – Arequipa

Homem com as duas mãos na cabeça, de costas, olhando os cânions do colca, em Arequipa, Peru
Cânion do Colca – Foto: Bruno Iglesias via Flickr

Conhecida como “Cidade Branca”, Arequipa tem um centro colonial muito bonito com a típica Plaza de Armas, além de outras atrações históricas que podem ser visitadas a pé, como a Igreja da Companhia, o Mercado San Camilo, o Mosteiro de Santa Catarina de Siena, a Catedral de Arequipa e o Museo de los Santuários Andinos de la Universidad Santa Maria.

Fora isso, o destino também é rodeado de vulcões (Misty, o Chachani e o Pichu Pichu), vales, desertos, montanhas e canyon, por isso é ponto de partida para passeios na natureza nas proximidades, como ao Vale do Colca, à Laguna de Salinas e a Rota do Sillar.

Ingressos de passeios em Arequipa:

Listamos abaixo os passeios em Arequipa mais populares. Conheça-os:

14 – Ica

Homem sentado no meio do deserto de Huacachina, rodeado de dunas de areia no horizonte, sendo que o homem está de costas e abraçando as suas pernas dobradas. Foto: Civitatis
Deserto de Huacachina – Foto: Shawn Appel via Unsplash

Ica, sem dúvidas, merece entrar no seu roteiro de o que fazer no Peru. O motivo? O local reúne deserto, oásis, vinícolas e parques em um só lugar, e fica bem pertinho de Lima (310 km de distância) – Nazca e Paracas também ficam próximas. É um destino muito indicado para se surpreender em um turismo menos tradicional.

O destaque de Ica é o Oásis de Huacachina, único da América. Mas você também pode conhecer as vinícolas – como as famosas Tacama e Bodega Vista Alegre – andar de buggy entre as dunas de areia no deserto, visitar o centro histórico e conhecer o Museu Regional de Ica.

Ingressos de passeios em Ica:

Conheça os passeios da Civitatis para fazer em Ica:

Encontre mais passeios com ótimos preços.

O que fazer no Peru de graça

Há diversos passeios para fazer gratuitamente no Peru, que vão depender de onde você estiver no país. Por exemplo, andar no centro histórico para conhecer as tradicionais praças das cidades, visitar bairros famosos, como o Miraflores e Barranco, se estiver em Lima, ou mesmo ir nos mercados regionais.

Outra dica é fazer alguns dos “free tour” que a Civitatis oferece, veja algumas opções abaixo:

Reserve seu passeio no Peru online e evite filas na viagem.

O que fazer no Peru com crianças

Afinal, o que fazer no Peru com crianças? A resposta vai depender da idade do pequeno, além do nível de aventura que a família está disposta a viver. De modo geral, é possível fazer desde passeios nas cidades maiores e com melhor infraestrutura ou, caso estejam preparados, ir até Machu Picchu.

A boa notícia é que muitos dos passeios pelo país possuem todo o necessário para todos irem com conforto e segurança. No entanto, vale a pena ter uma agência te auxiliando com informações e bom planejamento.

  • Centro Histórico de Cusco
  • Sacsayhuaman (Cusco)
  • Templo do Sol – Coricancha (Cusco)
  • Circuito Mágico das Aguas (Lima)

Conheça os passeios da Civitatis e planeje seu roteiro com os melhores guias.

O que fazer no Peru com chuva

Se a chuva realmente não der trégua, o que você acha de visitar museus e catedrais no centro histórico das cidades, assistir shows folclóricos ou ir ao shopping? Veja algumas sugestões de o que fazer no Peru com chuva:

O que fazer no Peru à noite

Que tal encerrar o dia em um belo restaurante peruano? Ir embora sem provar a Chicha Morada (suco de milho roxo) ou o famoso Ceviche (feito de filé de peixe marinado) é um verdadeiro desperdício, por isso, fica a dica para você – abaixo tem dicas de restaurantes. 😉

Fora isso, também indicamos ir ao Parque das Fontes Mágicas, em Lima, onde está o maior complexo de fontes de água do mundo – segundo o Guinness Book of World Records. À noite fica ainda mais lindo com as luzes em diferentes cores. Há, também, outras atrações pelo país, veja:

Encontre mais passeios para fazer à noite no Peru.

Restaurantes no Peru

Prato com arroz, mandioca e pedaços de carnes picados. O prato chama-se Lomo Saltado
Lomo saltado | Foto: Flávio Antunes
Foto do Causo Andino, prato com ovos, tomates picados, e outros ingredientes peruanos do Restaurante Inka Grill
Causo andino | Foto: Bruno Tavares
Foto de uma taça em cima de uma mesa do Pisco Sour, uma bebida peruana, a qual tem espuma em cima e um tom amarelo transparente
Pisco Sour
Foto do Chicha Morada, uma bebida na tonalidade roxa com espumas em cima, um canudo preto dentro do copo e uma rodela de limão pendurada na borda do copo
Chicha Morada
Duas mãos segurando um tipo de milho peruano, o qual está dentro de uma folha verde.
Choclo con queso em Pisaq

Fotos: Nátalie Guimarães

Pelas imagens acima já dá para ter uma noção do que Peru tem a oferecer ao seu paladar! 😋

A gastronomia peruana tem influências de suas antigas civilizações, sendo assim, os pratos e bebidas, geralmente, possuem milho, uva, mandioca, batata, guaje, coca, carnes, peixes e outros ingredientes que foram cultivados por eles.

Há diferentes tipos de pratos ao redor do país, assim como uma variedade de restaurantes para prová-los. Abaixo, elencamos os estabelecimentos que nossa equipe foi durante suas viagens – inclusive, há muitas dicas deles nos posts onde comer em Cusco e onde comer em Lima. Confira:

Veja mais dicas do Peru

As dicas ainda não acabaram! Deixamos abaixo uma lista de posts completos para te dar uma mãozinha no planejamento da sua viagem:

Dúvidas frequentes

Onde comprar ingressos para Machu Picchu?

Compre ingressos para Machu Picchu pela Civitatis! O site é seguro e confiável, e oferece uma variedade de excursões para Machu Picchu, podendo comprar online, antes mesmo de viajar, e ainda garantir pagamento facilitado.
Veja algumas opções:
Excursão a Machu Picchu com ingressos
Excursão a Machu Picchu + Montanha Machu Picchu
Ônibus entre Machu Picchu e Aguas Calientes
Trem a Machu PicchuVeja mais opções.

O que você não pode deixar de conhecer no Peru?

Machu Picchu, Cusco, Vale Sagrado dos Incas e Lima são alguns dos destinos turísticos mais visitados do Peru. Nessas regiões, há sítios arqueológicos, cidades Incas, salinas, lagos cristalinos, museus e muito mais para visitar. Veja mais dicas sobre o que fazer em Lima, o que fazer em Cusco, passeios em Cusco e o que fazer no Vale Sagrado dos Incas.

O que fazer no Peru além de Machu Picchu?

Se a sua intenção é sair do roteiro tradicional no Peru, conhecer Choquequirao, as montanhas coloridas (Ausangate), as ilhas Ballestas e o deserto de Ica são boas dicas.

O que fazer no Peru em 1 dia?

Com apenas um dia no Peru você pode conhecer a capital do país, Lima. Conhecer o centro histórico ou andar pelo shopping são boas dicas para incluir no seu roteiro de um dia.

O que fazer no Peru em 2 dias?

Em 2 dias, você já tem tempo suficiente para alguns sítios arqueológicos da capital ou de Cusco, podendo estender até o Vale Sagrado dos Incas. Veja mais dicas sobre o que fazer no Vale Sagrado dos Incas e o que fazer em Cusco.

O que fazer no Peru em 3 dias?

Veja uma sugestão de roteiro de 3 dias no Peru, em Cusco:

  • 1° dia: Voo para Lima e para Cusco. Visitar a Plaza de Armas e arredores.
  • 2° dia: Conhecer Machu Picchu.
  • 3° dia: Visitar o bairro de San Blas e comer em um restaurante típico.

O que fazer no Peru em 4 dias?

Quatro dias já é um período maior para explorar o país com mais calma. Veja nossa sugestão de roteiro:

  • 1° dia: Explorar Cusco, visitando a Plaza de Armas e a Catedral.
  • 2° dia: Conhecer Machu Picchu.
  • 3° dia: Visitar Sacsayhuamán e outros sítios arqueológicos próximos.
  • 4° dia: Passeie pelo bairro de San Blas e conheça as lojas de artesanato de Cusco.

O que fazer no Peru em 5 dias?

Em 5 dias, você pode visitar diferentes cidades, conhecer uma das Maravilhas do Mundo e o Vale Sagrado. Veja nossa sugestão de roteiro:

  • 1° dia: Tour em Lima, incluindo o bairro de Miraflores e o Centro Histórico.
  • 2° dia: Ir para Cusco e usar a tarde para passeios e aclimatação.
  • 3° dia: Excursão para Machu Picchu.
  • 4° dia: Explorar o Vale Sagrado dos Incas, incluindo Ollantaytambo e Pisac.
  • 5° dia: Desfrutar de mais passeios em Cusco até o retorno para Lima.

O que fazer no Peru em 6 dias?

Durante 6 dias, você pode seguir este roteiro no Peru:

  • 1° dia: Chegada em Lima com visita ao Parque Kennedy e ao Larcomar.
  • 2° dia: Voo para Cusco e explorar o Qorikancha.
  • 3° dia: Dia inteiro em Machu Picchu.
  • 4° dia: Passeio pelo Vale Sagrado dos Incas e feiras de artesanato.
  • 5° dia: Conheça Arequipa e o Mosteiro de Santa Catalina.
  • 6° dia: Excursão ao Cânion do Colca.

O que fazer no Peru em 7 dias?

Em 7 dias, você pode seguir o seguinte roteiro no Peru:

O que fazer no Peru no inverno?

No inverno peruano, ideal para a exploração da região andina devido ao clima seco, visite Cusco e Machu Picchu sem as multidões típicas da alta temporada. Aproveite também para explorar a cidade de Lima, onde o clima é mais ameno e as atividades culturais estão em pleno vigor.

O que fazer no Peru no verão?

No verão, explore a Amazônia peruana em Iquitos ou Puerto Maldonado, aproveitando a estação das chuvas que intensifica a beleza natural da floresta. Na costa, desfrute de atividades ao ar livre e praias como Máncora e Paracas, que oferecem ótimas condições para surf e relaxamento sob o sol.

Qual a melhor época para visitar o Peru?

A melhor época para visitar depende da região: a costa é melhor entre dezembro e abril, enquanto as regiões de Cusco e Machu Picchu são ideais de abril a outubro, durante a estação seca.