Construído em 1864, o hotel já passou por diversas gerações e hoje combina o moderno com o tradicional. Saiba como é se hospedar neste hotel com o nosso colunista Diego Imai.

Basel foi meu segundo destino na viagem pela Suíça, uma cidade inovadora, alegre e multicultural. Você pode ver mais sobre ela neste post.

Um trem vindo de Zurique me deixou na estação central da cidade. Para melhorar a minha chegada, descobri que o Hotel Schweizerhof estava praticamente na porta da Estação Central de Basel, literalmente a um minuto de caminhada.

Construído em 1864, foi vendido a uma família em 1896 e permanece hoje a quatro gerações. Passou por uma renovação entre 2006 e 2009, hoje oferece um ambiente muito agradável combinando sua base antiga com a nova pós restauração.

Sobre o Hotel

A localização é ótima. Mesmo que fora do centro histórico, o acesso é super fácil. O hotel é limpo e bem organizado. O atendimento também é bom, mesmo que duas das atendentes não eram muito simpáticas, mas mesmo assim corresponderam com praticidade quando pedi informações. O quarto pequeno e bem ajeitado, corredores largos e um café da manhã muito gostoso.

onde ficar em basel

Como chegar

Por ficar ao lado da estação central, a localização do hotel é uma mão na roda para quem está indo visitar a cidade e procura onde ficar em Basel. A caminhada para o centro histórico também é super tranquila, em cerca de dez minutos você chega lá.

Para melhorar ainda mais, quando fizer o check-in o hotel te fornece o “transport card”, que te permite usar de graça todo transporte público da cidade. Esta é uma iniciativa incrível dos hotéis na Suíça.

Porém, para quem estiver de carro, o hotel possui cinco vagas de estacionamento. Porém, não dá para reservar as poucas vagas. É preciso dar sorte de conseguir uma a vaga para você. Caso contrario, existe um estacionamento a três minutos de distância que cobra 23 Francos Suíços (cerca de 80 reais) pela diária para hóspedes do hotel.

Endereço: Centralbahnplatz 1 – Postfach CH 4002 Basel.

CHECK –IN

Foi super prático e rápido, o horário de Check-in é a partir das 14:00 ( mas caso os quartos já estejam disponíveis, não há problema em antecipá-lo). O Check-out é feito antes do meio dia.

onde ficar em basel

Café da Manhã

O Café da manhã está incluso na sua diária nos dias de semana e nos finais de semana e você pode optar por reservas sem café incluso. Se desejar pagar o café da manhã separadamente, são cobrados 25CHF por pessoa (aproximadamente 90 reais), com adicionais de 10CHF caso queira o café no quarto (esse servido 24 horas por dia).
O Café é servido das 6:30 até às 10:00 da manhã em dias de semana e das 7:00 às 11:00 de fim de semana e feriados.
Um buffet muito gostoso e variado, com frios e queijos diversos, alguns pratos quentes como salsichas, bacon e ovos, também dois tipos de peixe, sendo um deles salmão defumado que eu adoro. Muitas frutas, sucos e também cereais com iogurtes, além dos tradicionais cafés para beber.

Lavanderia

O hotel também oferece serviço de lavanderia pago a parte, e se as roupas são entregues antes das 9:00 da manhã, você as recebe ao final no dia.

Bar / Restaurante

O Hotel não possui restaurante mas possui um bar no lobby onde você pode encontrar snacks 24 horas, porém no mesmo prédio do hotel você encontra um restaurante que serve comida asiática, acabei não experimentando para dar uma opinião à vocês. Nas redondezas do hotel você vai encontrar outros restaurantes, assim como supermercados e também fast foods como McDonalds e BurgerKing.

onde ficar em basel

Bar

Quartos

Além da televisão com canais internacionais, telefone e internet, os quartos são equipados com uma mesa para trabalho, um mini bar, equipamento para fazer chás e cafés, e também um cofre para seu dinheiro e pertences importantes. O banheiro é limpo com um chuveiro bem espaçoso, a cama também grande e confortável.

onde ficar em basel

Concluindo o hotel é muito bom em termos de estrutura, localização e serviços, não se compara a um hotel cinco estrelas, mas por ser três estrelas, está de parabéns.

Diego viajou a convite do Turismo da Suíça.