Os pontos turísticos de Singapura são realmente fascinantes, listamos aqui os principais que precisam estar no seu roteiro e ainda dicas extras, anote tudo!

Cada vez mais os pontos turísticos de Singapura estampam manchetes de jornais e entram nos desejos de muitos viajantes que se preparam para conhecer o Sudeste Asiático.

Não à toa, além das instalações de arquitetura futurista sustentável – e, diga-se de passagem, um tanto quanto megalomaníacas – a riqueza cultural, organização da cidade e a excentricidade dos costumes pedem ao menos uma visita.

Apesar das predominantes influencias chinesa, árabe e indiana da população, o inglês é um dos idiomas oficiais do país e ajuda bastante nos passeios pelos pontos turísticos de Singapura.

A verdade é que a cidade-estado está cada vez mais preparada para receber visitantes. Além de ter o título do melhor aeroporto do mundo há 7 anos consecutivos pela Skytrax 2019, ao sair nas ruas você vai sentir a simpatia e prestatividade da população.

Impressiona também andar pelas ruas limpas da cidade. Higiene que se deve, inclusive, a leis um tanto quanto rígidas e bizarras – como a proibição das gomas de mascar no país. Pois é, mascar chiclete pode dar prisão por lá.

Descubra neste artigo onde ficam as principais atrações de Singapura e as dicas para aproveitá-las ao máximo.


Já contratou seu seguro viagem?
Economize nos melhores planos com o cupom DICASDEVIAGEM5.
Clique aqui e confira!


Você vai ver nesse post:

Caso queria pular alguma parte, é só clicar nos links abaixo para ir direto ao tópico 😉

As supertrees grove do Garden by the Bay, um dos principais pontos turísticos de Singapura
As supertrees grove do Garden by the Bay, um dos principais pontos turísticos de Singapura

Mapa dos pontos turísticos de Singapura

Já comprou suas passagens para a Singapura? Não deixe de conferir as ofertas do Passagens Promo!

Principais pontos turísticos de Singapura

A única ilha cidade-estado do mundo, Singapura oferece bons passeios turísticos. A cidade vem se revelando como um destino agradável em que oferece um mix, no mínimo curioso, de tecnologia e natureza.

Basta passear pelo Aeroporto Internacional Changi, a Jewel, para entender do que estamos falando. Depois, saia para as ruas em direção ao icônico Jardins da Baía, conhecido como Gardens By the Bay, e descubra um universo singular.

Há uma grande miscigenação cultural presente nas pessoas, gastronomia e bairros, além de uma ilha onde a diversão predomina. Em Sentosa Island há muitas opções de entretenimento em um parque ao ar livre.

Por lá, dá para imergir no ambiente do Sea Aquarium, um parque aquático caprichado, e até entrar no universo do cinema no clássico parque temático da Universal Studios

Mas calma, vamos falar sobre cada uma destas atrações em detalhes para você descobrir as singularidades de cada uma.

>> Leia também O que fazer em Singapura – Roteiro de 1 a 5 dias.

Complexo Jewel Changi – Aeroporto Internacional de Singapura

Os pontos turísticos em Singapura começam ao desembarcar do avião. O mais novo ponto turístico de Singapura, o complexo Jewel abriga a maior cachoeira interna do mundo.

É isso mesmo que você leu, estamos falando da Rain Vortex, uma cachoeira com uma queda d’água de 40 metros de altura dentro do aeroporto de Singapura. É pra chegar no país e já entrar no clima da intensidade arquitetônica.

Outro fator bacana dos principais pontos turísticos de Singapura é ligação com o meio ambiente. A Rain Vortex é uma cachoeira que utiliza e reutiliza da água de chuva. Legal, né?! 

Como se não bastasse a cachoeira, o complexo tem 10 andares com muita natureza. Para completar, o teto é de vidro, e por consequência a luz natural ajuda na sensação de estar ao ar livre. 

Além da cachoeira, o aeroporto (sim, aeroporto) possui cerca de 280 lojas, teatro, cinema, praça de alimentação e outros entretenimentos, como redes suspensas para brincar, curtir os foggys ou explorar a Forest Valley.

Quem não está sonhando com uma conexão em Singapura agora mesmo?

>> Clique aqui e compre seu ingresso para o Canopy Park no Jewel Changi.

Parte do Complexo Jewel no Aeroporto Changi em Singapura
Parte do Complexo Jewel no Aeroporto Changi em Singapura
A Rain Vortex - a incrível cachoeira dentro do Changi Aeroporto
A Rain Vortex – a incrível cachoeira dentro do Changi Aeroporto

Gardens by the Bay

O clássico jardim com árvores de metal de mais de 50 metros de altura é referência e um dos cartões postais entre os pontos turísticos de Singapura.

Se você possui uma veia ambientalista pode ficar sossegado, já que as árvores são completamente sustentáveis. À primeira vista, pode se tratar apenas de belas árvores, mas as supertrees grove, como são conhecidas, também produzem energia solar.

Além disso, dá para caminhar pelas passarelas que entrelaçam as árvores. São 128 metros de percurso a 22 metros de altura, que enaltecem uma vista panorâmica única da baía de Singapura.

Para caminhar nas passarelas é preciso pagar cerca de 8 dólares de Singapura (cerca de 24 reais) de entrada. 

O Gardens by the Bay em Singapura
O Gardens by the Bay em Singapura
As supertrees grove no Garden by the Bay em Singapura
As supertrees grove no Garden by the Bay em Singapura

Cloud Forest e Flower Dome

Ainda no Gardens by the Bay, você pode visitar as grandes estufas, a Cloud Forest e a Flower Dome. A Cloud Forest é “molhada” e tem a maior montanha tropical interna do mundo. São 30 metros de altura com cascata e ainda dá para caminhar pertinho do topo. 

A Flower Dome é uma estufa “seca”, também uma das maiores de vidro do mundo, e com primavera o tempo todo. Como resultado você verá um jardim colorido, com flores dos cinco cantos do mundo. 

>> Clique aqui e compre seu ingresso para a Cloud Forest e a Flower Dome e evite filas

A Cloud Forest vista de cima no Garden by the Bay em Singapura - pontos turísticos de Singapura
A Cloud Forest vista de cima no Garden by the Bay em Singapura

Esculturas e Show de Luzes

Definitivamente o ponto turístico de Singapura mais completo é o Gardens by the Bay, pois vai além da beleza das árvores gigantes ou das estufas super elaboradas. Trata-se de um jardim botânico com muita diversidade -são mais de 40 esculturas espalhadas pelos jardins externos. 

Com certeza aqui é o lugar para apreciar em qualquer hora do dia ou da noite.

Ao escurecer o Gardens By The Bay reserva um show de luzes inesquecível, que acontece diariamente às 19h45 e 20h45 com duração de 15 minutos. Ao som de muita música as supertrees grove se acendem em lindas cores.

Ainda há toda uma infraestrutura de comes e bebes, e um parque infantil com direito a água para refrescar os pequenos durante o espetáculo. 

Marina Bay Sands

Mesmo não sendo oficialmente um dos pontos turísticos de Singapura, o hotel Marina Bay Sands conquistou espaço obrigatório nos roteiros. Quem nunca viu fotos do hotel com a piscina de borda infinita mais alta do mundo?

Para completar, a beleza externa do hotel surpreende. As três torres envidraçadas, unidas no topo por uma prancha que remetem aos barcos, não passa despercebida. A piscina fica a 150 metros de altura e só permite acesso aos hóspedes. Mas se você for comer ou beber algo no Cè La Vie, dá para ver a piscina bem do lado. 

Inclusive, a vista panorâmica da Marina Bay pode ser admirada do alto do Marina Bay Sands no Sands Skypark, observatório localizado no 57º andar do edifício. O espaço oferece bares e restaurantes. Você pode adquirir ingresso por 23 dólares de Singapura (cerca de 70 reais) para ir apenas ao observatório.

#FicaADica: se não for hóspede você só consegue ver a piscina do Cè La Vie. 

>> Clique aqui e compre seu ingresso sem fila para conhecer o Marina Bay the Bay SkyPark

O Hotel Marina Bay Sands, lá em cima é possível curtir uma piscina de borda infinita com vista para Singapura - pontos turísticos de Singapura
O Hotel Marina Bay Sands, lá em cima é possível curtir uma piscina de borda infinita com vista para Singapura

Singapore Flyer 

Você precisa adicionar ao seu roteiro a Singapore Flyer. Afinal de contas, se você está na terra dos superlativos, você precisa visitar uma das maiores rodas gigantes do mundo. A Singapore Flyer tem 165 metros e ultrapassou a famosa roda gigante de Londres. 

A vista panorâmica é bem impressionante, com direito a ver um pouco da Malásia e Indonésia. São 28 cápsulas, cada uma comporta até 28 passageiros e oferecem vistas 360°. É uma ótima oportunidade para ver os principais pontos turísticos de Singapura lá do alto. 

O ingresso para pessoas a partir de 13 anos é de 33 dólares de Singapura (cerca de 100 reais). Ainda fazem parte da programação ingressos especiais, com direito a um jantar romântico dentro de uma das cápsulas. Também há opções com uma taça de champagne para celebrar a vista e o momento.

Aproveite para caminhar até a Fountain of Wealth. Além de não estar muito longe da roda gigante, estamos falando de uma das maiores fontes de água do mundo. Então, vale pela curiosidade.

Foto da roda gigante Singapore Flyer
A Singapore Flyer
A Fountain of Wealth em Singapura - pontos turísticos de Singapura
A Fountain of Wealth em Singapura

Merlion Park 

Do outro lado da Marina Bay fica o Parque Merlion, à margem do Rio Singapura. É um ponto turístico em Singapura que vale conhecer pela questão afetiva e simbólica. O Merlion, que dá nome ao parque, se refere à uma estátua com corpo de peixe e cabeça de leão. 

O ser mitológico é o símbolo de Singapura e carrega a história da cidade-estado. É uma uma forma de lembrar de Singapura quando era uma pacata vila de pescadores. A homenagem está em duas estátuas, uma grande e uma pequena. 

A escultura grande jorra água pela boca e permite fotos com uma belíssima paisagem da vista. Ainda tem quase 9 metros de altura e pesa cerca de 70 toneladas. Outra curiosidade interessante é que a palavra Singapura significa “cidade do leão”, dando ainda mais sentido ao Merlion.

>> Clique aqui e veja as opções de passeios de bicicleta para conhecer os principais pontos turísticos de Singapura.

O Merlion Park em Singapura - Pontos turisticos
O Merlion Park em Singapura

Clarke Quay

Aproveite o passeio pelo Merlion Park para estender a caminhada até Clarke Quay.

O cais histórico virou um importante ponto turístico e gastronômico em Singapura. São diversos bares e restaurantes reunidos à beira do Rio Singapura. Certamente é uma das referências das noites agitadas no destino.

O cais de Clarke Quay durante a noite
O cais de Clarke Quay durante a noite

Bairros étnicos em Singapura

Nos pontos turísticos de Singapura também existem bairros que carregam a história de seus imigrantes, incluindo templos religiosos.

É o caso dos bairros étnicos Chinatown, Little India e Arab Street ou Arab Quarter, onde você vai ter a oportunidade de experimentar comidas típicas de cada etnia.

Chinatown

Chinatown é um dos pontos turísticos de Singapura que merece sua atenção. Principalmente por conta do Templo Sri Mariamman, um templo hindu mais antigo de Singapura, construído em 1827 por imigrantes da Índia. A razão de ele está em Chinatown e não na Little India é que antigamente este era o bairro dos indianos.

A deusa Mariamman é conhecida por curar doenças. Você gastará um tempo observando as centenas estatuetas coloridas que adornam o templo. Lembrando que as fotografias dentro dele são cobradas e é preciso tirar os sapatos para entrar. 

O Templo Sri Mariamman em ChinaTown - Foto: Jeffery Wong via Flickr
O Templo Sri Mariamman em ChinaTown – Foto: Jeffery Wong via Flickr

E, se ainda estiver no pique, o templo budista Buddha Tooth Relic é incrível. Na verdade, além de templo ele também é um museu, inaugurado em 2007 com entrada gratuita e uma infinidade de detalhes para você se perder. 

Os templos em Singapura são bem interessantes. Se você é o tipo de viajante que gosta de conhecer as histórias e arquitetura dos templos, vá à Little India.

O Sri Veeramakaliamman Temple foi construído na metade do século 19. Este templo é dedicado à deusa feroz Kali, uma das deusas com simetria mais temerosa e das mais importantes da mitologia indiana.

Depois de algumas caminhadas se alimente em na Chinatown Food Street. A praça de alimentação, conhecida como hawker em Singapura, é super tradicional no país. 

E, na Arab Quarter você pode conhecer o Sultan Mosque. A mesquita pode ser vista de diversos ângulos no bairro árabe.

Um das ruas de ChinaTown em Singapura - Foto: Marco Verch via Flickr - pontos turísticos de Singapura
Um das ruas de ChinaTown em Singapura – Foto: Marco Verch via Flickr
A Sultan Mosque na Arab Quarter - Foto: Erwin Soo via Flickr
A Sultan Mosque na Arab Quarter – Foto: Erwin Soo via Flickr

Sentosa Island 

Dá para chegar na ilha de Sentosa andando, de transporte público ou por um passeio mais emocionante de teleférico. A ilha é outro ponto turístico de Singapura inusitado.

O local concentra as melhores opções para divertir moradores e turistas. A ilha de Sentosa é casa de parques temáticos e aquáticos, além de resorts, museus interativos e a praia.

E, para deixar o passeio ainda mais completo, vale a pena assistir o Wings of Time. O local à beira mar é destinado aos shows noturnos com projeções, cores, fogos e muitas luzes. É um dos pontos mais animados nas noites da Ilha de Sentosa.

>> Clique aqui para ver os valores dos ingressos para o Teleférico Sentosa

A ilha de Sentosa em Singapura vista de cima - Foto: Marco Verch via Flickr - pontos turísticos de Singapura
A ilha de Sentosa em Singapura vista de cima – Foto: Marco Verch via Flickr

Universal Studios em Sentosa Singapura

Inclusive, a Universal Studios é o parque temático que ocupa um dos espaços da ilha de Sentosa. Mas é o seu braço marinho que atrai maior atenção dos turistas, o Sea Aquarium. Com uma infraestrutura surreal, você se sente no fundo do mar sem ter que segurar o fôlego. São mais de 100.000 espécies marinhas em 50 habitats diferentes.

Certamente será uma experiência diferente de apreciar a vida aquática. O painel de acrílico do Sea Aquarium é imenso, considerado um dos maiores do mundo.

>> Clique aqui para comprar seu combo Universal Studios e Sea Aquarium.

A Universal Studios em Singapura
A Universal Studios em Sentosa Singapura
O SEA Aquarium em Sentosa Singapura
O SEA Aquarium em Sentosa Singapura

Onde ficar em Singapura – Nossas Indicações

Escolher um hotel para se hospedar em Singapura pode parecer complicado por conta dos valores. Mas a verdade é que Singapura tem oferecido cada vez mais opções acessíveis, entre elas as conhecidas cápsulas para dormir.

Inclusive, um dos pontos altos das hospedagens por la é a localização. Parte por conta do tamanho da cidade e pela facilidade de acesso aos principais pontos turísticos de Singapura, tudo com o transporte público. 

Entre as melhores opções, dá para ficar tranquilamente nas cápsulas do divertido MET a space pod. Inclusive, eles oferecem lugares para dormir em diversos bairros por Singapura. Contudo, se o seu estilo é mais um hotel de bom custo benefício – sem ser cápsulas –, invista no Ibis Budget Singapore Sapphire.

Já no quesito luxo, talvez compense investir no Marina Bay Sands para não perder a oportunidade de usar a piscina infinita. Agora, se você prefere uma opção fora do burburinho, vale a pena pensar no serviço impecável do Shangri-La Hotel Singapore. O hotel é super tradicional e está na luxuosa Orchard Road, uma das principais ruas de compras da cidade.

>> Leia mais Onde ficar em Singapura – Guia dos Melhores Bairros e Hotéis

Booking.com

Dicas e Regras de Singapura

O que levar na mala para Singapura

Sapatos confortáveis e roupas leves são essenciais para andar por Singapura.

Uma boa dica é comprar um chip internacional de celular para continuar postando as fotos da viagem, além de outras facilidades.

>> Compre seu chip de internet ilimitado para usar durante sua viagem – clique aqui!

Clima

Singapura tem um clima com estações indefinidas. Chove durante o ano todo, como chuva de verão.

Em Singapura é sempre calor, com temperaturas médias de 27º e sensação térmica muito mais elevada. As pancadas de chuva são mais constantes de Outubro a Janeiro. Agora, se quiser fugir do super calor, evite ir em Abril e Maio, pois as temperaturas ficam realmente altas.

Transporte 

O transporte público de Singapura é ótimo. Há estações de MRT (Mass Rapid Transit) perto dos principais pontos turísticos da cidade estado. Para facilitar, adquira o cartão recarregável EZ-Link, que também pode ser usado no trem e ônibus.

O Singapore Tourist Pass oferece opções para 1, 2 ou 3 dias. O valor único permite viagens ilimitadas nos principais meios de transporte público. Verifique a melhor opção para sua viagem e compre em alguma estação de metrô.

Os valores valores dos táxis e Ubers são atraentes. Só lembre que o táxi só para no ponto de táxi., não adianta estender a mão ou assobiar.

O limpíssimo MRT (metrô) em Singapura  - pontos turísticos de Singapura
O limpíssimo MRT (metrô) em Singapura

Taxas

Muitos produtos em Singapura recebem um imposto de 7% sobre o valor da etiqueta. No restaurante também é cobrado a taxa, que em alguns casos ainda é somada ao valor do serviço. Na dúvida, pergunte antes para evitar surpresas.

Com o sistema de tax free, você resgata o valor do imposto pago. Porém só é aplicável para compras acima de 100 dólares singapuriano e mediante apresentação do passaporte.

Atenção às regras de Singapura

A cidade é realmente muito limpa, e para isso algumas atitudes incomuns aos nossos olhos são tomadas. Por exemplo, se você adora um chiclete, enquanto estiver em Singapura esqueça! Lá é proibido e pode ser confiscado na imigração.

Não bobeie, lixo jogado na rua gera multa altíssima. Também não se atreva a tocar instrumento musical em lugar público e nem cantar letras obscenas de música.

Esqueça também aquele lanchinho rápido ou o café no metrô, onde é proibido comer. Ah, e se você tem o hábito de dar migalhas para pombos, não faça, pois será multado! Cuspir no chão também vai ficar bem caro para o seu bolso.

Apesar de a Durian ser a fruta oficial de Singapura, muitos lugares proíbem o consumo in natura dela, por conta de seu forte cheiro. Então, caso queira provar a fruta, fique atento à permissão de consumo.

A faixa de pedestre deve ser respeitada, caso contrário você poderá ser multado. 

Em Singapura a roupa deve permanecer no corpo, e não é permitido andar sem camisa na rua. E, tome cuidado ao ficar nu, mesmo que dentro de um quarto de hotel. Garanta que todas as janelas estejam completamente fechadas, pois se alguém ver é multa na certa.

Singapura não permite a homossexualidade. Então, como turista, evite carinhos e beijos em público.

Por fim, não esqueça que o país exige o certificado internacional de vacinação com a devida dose contra febre amarela tomada.

Perguntas e Respostas Rápidas sobre Singapura

Onde fica Singapura?

Singapura fica no Sudeste Asiático, logo abaixo da Malásia e ao lado da ilha de Sumatra, na Indonésia.

Precisa de seguro viagem para Singapura?

Não é obrigatório, mas nós recomendamos a contratação de um seguro viagem internacional para qualquer destino. Clique aqui para fazer seu orçamento.

Qual língua se fala em Singapura?

O inglês é uma das línguas comuns em Singapura, além do Mandarin, Tâmil e Malaia, que são as outras línguas faladas.

Qual é a melhor época para visitar Singapura?

Durante os meses menos chuvosos, entre maio e setembro leia mais…

O que fazer em Singapura de 1 a 5 dias?

– Complexo Jewel
– Garden by the Bay
– Marian By Sands
– Singapore Flyer
– Fountain of Wealth
– Chinatown
– Peranakan Houses
…Leia mais

Como se locomover em Singapura?

Quase todos os atrativos têm estações de metrô por perto. Táxis ou Uber também são boas escolhas, com bons preços …leia mais

Precisa de alguma vacina para viajar para Singapura?

Sim, para ir a Singapura você precisará do certificado de vacinação de febre amarela. Saiba mais sobre a vacina

O que e Onde comprar em Singapura?

Os pontos turísticos de Singapura sempre têm uma loja para comprar lembrancinhas de viagem. Ou, você encontrará presentes bacanas em bairros mais em conta, como Chinatown. Agora, para marcas de grife o melhor é ir para a Orchard Road. 

Gostou das nossas dicas dos Pontos turísticos em Singapura? Deixe aqui seus comentários ou dúvidas que a gente sempre te ajuda. 😉

Leia Também