A maior cidade do país é conhecida por sua gastronomia, seus museus, parques, eventos e sua agitada vida noturna. Descubra mais de 13 pontos turísticos de SP, a cidade que nunca dorme.

A maior cidade do país e da América do Sul é também o maior destino turístico do Brasil. Se você é um dos 15 milhões de visitantes que conhecem a cidade todos os anos, pode anotar os pontos turisticos de SP que você precisa conhecer.

A capital paulista possui uma infinidade de atrações e lugares incríveis para você conhecer, fazer compras, descansar, se divertir ou paquerar. Listamos alguns dos principais. Confira:

Conheça alguns dos principais Pontos Turisticos de São Paulo

Avenida Paulista

A Avenida Paulista é um grande orgulho para os paulistanos. A via mais famosa da cidade é imponente e representa toda a diversidade e a efervescência urbana da capital.

Com edifícios modernos, teatros, parques, casarões antigos, cinemas, museus, atrações culturais e de compras, a Paulista conta com diversas opções de passeios interessantes. É um dos principais pontos turisticos de SP.

Entre as atrações estão o Parque Trianon, que conta com vegetação nativa remanescente da Mata Atlântica, e a Casa das Rosas, um casarão no estilo clássico com programação cultural diversa.

A Paulista ganhou recentemente uma ciclovia em seu canteiro central, que percorre todos os 2,8 quilômetros de extensão da via. Aos domingos, a Avenida Paulista fica fechada para o trânsito e se transforma em um enorme parque e espaço cultural, com shows, feiras de artesanato e espaço para práticas esportivas.

Parque Trianon – Rua Peixoto Gomide, 949. Segunda a domingo das 6h00 às 18h00.

Casa das Rosas – Avenida Paulista, 37. Terça a sábado das 10h às 20h. Domingos das 10h às 18h

>> A Paulista tem algumas das melhores hospedagens da cidade. Confira outras no post Onde ficar em São Paulo

Pessoas andando na Avenida Paulista num domingo, quando a avenida é totalmente liberada para tráfego exclusivo de pedestres. Foto: Ana Paula Leite from Pexels
A Avenida Paulista aos domingos – Foto: Ana Paula Leite via Pexels

MASP – Museu de Arte de São Paulo

Localizado na Avenida Paulista, o Museu de Artes de São Paulo (MASP) merece um destaque à parte.

O museu impressiona tanto por seu projeto arquitetônico único, com um gigantesco vão livre, como pelo acervo permanente e as constantes exposições de artistas renomados mundialmente.

O MASP conta com o mais importante acervo de arte europeia do Hemisfério Sul.

Sua coleção reúne mais de 10 mil obras, incluindo pinturas, esculturas, fotografias, vídeos, peças de vestuário e objetos de diversos períodos históricos, abrangendo também artefatos das Américas, África e Ásia.

Além do calendário de exposições, o museu também oferece cursos, seminários, palestras, oficinas e workshops relacionados ao mundo da arte.

Endereço: Avenida Paulista, 1578. Terça a domingo das 10h às 18h.

Vista do vão do MASP na Avenida Paulista, um dos pontos turísticos de SP. Foto de Francisco Anzola via Flickr.
O vão livre do MASP na Paulista – Foto: Francisco Anzola via Flickr

Reserve já seu hotel em São Paulo! No Booking.com você garante os melhores preços sempre.

#FicaADica: Fique de olho nas ‘Ofertas Espertas’, que duram apenas um dia. Alguns hotéis incríveis oferecem ótimos desconto usando este selo na plataforma. Se encontrar um bom negócio, vale fechar 🙂

Booking.com

Parque Ibirapuera

Certamente você já ouviu falar do Parque Ibirapuera, um dos cartões postais da cidade de São Paulo.

Repleto de espaços culturais e de lazer, o parque recebe diariamente milhares de visitantes.

Com sua vasta área verde, o Ibirapuera é ideal para um passeio ao ar livre, para prática de atividades físicas, como corridas ou passeios de bicicleta, ou simplesmente para relaxar e apreciar a natureza.

Dedique um dia inteiro para visitar e conhecer todas as atrações do Ibirapuera. Elas vão desde a ciclovia que percorre quase todo o parque, até o Planetário, o Museu de Arte Moderna, o Museu de Arte Contemporânea, o Viveiro de Mudas, entre tantas outras.

Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Avenida IV Centenário e Avenida República do Líbano. Aberto todos os dias das 5h às 24h. Aberto 24 horas de sábado para domingo.

Na foto vemos a área verde do Parque do Ibirapuera, o lago e os caminhos do parque. Foto da página oficial do Facebook.
Vista do Ibirapueda de cima – Foto: Parque Ibirapuera Facebook

Museu de Arte Moderna (MAM)

Uma das atrações mais famosas do Parque do Ibirapuera é o Museu de Arte Moderna (MAM), que conta com mais de 4 mil obras de arte contemporânea brasileira.

No museu há peças de renomados artistas, como Cândido Portinari, Tarsila do Amaral, Victor Brecheret Di Cavalcanti e instalações de Nelson Leirner e Regina Silveira.

MAM – Avenida Pedro Álvares Cabral – Portão 3. Terça a domingo das 10h às 18h.

Entrada do MAM, o Museu de Arte Moderna, um dos pontos turísticos de São Paulo. Foto: página do Facebook do MAM SP.
A entrada do MAM de São Paulo – Foto: Facebook MAM de SP

Mercado Municipal

Temperos, especiarias, frios, queijos, carnes peixes, cereais, legumes, vinhos, frutas exóticas… o Mercado Municipal de São Paulo tem um pouco de tudo!

O Mercadão, como é conhecido, é um dos pontos turistico de SP que são obrigatórios.

Seu prédio imponente, no centro de São Paulo, projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo, conta também com enormes vitrais feitos pelo artista russo Conrado Sorgenicht Filho, responsável pelos vitrais da Catedral da Sé.

São quase 300 boxes, que movimentam diariamente 350 toneladas de alimentos.

Claro que, na visita ao Mercadão, o objetivo principal é comer. Você poderá escolher um dos conceituados restaurantes do Espaço Gourmet ou mesmo um dos boxes no andar térreo.

As opções são muitas e todas gostosas, como o famoso sanduíche de mortadela (acredite, serve duas pessoas com tranquilidade). Tem também famoso pastel de bacalhau, os pasteis gigantes, o tradicional sanduíche de pernil, entre tantas outras.

Para chegar no mercadão, pegue o metrô até a Estação da Luz e aproveite para conhecer essa icônica e histórica parte da cidade.

Endereço: Rua Cantareira, 306 – Centro Histórico de São Paulo. Segunda a segunda, das 6h às 18h.

>> Saiba mais sobre onde ir para explorar a capital paulista em Lugares para ir em SP

Vista do andar de cima do Mercado Municipal de São Paulo, com mesas de restaurantes, e do andar de baixo, com boxes de vendedores. Foto de Ben Tavener via Flickr.
O Mercadão de São Paulo – Foto: Ben Tavener via Flickr
Na imagem vemos dois lanches em pão francês, um de carne e outro de mortadela, com dois copos de cerveja ao fundo. Foto de Fábio Martins Santos Marron via Pixabay
O famoso sanduíche de mortadela do Mercadão de SP – Foto: Fábio Martins Santos Marron via Pixabay 

Farol Santander

Um dos mais novos pontos turisticos de SP, o Farol Santander abriu suas portas no início de 2018 e se tornou um dos espaços culturais mais legais da cidade. Está localizado no icônico Edifício Altino Arantes, também conhecido como Prédio do Banespa.

O prédio conta com diversas atrações em 18 dos 35 andares – o qual foi, por muitos anos, o mais alto da cidade. Destaque para a pista de skate, idealizada por Bob Burnquist, e para os diversos espaços de exposições.

Para chegar, desça no Metrô São Bento, passe pelo famoso mosteiro de São Bento, e caminhe até o Edifício Altino Arantes. Se for a sua primeira vez pelo centro, estenda o passeio até a Praça da Sé, o marco zero de São Paulo.

Endereço: Rua João Brícola, 24 – Centro Histórico de São Paulo – Aberto de terça a sábado das 9h às 20h e aos domingos das 9h às 20h.

Vista do prédio do Banespa, onde funciona o Farol Santander, um dos pontos turísticos de SP. Foto: FJ Jarabeck via Flickr.
O antigo prédio do Banespa onde está a nova atração – Farol Santander – Foto: FJ Jarabeck via Flickr

Bairro da Liberdade

Luminárias orientais, letreiros escritos em ideogramas, arquitetura, lojas e restaurantes típicos de países como Japão, China, Tailândia e Coreia do Sul. Esta é a Liberdade, um pedacinho do oriente em São Paulo.

O bairro é marcado pela colonização japonesa, mas também conta com imigrantes de diversos outros países do oriente. Isso transforma a Liberdade em um lugar incrível e diversificado culturalmente – uma parada obrigatória em sua viagem.

As atrações vão desde lugares tradicionais, como o Museu Histórico da Imigração Japonesa, que conta com um acervo de mais de 97 mil itens, até lojas e mercearias onde você poderá comprar produtos alimentícios de diversos países, inclusive frescos.

Diversas lojas vendem quinquilharias eletrônicas, livros, roupas, enfeites e objetos das diversas culturas orientais, de mangás e cds de K-pop, aos tradicionais hashis e espadas samurais.

Para recarregar as baterias, você poderá conhecer e até meditar em um dos diversos templos. Entre eles, Busshinji e Lohan ou o Centro de Meditação Fo Guan Shan. Outra opção é descansar no famoso Jardim Oriental, um oásis no meio da cidade.

A gastronomia é o ponto alto. São centenas de opções de restaurantes com culinária de diversos países, com maior destaque para a japonesa. Opções não faltam.

Aos domingos é realizada, desde 1975, a tradicional Feirinha da Liberdade, que reúne tudo que o bairro apresenta em um único espaço.

São dezenas de barracas de artesanato, decoração, vestuário e principalmente comidas. Os pastéis japoneses fritos na hora são imperdíveis!

Vista de parte do bairro da Liberdade, em São Paulo. Foto: Ricardo Migliani via Flickr.
A feirinha no bairro da Liberdade, em SP – Foto: Ricardo Migliani via Flickr

Rua Augusta

A Augusta é certamente a rua mais eclética e democrática de São Paulo. Ao longo de sua extensão você encontrará bares, restaurantes, casas noturnas, inferninhos, cinemas, teatros, lojas e galerias. De tudo um pouco, para todos os gostos e todos os bolsos. Vale a pena incluir no roteiro de pontos turisticos de SP.

Durante o dia, a Augusta é colorida, movimentada e apressada. São dezenas de galerias e uma infinidade de lojas, que abrangem desde grifes famosas até marcas novas e descoladas. Tem para o público geek, moda LGBT, para quem procura chapéus, salões de cabeleireiro especializados no público afro, brechós estilosos… uma infinidade! É só procurar.

Mas é durante a noite, especialmente da quarta-feira em diante, que a Augusta revela o seu verdadeiro lado. Aos restaurantes, somam-se centenas de bares, casas noturnas e inferninhos.

A noite na rua é pulsante e muito diversificada. Você pode comer um hambúrguer, assistir a um show de comédia, curtir a noite em uma casa noturna, ou mesmo fazer tudo isso em uma única noite e ainda encerrar comendo um temaki às seis da manhã. Na Augusta, sempre dá.

Na foto vemos uma placa de rua indicando a Rua Augusta, um dos pontos turísticos de SP. Foto de Guilherme B Alves via Wikimedia
Placa da Augusta, em SP – Foto: Guilherme B Alves via Wikimedia

Rua Oscar Freire

Com suas calçadas largas, padronizadas, limpas e bem delineadas, suas vitrines suntuosas e lojas chamativas, a Rua Oscar Freire representa a face mais rica e mais luxuosa de São Paulo.

A rua, localizada no charmoso bairro dos Jardins, abriga as principais grifes internacionais, diversas marcas nacionais famosas, lojas conceito, restaurantes, cafés, confeitarias, sorveterias e hotéis.

Entre as principais lojas estão a Victor Hugo, Mont Blanc, H. Stern, Lacoste, Tommy Hilfiger, Adidas e Cartier, além das brasileiras Osklen, Forum, Rosa Chá e Maria Bonita.

É o paraíso dos endinheirados, que circulam com veículos importados e seguranças particulares.

O passeio vale a pena mesmo se você não for um super rico, tanto para apreciar as vitrines e ver gente bonita e descolada, quanto para tomar um sorvete ou escolher entre as opções de lojas mais populares, que também estão por lá.


Já contratou o seu seguro viagem nacional? Com o Seguros Promo você tem a tranquilidade de viajar com segurança e sem gastar muito! Confira.


Na imagem vemos uma esquina da Rua Oscar Freire em SP, com decoração natalina de luzes e árvores com ornamentos. Foto de Peteris via Flickr.
Vista da Oscar Freire decorada para o Natal – Foto: Peteris via Flickr

Rua 25 de Março

Calçadas irregulares, vendedores ambulantes, poluição sonora, lojas abarrotadas e preço baixo. A rua 25 de Março é o completo oposto de tudo que dissemos sobre a Oscar Freire. Porém, é um dos pontos turisticos de SP que valem a visita.

A 25 de Março é o maior centro comercial da América Latina e recebe diariamente milhares de pessoas de todo o Brasil e também de outros países.

Lá você pode encontrar de tudo, literalmente. De brinquedos à artigos para armarinhos, bijuterias, óculos, roupas, artigos para festas, tecidos, calçados, utensílios domésticos, guarda-chuvas e bugigangas eletrônicas.

Por conta da imigração, a região da 25 de Março também é referência na culinária árabe. Faça uma pausa e escolha um dos restaurantes das ruas Comendador Abdo Schahin e Cavalheiro Basílio Jafet para experimentar.

Outra ótima opção é almoçar no Mercado Municipal, muito próximo do fim da Rua 25 de Março.

Para aproveitar melhor o passeio na 25 de Março, aí vão algumas dicas:

  • Prefira utilizar calçados confortáveis
  • Leve dinheiro em especie, pois poderá conseguir bons descontos
  • Leve uma mochila fechada ou uma bolsa. De preferência, carregue na parte da frente do corpo. Cuidado nunca é demais
Vista de esquina da Rua 25 de Março, um dos pontos turísticos de SP, com multidão de pessoas em rua inclinada. Foto de C. Araujo26 via Wikimedia
A 25 de Março, em São Paulo – Foto: C.Araujo26 via Wikimedia

Edifício Martinelli

O Edifício Martinelli foi primeiro arranha-céu do Brasil e da América Latina. E quem foi rei, jamais perde a majestade.

Projetado pelo italiano Giuseppe Martinelli, o prédio representou por décadas o progresso e a pujança de São Paulo. Até hoje o edifício é um dos principais símbolos arquitetônicos da cidade.

A vista do mirante do Edifício Martinelli é uma das mais bonitas de São Paulo.

Endereço: Avenida São João, 11 a 65. Segunda a sexta às 11h – 13h – 15h – 17h30. Sábados, domingos e feriados às 11h – 12h – 13h – 14h30 – 15h30 – 16h30. As inscrições são feitas 30 minutos antes de cada sessão.

Vista de parte do Edifício Martinelli, o primeiro arranha-céu do Brasil e da América Latina, hoje um ponto turístico de São Paulo.
O Edifício Martinelli primeiro arranha-céu da América Latina – Foto:

Eataly

A cultura e a culinária italiana são muito presentes em São Paulo, como nas famosas cantinas do Bexiga, nas pizzarias da Moóca, nas festas italianas das igrejas e clubes, e mais recentemente no Eataly.

O Eataly é um lugar difícil de definir, mas impossível de não apreciar. Não é um mercado, nem um grande restaurante.

Em um espaço de 4.500 metros, você encontrará mais de 8 mil produtos, seis restaurantes, cafeterias, confeitaria, sorveteria e bar. É o lugar para comprar tudo o que há de melhor na gastronomia nacional e internacional.

A rede Eataly nasceu em Turim, na Itália e hoje conta com 38 lojas pelo mundo. São Paulo recebeu a primeira da América Latina.

Mas prepare o bolso, o lugar tem um preço “salgado”. Também tem estacionamento pago e, claro, como tudo em SP, aos fins de semana pode ter fila.

Endereço: Avenida Juscelino Kubitschek, 1489. Domingo a quinta das 8h às 23h. Sexta e sábado das 8h às 24h.

>> Confira outras opções gastronômicas da capital paulista no post Onde comer em SP

Vista de parte térrea do Eataly em São Paulo, com balcões de venda de produtos. Foto do site oficial Eataly.
Parte do Eataly em São Paulo – Foto: site oficial

Bike Tour

Para encerrar os pontos turisticos de SP, que tal conhecer a cidade de uma forma completamente diferente?

A prefeitura da cidade promove a Bike Tour SP aos fins de semana, um circuito de passeios de bicicleta gratuito.

São grupo de até 15 pessoas que pedalam por diversos pontos turisticos de SP acompanhados por dois monitores, que informam dados e curiosidades de cada um dos pontos visitados.

São 10 opções de rotas por diferentes pontos da cidade. Os passeios são gratuitos e o participante precisa somente doar dois quilos de alimentos não-perecíveis. São disponibilizados capacete, colete de identificação e bicicleta para todos durante o tour.

Outros pontos turisticos de SP para incluir no roteiro

  • Todos os sábados, conheça a feira de antiguidades da Praça Benedito Calixto, em Pinheiros.
  • Na Vila Madalena, faça um tour começando pelos grafites do Beco do Batman. Dê uma volta pelos bares, restaurantes e charmosas lojinhas do bairro, e termine o dia vendo o entardecer na Praça do Pôr do Sol.
  • Conheça o Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo do Estado de São Paulo.

São Paulo é uma das cidades mais completas e diversas do mundo. Coisas para fazer e pontos turisticos de SP para conhecer não faltam. A lista pode ser interminável!

E você? Tem mais algum para indicar? Conta pra gente nos comentários!

O que você PRECISA saber ANTES de ir para São Paulo

Você está cheio de coisas para pensar e ainda tem que planejar a viagem inteira?

Ou você já viu tudo, mas está com aquela conhecida sensação “Será que esqueci alguma coisa?” Então calma, nós te ajudamos com 4 itens que você não pode esquecer antes de partir para São Paulo. Vamos lá? 

1) Seguro Viagem é INDISPENSÁVEL 

Onde Comprar: SEGUROS PROMO

Já pensou ter que pagar despesas médicas ou precisar desembolsar fortunas por contratempos na viagem? Nós já soubemos de diversos casos de pessoas que passaram por isso.

O Seguro Viagem Nacional é altamente recomendado, mesmo se o viajante já possuir convênio médico. Isso porque a maioria dessas coberturas são apenas regionais, e esse seguro cobre prejuízos de vários tipos além dos relacionados à saúde. Perda ou furto de bagagem e cancelamento de voos são alguns dos serviços acobertados. É um investimento baratinho que pode te livrar de problemas maiores que podem acontecer durante as férias!

Para encontrar um bom seguro viagem, compare preços e coberturas no Seguros Promo.

#FicaADica: Economize 10% em seu seguro viagem. Use o cupom DICASDEVIAGEM5 para ganhar 5% de desconto e pague no boleto para garantir 5% OFF adicional. 

Seguro Viagem: Brasil
GTA BRASIL 18 GTA BRASIL 18 Assistência médica R$ 18.000 Bagagem extraviada R$ 600 R$ 4/dia*
AT 10 BRASIL AT 10 BRASIL Assistência médica R$ 10.000 Bagagem extraviada R$ 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 6/dia*

2) Já marcou sua hospedagem?

Onde Comprar: BOOKING.COM

Se você ainda não marcou sua hospedagem, a dica é comparar hotéis, hostels e pousadas através do Booking.com. Essa é a maior plataforma de reservas de hotéis do mundo, garantindo uma experiência segura e ótimas ofertas em acomodações.

#FicaADica: Fique de olho nas ‘Ofertas Espertas’, que duram apenas um dia. Alguns hotéis incríveis oferecem ótimos desconto usando este selo na plataforma. Se encontrar um bom negócio, vale fechar 🙂 

Booking.com

3) Alugue carros com os melhores preços

Onde Alugar: RENT CARS

Gostamos muito da Rent Cars para encontrar os carros que usamos em nossas viagens. Ela é o maior comparador de aluguel de carro da América Latina, e a única no Brasil que compara os melhores preços em mais de 100 locadoras de veículos. Além disso, você pode pagar em até 12x sem juros. Vale a pena!

#FicaADica: Tente encontrar carros com a cobertura completa de seguro para o carro e terceiros. Assim, você evita surpresas inoportunas na hora de retirar o carro.

Vale ficar atento às ofertas da Rent Cars, pois sempre aparecem promoções de proteção de terceiros ou upgrades de categoria.

Obs: Prezamos muito pela credibilidade de nossas informações. Todos os sites que recomendamos acima são sites que já usamos, temos boas experiências e feedbacks de leitores!

Além disso, vale a pena conferir outras informações úteis para sua viagem para São Paulo:

Leia também

Hostels em São Paulo: conheça as opções mais recomendadas da capital

5 praias quase secretas no litoral norte de São Paulo

Viagem de ônibus São Paulo – Rio de Janeiro: 5 dicas para viajar melhor

Lugares para viajar com crianças – 11 destinos no Brasil e no mundo