Quando estive na Colômbia pela primeira vez, prometi voltar! E, para mim, promessa é dívida! Na segunda visita, minha promessa ganhou um reforço chamado San Andres. Saiba tudo sobre a ilha nesse guia completo!

San Andrés é um dos destinos preferidos dos brasileiros. A ilha faz parte de um arquipélago que abrange também as ilhas de Providencia e Santa Catalina. Essa região do Caribe colombiano é conhecida como mar das sete cores, e essa fama é um tanto auto explicativa para os turistas que visitam este paraíso caribenho.

Com um ambiente que oscila entre a tranquilidade e um pouco de agito, San Andrés agrada todos os públicos. É um destino ideal para qualquer viajante, principalmente para os amantes de belezas naturais. Quem preza por uma gastronomia requintada, com muitos frutos do mar, e quem não resiste às lojas de produtos importados livres de impostos, também vai adorar o local!

Vista de mar com diversas cores de azul em San Andrés, na Colômbia
O colorido mar do Caribe em San Andrés

No entanto, apesar de ser considerado um dos locais mais baratos do Caribe, San Andrés não chega a ser uma viagem de baixo custo – o grande fluxo de turistas gera preços bastante abusivos. Mas não desanime! Ainda é possível fazer a viagem dos sonhos por um preço bem acessível. Confira nossas dicas para economizar e aproveitar ao máximo sua ida à ilha!

Nesse post você vai ver:

Como é a ilha de San Andres

San Andrés é uma ilha do mar do Caribe, pertencente à Colômbia, apesar de estar bem próxima da Nicarágua e da Costa Rica. A orla tem o formato de um cavalo marinho, e uma das coisas que mais me chamou atenção lá foi a mistura cultural, que deu uma identidade muito marcante à população.

Por influência dos ingleses, grande parte dos nativos domina o inglês melhor que o espanhol – além de falarem o crioulo sanandresano, um dialeto muito curioso que se criou a partir do inglês, um pouco de castelhano e alguns idiomas africanos. #imaginaamistureba

Sempre dou essa dica, independente do lugar, e aqui não poderia ser diferente: tente bater um bom papo com os nativos, que irão trazer uma experiência bem diferente além do clichê turístico. O guia Rafael me deu uma aula de cultura local e me mostrou os corais de San Andrés como se fossem o quintal da casa dele!

Rafael, guia de San Andres, na Colômbia, em baixo d'água
Rafael foi o melhor guia que pude ter em San Andrés

A melhor época para visitar San Andres

Na Colômbia, qualquer temporada é valida! Conhecido como o país da eterna primavera, as estações do ano não são muito marcadas – característica, aliás, dos países próximos à linha do Equador.

No entanto, chuvas fortes são comuns na Colômbia e, normalmente, se intensificam durante os meses de outubro e novembro. O clima é quente durante o ano inteiro, assim como a água do mar, com temperaturas médias entre 28⁰C e 30⁰C.

Mergulho com peixinhos no mar do Caribe
Mergulho com peixinhos em San Andrés, na Colômbia, o país da eterna primavera 🙂

Chegando em San Andres

Sabe aqueles memes de expectativa X realidade? Pois é, San Andrés é assim!

Cheguei no fim da tarde, imaginando que iria descer do avião e parar na primeira praia para curtir o pôr do sol de mochilão e tudo. Mas as filas dos guichês da Polícia Federal estavam enormes e eu esperei cerca de duas horas até entregar a “tarjeta de turismo”.

Esse documento é obrigatório para todo mundo que visita San Andrés, até mesmo para colombianos. O papel deve ser adquirido com a própria companhia aérea antes do embarque e custa 50 mil pesos colombianos (cerca de R$ 65). Após a entrega da tarjeta, é necessário passar pela segurança, que tem raios-X e até cães farejadores (uns fofos!).

Existe um pouco de falta de organização. Não existe padrão na compra da tarjeta. Algumas companhias aceitam o pagamento em dólar e outras aceitam somente em pesos colombianos.

Enquanto algumas aéreas vendem o cartão no guichê de check-in, outras – como no meu caso – apenas dentro da sala de embarque. Mas uma coisa é certa: ninguém vai te informar nada a não ser que você pergunte! Portanto, paciência na chegada é fundamental!

Atenção: a tarjeta de turismo não fica retida na Polícia Federal. Ela é devolvida a você e será necessário apresentá-la novamente na saída da ilha – dessa vez sem essa bagunça toda. #prometo

Como se locomover em San Andres

Ao contrário do que eu imaginava, San Andrés é relativamente grande. Por isso, é fundamental escolher seu meio de transporte logo na chegada, para conseguir explorar bem a região sem ter que ficar gastando com táxi. Aliás, quando for pegar táxi, negocie bastante – eles não usam taxímetro e fecham um valor antes de sair.

Na ilha não é comum alugarem carros, por isso essas locadoras são raras e os preços bastante salgados. Abaixo listo as opções mais comuns, pra você decidir de acordo com o seu estilo de viagem:

Scooter: ótima opção para se locomover na ilha, pode ser facilmente alugada no centro da cidade. Vale a pena barganhar um pouco o preço – consegui uma carona para negociar nas lojas do centro, e aluguei uma scooter por 50 mil pesos (cerca de R$ 65) a diária.

Carrinho de golfe: outra boa opção para transporte na ilha, com dois ou quatro/cinco lugares. Apesar de divertido, o carrinho é bastante lento e não possuir farol, o que impossibilita saídas noturnas. Os preços podem variar de 100 mil a 200 mil pesos colombianos a diária.

Mula: a opção mais completa é um carrinho chamado mula – muito parecido com o de golfe, mas com um motor mais potente. Este tem a vantagem de possuir luz para transitar à noite, além de ser mais rápido. O preço, porém, é mais caro, podendo chegar até 300 mil pesos colombianos.

Para qualquer uma das opções é mais vantajoso se você alugar por diversos dias (a diária isolada é mais cara e mais difícil de negociar). Compare os preços praticados por diferentes lojas antes de alugar – são várias e elas ficam uma ao lado da outra.

Passeio de Scooter em via da ilha de San Andrés, na Colômbia
Andando de scooter por San Andrés

Pontos turísticos em San Andres

Se a ilha de San Andrés tem praias maravilhosas, imagina aquelas ilhotas mais distantes onde a natureza toma conta? A vantagem de viajar por essa região é poder desfrutar de passeios fantásticos por um preço relativamente baixo.

Existem diversos passeios incríveis para fazer em San Andrés, para agradar todos os gostos!

Desde praias até mergulho para ver recifes de corais, seguem algumas ótimas sugestões do que fazer na ilha. Continue lendo para descobrir!

A volta na ilha de San Andres

A volta pela ilha é algo que todo mundo precisa fazer! Cada cantinho desse paraíso tem uma beleza particular, e que dificilmente você encontrará por aí! Caso não queira ter seu próprio meio de locomoção, também existe a possibilidade de pagar por uma “chiva” para dar a volta na ilha, que é uma espécie de caminhão aberto – muito simpático com suas cores vibrantes.

Parece ou não parece um cavalo marinho?

A colorida chiva, que dá a volta na ilha com os turistas

El Acuario

O paraíso chamado El Acuario é uma ilhota que mais parece uma piscina, com água límpida e tranquila. O lugar tem o inconveniente de ser cheio de turistas, mas também é rodeado pelos mais variados tipos de peixes – que nadam livremente na água cristalina, criando um exuberante aquário natural e sem animais em cativeiro!

Dica: olhe ao redor e tente se afastar da aglomeração de pessoas. Garanto que irá aproveitar muito mais o seu passeio e a natureza!

Apesar de ser bastante bagunçado, pelo número grande de turistas passando por lá, a ilha de El Acuario tem estrutura para aluguel de equipamentos, banheiro, guarda-volumes e uma pequena lanchonete.

Infelizmente, o local peca nos quesitos limpeza e cuidado e preservação da natureza. Então, acho que é nosso dever, como apreciadores, tomar certos cuidados para que isso tudo continue existindo!

Mar cristalino em El Acuario, ilhota de San Andrés
O mar cristalino em El Acuario – devemos preservar para mantê-lo assim!

Haynes Cay

Logo ao lado do Aquário, você vai ver mais uma ilhota que não chama tanta atenção, mas também é muito bonita e vale conhecer. Essa ilha se chama Haynes Cay e é possível andar ou nadar até lá (são apenas 200 metros em uma água bem rasinha). Se estiver querendo fazer o trajeto de pedalinho, por 5 mil pesos colombianos você tem essa opção!

O mar dessa área é impressionante visto de fora, e ainda mais belo visto de dentro. A água cristalina é ideal para praticar snorkel – quase obrigatório!

Algumas dicas importantes

  • Cuide da natureza! Carregue seu lixo e seja cuidadoso com os animais – precisamos cuidar para que este paraíso sempre exista para nós!
  • Leve um sapato próprio para entrar na água. Se você não tem essas sapatilhas de esportes aquáticos, considere usar um Crocs. Essa dica, aliás, vale para vários outros lugares da ilha. Eu não consegui curtir 100% em alguns momentos porque mal conseguia andar descalça (no Aquário, os arrecifes são cheios de ouriços do mar).
  • Se tem um dia para carregar todo seu estoque de protetor solar, esse é o dia! O sol pega para valer e não tem muito como se esconder!
  • Você pode alugar uma máscara, mas se tiver seu próprio equipamento, leve! Porque, quando digo máscara, é – literalmente – só a máscara, sem o tubo que completa o equipamento. Eu não sabia disso e tive que alugar lá mesmo (5 mil pesos colombianos).
Snorkel no mar do Caribe - uma ótima forma de ver peixinhos e corais na região do mar das sete cores. Mergulhadora com máscara e tubo tira foto embaixo d'água.
Snorkel no mar do Caribe – imperdível!

Johnny Cay

Johnny Cay – os locais pronunciam Johnny “Qui” – é uma pequena ilha que pode ser avistada na frente da Praia Peatonal ou Spratt Bight, a principal e mais popular praia de San Andrés.

A Johnny Cay tem a visitação controlada, você vai precisar pagar uma pequena taxa de 5 mil pesos colombianos no momento do desembarque.

Repleta de palmeiras, com uma areia branca que deixa o azul do mar ainda mais vibrante. A ilha é bem pequena e pode ser percorrida em uma breve caminhada. Existe apenas um lado com faixa de areia, onde os barcos turísticos chegam e onde todos podem se banhar.

O restante é repleto de piscinas naturais com pedras e arrecifes que formam um cenário paradisíaco, daqueles que parecem uma pintura.

Vista de parte da ilhota Johnny Cay, com mar de cores impressionantes, água limpa e faixa de areia com palmeiras verdinhas.
A linda Johnny Cay

No meio da ilha, há banheiros pagos e diversos quiosques que vendem comidas típicas a um preço razoável. Porém, eu preferi curtir a praia e deixar para comer mais tarde – recomendo levar umas comidinhas na bolsa, se quiser economizar.

É um lugar excepcionalmente lindo, que vale a pena conhecer mesmo com toda a muvuca, mas fiquei bem triste ao ver tamanho descaso em um lugar onde a natureza é tão generosa. Confesso que raras vezes me irritei tanto com o abuso dos turistas. Infelizmente, tem muito lixo espalhado por todas as partes, inclusive dentro do mar.

Esse é um ponto turístico clássico de San Andres, que, normalmente, é vendido junto com o Aquário Natural. Completando um passeio de um dia inteiro por apenas 15 mil pesos colombianos – eu negociei e consegui por 12 mil pesos, muito barato! #FicaADica

Barco chegando na ilhota Johnny Cay, um dos principais pontos turísticos da ilha de San Andrés.
Chega ser difícil descrever a beleza desse lugar, é realmente estonteante!

Não esqueça do seu Seguro Viagem, hein!

E nós temos uma ótima ajuda para você! Use o Cupom DICASDEVIAGEM5 e pague em boleto para descolar 10% de desconto. Com o SegurosPromo você garante as melhores seguradoras do mercado, pelo melhor preço!

Seguro Viagem: America Central
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 9/dia*
AC 35 INTER + TELEMEDICINA AC 35 INTER + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

West View

O West View é um pequeno parque ecológico localizado no lado mais tranquilo de San Andrés. É uma ótima opção pra quem quer umas horinhas de diversão no meio da “árdua” jornada entre uma praia paradisíaca e outra. 😉

O local tem um trampolim que alcança até 10 metros de altura dependendo da maré, e um tobogã muito divertido que desemboca em uma piscina natural lotada de peixes e belos corais.

O lugar também é perfeito para fazer snorkel. Isso porque os visitantes sempre atiram um pouco de comida para os peixes, que não se intimidam nem um pouco com quem está nadando.

Colunista Patrícia em pulo do trampolim de West View direto no mar do Caribe, com água límpida e de cores incríveis.
Pulo do trampolim de West View!

O parque abre às 9h e a taxa de entrada é de 4 mil pesos colombianos. Recomendo ir cedo ou no fim da tarde para pegar o parque um pouco mais vazio. O local rende boas horas de diversão!

Dica bem bacana: no bar ao lado do West View, os donos fazem passeios de snorkel – o que eu descobri por acaso e foi incrível! Então, para quem curte apreciar os corais, vale a pena chegar lá e pedir.

Colunista Patrícia em foto antes de descer pelo tobogã de West View, em San Andrés, no caribe colombiano.
Descida pelo tobogã do parque em West View

Mergulho e Scubadive em San Andrés

Os corais de San Andrés são mundialmente conhecidos entre mergulhadores. Não é a toa que tem tanto gringo fazendo morada por lá só para se dedicar ao mergulho. O dia mais marcante da viagem foi o que tive o prazer de conhecer, ainda mais de perto as maravilhas caribenhas – é difícil resumir tamanha beleza em meras palavras!

A equipe que me atendeu foi o pessoal do Scuba San Andrés. Independente de você já ter mergulhado antes ou não, recomendo demais esse time de profissionais que deixou meu passeio ainda mais belo (se é que isso é possível)!

Corais do mar do Caribe em San Andrés, com peixinho camuflado próximo da areia.
Fotos não conseguem captar a beleza que é ver os corais de San Andrés pessoalmente

O centro de mergulho fica localizado dentro do Hotel Boutique Playa Tranquilo, onde me hospedei. É claro que não precisa estar hospedado no hotel para fazer o mergulho e, caso você não tenha como se locomover até lá, não se esqueça de avisar quando agendar seu mergulho, pois eles irão te buscar.

Eu não tenho certificado, mas já tinha feito mergulho várias vezes e esse foi de longe o melhor em termos de cuidado e profissionalismo dos instrutores. O Scuba San Andrés tem uma equipe super experiente e cuidadosa que deixa qualquer novato muito mais tranquilo – e livre, porque eles só fazem mergulho guiado se você quiser, o que é ótimo!

Essa experiência, com certeza, vai fazer você perceber que o mar das sete cores realmente faz jus ao nome! #superrecomendo

Instrutor de mergulho embaixo d'água, em área de oceano aberto do mar caribenho.
Moisés, o mestre do mergulho, me dando “bronca” debaixo d’água para vir embora e parar de tirar fotos! hehe

Onde ficar em San Andres

$ – Econômico | $$ – Médio/Bom custo-benefício | $$$ – Sofisticado/Luxo

Não faltam variedades de onde ficar em San Andres, desde hostels mais simples e baratos até hotéis mais requintados. Selecionei alguns hotéis que valem a pena a reserva, incluindo o que eu fiquei: o Hotel Boutique Playa Tranquilo, no lado oeste da ilha.

Escolher onde ficar em San Andres depende do seu estilo de viagem. North End é indicada para quem gosta de agito e de ter tudo perto. San Luis e Sound Bay são locais com praias mais vazias. Já West View e Piscinita são áreas para relaxar.

#Dica: os hotéis de San Andrés não costumam ser muito caros! Vale a pena conferir as categorias de preço médio ou até mesmo sofisticado – você pode se surpreender!

Nós, do Dicas de Viagem, selecionamos algumas outras opções para agradar viajantes de diferentes estilos 🙂 continue lendo para conferir!

>> Leia mais dicas no nosso Guia Completíssimo Onde ficar em San Andrés – as melhores regiões e hotéis econômicos a luxuosos!

Hotel Boutique Playa Tranquilo ($$)

Gostei muito do lugar onde fiquei e fui excepcionalmente bem atendida. O Hotel Boutique Playa Tranquilo tem atendimento diferenciado e é bem exclusivo – com pouquíssimos quartos de preços variados e um ambiente tão agradável que faz você se sentir em casa.

O Playa Tranquilo, como o próprio nome sugere, está localizado no lado mais tranquilo e bonito da ilha, onde o único barulho que se escuta é o som da natureza. Acordei todos os dias com água de coco recém-tirada do pé e servida por um senhor muito simpático que cuidava do jardim.

Veja os preços e disponibilidade do Hotel Boutique Playa Tranquilo clicando aqui, no Booking.com

Placa do Hotel Boutique Playa Tranquilo, com mar e palmeiras ao fundo.
Hotel Boutique Playa Tranquilo
Vista da piscina do hotel, com estátua de Buda e área verde em volta.
Piscina do hotel, onde também é feito um treinamento antes do mergulho com o Scuba San Andrés
Casa para locação no Hotel Boutique Playa Tranquilo
O hotel também dispõe de uma casa inteira para alugar, perfeito para quem viaja em família ou um grupo grande de pessoas

Casa Tamarindo ($$)

Que tal uma casa particular inteirinha para você, seus amigos ou familiares? A Tamarindo é uma das opções mais bem avaliadas de San Andres pelo Booking. Ela tem três quartos e acomoda seis pessoas. É uma excelente opção para quem busca uma hospedagem custo-benefício e independente.

Veja os preços e disponibilidade da Casa Tamarindo clicando aqui, no Booking.com

Cama da casa Tamarindo, hospedagem na ilha de San Andrés
Cama de casal na suíte Tamarindo
Cozinha da casa Tamarindo
Cozinha da casa Tamarindo

Solymar Sarie Bay ($$)

Solymar Sarie Bay é uma ótima opção custo-benefício em uma das melhores localizações de San Andres, ao lado do centro e de Spratt Bight. A hospedagem ainda dispões de piscina, hidromassagem, Wi-Fi gratuito, ar-condicionado, TV e banheiro privativo. Além disso, oferece cozinha compartilhada.

Veja os preços e disponibilidade do Solymar Sarie Bay clicando aqui, no Booking.com

Vista de piscina do Solymar Sarie Bay
Piscina do Solymar Sarie Bay
Quarto de casal do Solymar Sarie Bay
Quarto do Solymar Sarie Bay

Caribbean Island Hotel ($$)

O Caribbean Island Hotel é muito bem localizado, a 100 metros de bons restaurantes da ilha e da praia principal (Spratt Bight). Todos os apartamentos tem ar-condicionado, banheiro privativo, uma mini-cozinha e conta com recepção 24 horas. Para ficar em um quarto com vista para o mar, opte pelo Quarto Duplo Superior com Vista do Mar.

Veja os preços e disponibilidade do Caribbean Island Hotel clicando aqui, no Booking.com

Área comum principal do hotel Caribbean Island, com paredes brancas e poltronas coloridas.
Área comum do Hotel Caribbean Island
Quarto do Caribbean Island Hotel com vista para o mar
Quarto Duplo Superior com Vista do Mar. Foto: divulgação

Hotel Casablanca ($$$)

Em frente à praia e rodeado de palmeiras, o Hotel Casablanca tem um típico astral caribenho. O hotel tem quatro restaurantes, piscina ao ar livre e todos os quartos tem terraço, ar-condicionado e TV. É uma excelente opção para casais e famílias que buscam conforto e sossego em frente à praia.

Veja os preços e disponibilidade do Hotel Casablanca clicando aqui, no Booking.com

Quarto com cama de casal no Hotel CasaBlanca em San Andrés, Colômbia
Quarto de casal no Hotel Casablanca
Piscina do Hotel CasaBlanca
Piscina do hotel

Villa Maru ($$$)

A Villa Maru parece mais uma casa de praia luxuosa do que um hotel em si em San Andres. A piscina ao ar livre, apartamentos bem iluminados, com ar-condicionado e decoração moderna são os destaques da Villa Maru. A localização é outro ponto forte, já que fica a apenas 10 minutos a pé do centrinho. 

Algumas suítes tem vistas para o mar e banheiras de hidromassagem na varanda. Além disso, o hotel serve um café continental, com frutas e café colombiano (delícia!), todos os dias.

Veja os preços e disponibilidade do Villa Maru clicando aqui, no Booking.com

Villa Maru Hotel em San Andrés, Colômbia
Foto: Villa Maru – Foto: divulgação
Foto: Villa Maru. – Foto: divulagação

Decameron Isleño – All Inclusive ($$$)

A rede de hotéis Decameron oferece diversos tipos de propriedades em San Andrés. A mais luxuosa delas é a Decameron Isleño, que oferece pacotes All Inclusive em um mega resort em frente ao mar. Além de ficar ao lado da praia, também fica muito perto do centrinho comercial.

Mesmo assim, talvez você nem queira sair do hotel para conseguir curtir toda a infra-estrutura que ele oferece: piscina, academia, SPA, esportes aquáticos, restaurantes, entre diversas outras opções. É uma ótima opção para famílias, grupos de amigos e casais que querem curtir ao máximo em frente à praia.

Veja os preços e disponibilidade do Decameron Isleño clicando aqui, no Booking.com

Piscina do Decameron Isleño
Piscina do Decameron Isleño
Quarto do Decameron Isleño
Quarto do Decameron Isleño

Quer encontrar boas ofertas de hotéis em San Andrés?

Veja os descontos que estão rolando apenas HOJE no Booking.com

Booking.com

Dicas gerais antes de ir para San Andrés

Identidade ou passaporte?

A Colômbia – assim como Argentina, Uruguai, Paraguai, Equador, Chile, Peru, Bolívia e Venezuela – não exige passaporte dos brasileiros que visitam o país. Portanto, com o RG você pode viajar sem preocupações. Mas é importante considerar a que a cédula deve estar em bom estado e com uma foto reconhecível.

Se você viajar sem passaporte e precisar fazer conexão em algum país que exige o documento (muitos voos para Colômbia fazem parada no Panamá, por exemplo), isso não será um problema. Pois você não vai precisar passar pela imigração neste país. No entanto, é sempre bom conferir quantas horas de espera terá entre um voo e outro, ou se não há troca de aeroporto.

Importante: embora seja permitido, quando você opta por viajar só com a identidade, também fica à mercê de ter uma dorzinha de cabeça caso certos imprevistos aconteçam, como perder uma conexão e ter que dormir no país de escala, por exemplo.

Mãos segurando passaporte brasileiro. Foto de Senado Federal via Flickr.
Passaporte brasileiro

Que moeda levar para San Andres?

A moeda oficial de San Andrés é a mesma do resto da Colômbia, o peso colombiano, mas o dólar também é amplamente aceito por lá. Fique atento, porém, às cotações, que desfavorecem o turista na maioria das vezes. No entanto, com o alto valor e a instabilidade do dólar, está sendo mais vantajoso levar reais e trocar diretamente por pesos colombianos nas casas de câmbio de lá.*

Como eu já estaria na Colômbia antes de ir para San Andrés, fiz uma pesquisa da taxa de conversão em uma casa de câmbio da cidade de Medellín antes mesmo de sair do Brasil. Minha dica é que você faça o mesmo, pois a diferença pode ser bem considerável! Não são todas as casas de câmbio que trocam reais, mas seguramente irá encontrar algumas opções.

*Dados da cotação de maio/2018. Confira sempre a cotação da época em que estiver planejando viajar!

Qual companhia aérea é mais barata?

A companhia aérea de baixo custo (a famosa low cost) da Colômbia é a Viva Colômbia – os preços são realmente muito atraentes! No entanto, é importante levar em consideração as restrições da companhia, que controla o peso e o volume das bagagens de forma bem restrita – é assim que eles lucram em cima dos preços tão abaixo dos concorrentes.

A dica é levar algumas peças de roupa e acessórios mais volumosos no corpo mesmo, para aliviar o tamanho da bagagem. Também é fundamental lembrar de imprimir seu bilhete com pelo menos duas horas de antecedência, pois, se você precisar fazer o check-in no balcão da companhia, eles cobram o equivalente a R$ 30 por um mero pedacinho de papel.

Outra dica é procurar por preços de voos em promoção pelo site do Passagens Promo. Você pode conseguir descontos de até 35% off no valor! Nós usamos e recomendamos – vale a pena pesquisar por lá!

Gostou das nossas dicas de San Andres na Colômbia? Conta aqui pra gente.

O que você PRECISA saber ANTES de ir para San Andrés

Você está cheio de coisas para pensar e ainda tem que planejar a viagem inteira?

Ou você já viu tudo, mas está com aquela conhecida sensação “Será que esqueci alguma coisa?” Então calma, nós te ajudamos com alguns itens que você não pode esquecer antes de embarcar. Vamos lá?

1) Já comprou sua passagem aérea? 

Onde Comprar: PASSAGENS PROMO

Procurando uma boa oferta e preços de voos? Na hora de comprar passagens para San Andrés, vale dar uma olhadinha no site Passagens Promo. É bem comum encontrar opções de voo mais em conta e melhores que de outros sites. Nós sempre usamos e vale a pena 😉

2) Já marcou sua hospedagem?

Onde Comprar: BOOKING.COM

Se você ainda não marcou sua hospedagem, a dica é comparar hotéis, hostels e pousadas através do Booking.com. Essa é a maior plataforma de reservas de hotéis do mundo, garantindo uma experiência segura e ótimas ofertas em acomodações.

#FicaADica: Fique de olho nas ‘Ofertas Espertas’, que duram apenas um dia. Alguns hotéis incríveis oferecem ótimos desconto usando este selo na plataforma. Se encontrar um bom negócio, vale fechar 🙂 

Booking.com

3) Seguro Viagem é INDISPENSÁVEL 

Onde Comprar: SEGUROS PROMO

Já pensou ter que pagar despesas médicas ou precisar desembolsar fortunas por contratempos na viagem? Nós já soubemos de diversos casos de pessoas que passaram por isso.

Apesar do seguro viagem não ser obrigatório para entrar em San Andrés, a contratação de um plano é altamente recomendada. O Seguro Viagem é baratinho e um investimento necessário para te livrar de problemas maiores que podem acontecer durante as férias. 

Para encontrar um bom seguro viagem, compare preços e coberturas no Seguros Promo.

#FicaADica: Economize 10% em seu seguro viagem. Use o cupom DICASDEVIAGEM5 para ganhar 5% de desconto e pague no boleto para garantir 5% OFF adicional.

Seguro Viagem: America Central
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 9/dia*
AC 35 INTER + TELEMEDICINA AC 35 INTER + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

4) Como ter internet ilimitada durante a viagem

Onde Comprar: EASYSIM4U

Você sabia que está cada vez mais fácil – e barato – ter internet ilimitada durante toda a viagem? 

É só pedir um chip de celular internacional através da EASYSIM4U. Nós sempre usamos e adoramos! Eles enviam um chip em seu endereço no Brasil, você insere no seu celular quando chega no destino e tem internet ilimitada durante toda a viagem.

#FicaADica: Economize com o aluguel de GPS no carro e use o GoogleMaps e Waze com sua internet ilimitada 😉

5) Alugue carros com os melhores preços

Onde Alugar: RENTCARS

Gostamos muito da RentCars para encontrar os carros que usamos em nossas viagens. Ela é a única no Brasil que compara as melhores locadoras do mundo, mas te deixa pagar em reais, sem IOF. Além disso, também é a única que deixa você pagar em 12x sem juros. Vale a pena investir, caso precise de um carro na Colômbia!

#FicaADica: Tente encontrar carros com a cobertura completa de seguro para o carro e terceiros. Assim, você evita surpresas inoportunas na hora de retirar o carro.

Além disso, fique muito esperto ao fechar com outros comparativos de locadoras de carro. Isso porque os preços geralmente são cobrados em dólar e fecham com o seu cartão. Se o dólar subir, o preço do seu aluguel de carro também sobe.

Obs:  Prezamos muito pela credibilidade de nossas informações. Todos os sites que recomendamos acima são sites que já usamos, temos boas experiências e feedbacks de leitores!

Além disso, vale a pena conferir outras informações úteis para sua viagem para San Andrés

Leia Também

Cartagena Colômbia – Um Guia completo para planejar sua viagem

Ilha de Proviência no Caribe Colombiano

lhas do Caribe – 7 ilhas que você precisa conhecer um dia

Viagem para Jamaica – O paraíso caribenho