Em agosto de 2014 fiz um mochilão de 7 semanas pela América Central, e uma das coisas que mais gostei de fazer foi descer um vulcão de “skibunda”.
O vulcão Cerro Negro é um dos vulcões mais ativos da Nicarágua, com 23 erupções desde o seu nascimento em 1850.
Para fazer esse passeio, precisei ir até uma cidadezinha chamada León. A cidade não tem muita coisa, e praticamente todo mundo que
conheci no albergue estava ali pelo mesmo motivo. Lá é o único lugar no mundo onde você pode descer um vulcão ativo sentado numa prancha.
Essa atividade está em segundo lugar em uma lista de coisas que “desafiam a morte” no site da CNN. Foi mal, mãe!  🙂
Não precisei reservar a minha vaga no tour com muita antecedência, paguei pelo passeio num dia, e no dia seguinte de manhã já estava dentro de uma van indo para um dos lugares mais legais que já visitei.
A estrada era péssima, e a viagem em si para o vulcão já estava sendo emocionante de tanto que a van pulava quando passava pelos buracos! Quando estávamos chegando perto e vi o vulcão de longe, meu coração começou a acelerar de medo e ansiedade.
O vulcão é super íngreme e subir segurando uma prancha não foi fácil, mesmo estando acostumada a fazer trilhas. O vento também não estava colaborando e a sensação que eu tive era de que ia sair voando a qualquer momento.
vulcão Cerro Negro Nicaragua
vulcão Cerro Negro Nicaragua
vulcão Cerro Negro Nicaragua
Chegando no topo, fomos à uma parte do vulcão onde dá pra ver a fumaça saindo, e eu de tênis consegui senti o calor nos meus pés. Pena que eu não levei nenhum marshmallow pra tostar no calor do vulcão! O guia nos deu macacões, óculos de proteção e também as instruções para descer.
Pois bem, minha vez chegou e o nervoso era tanto que tive que respirar fundo umas 15 vezes. A pranchinha pega uma velocidade absurda, podendo chegar até 80 KM/h, e a quantidade de pedra que eu comi no caminho não tá no gibi!
vulcão Cerro Negro
vulcão Cerro Negro
vulcão Cerro Negro
A descida dura mais ou menos um minuto, mas esse minuto foi sem dúvida um dos mais intensos da minha vida! Quando cheguei lá embaixo, nem parecia que eu estava usando um macacão durante a descida. Fiquei completamente coberta de cinza!
vulcão Cerro Negro
Apesar de quase ter um ataque cardíaco de nervoso, comer pedra e me sujar toda, tive um dia sensacional!!! Descer o vulcão Cerro Negro deveria estar na lista de todo mochileiro!
E vocês, qual foi a atividade mais exótica que já fizeram?