Eu sou uma pessoa medrosa por natureza, e viajar tem sido a minha terapia. No passado eu usava a palavra “nunca” com bastante frequência e tudo que envolvia sair da minha zona de conforto me assustava.

Saltar de um avião a 14.000 pés de altura foi uma das coisas que mais me marcou nesses quase oito anos de estrada, e hoje vou contar um pouquinho mais sobre essa experiência libertadora.

Leia Mais:

Skydive na Austrália (Foto: Joanna Romano)

Skydiving é bem popular na Austrália, e durante a minha viagem pela costa leste Australiana acabei decidindo fazer, de tanto que ouvi falar. Praticamente todo mundo que esbarrei pelo caminho já havia feito ou estava para fazer.

É possível fazer Skydiving em diversos lugares na Austrália, mas eu optei por fazer o meu em Mission Beach por ser o único lugar em que você pousa na praia.

Nos dias que antecederam o salto eu tentei não pensar muito pra não ficar ansiosa e quando o tão esperado dia chegou, por incrível que pareça, eu estava bem calma.

Chegando no escritório da companhia de Skydive, tive que preencher um formulário e assistir um filminho com as instruções.

Meu coração deu uma leve acelerada quando chegou a vez do meu grupo de ir para o avião, mas o instrutor que ia ser meu par me deixou muito tranquila. O cara tinha mais de vinte anos de experiência e um tom de voz tão calmo que o nervoso passou no momento que ele me deu “oi”.

O voo até o ponto que saltamos durou mais ou menos vinte minutos e a vista da janela do avião era maravilhosa, com certeza o visual faz toda a diferença!

Eu fui a quarta a saltar, e a sensação mais doida que tive foi ao ver as pessoas que saltaram antes de mim simplesmente desaparecerem.

A minha vez chegou e não tive nem tempo para pensar no que eu estava para fazer. É tudo tão rápido que o cérebro não acompanha, quando me dei conta já estava caindo.

A queda livre durou mais ou menos um minuto, e sem a menor dúvida posso afirmar que esse foi o minuto mais longo da minha vida.

Estar ali fazendo algo que tantas vezes falei que nunca faria me deixou tão feliz que eu não parava de gritar “uhuuuuu”!

O paraquedas abriu e eu fiquei admirando aquela vista sensacional enquanto conversava com o instrutor. Ficamos voando por mais uns cinco minutos.

O pouso foi bem sutil e ao pousar, dei um mega abraço no instrutor de tão eufórica que eu estava!
Agora, toda vez que eu penso em ter medo de alguma coisa, lembro logo desse dia. Se eu consegui saltar de um avião tendo pavor de altura, consigo fazer qualquer coisa!

Quanto custa:

Aproximadamente AUD$ 335

Mais informações:

Wicked Travel