Descubra qual é a melhor época para conhecer a cidade, como tirar o visto, o que você não pode perder por lá, indicações de restaurantes, hotéis, e mais pelo nosso time de colunistas especialistas na cidade.

Vancouver é uma cidade que encanta pela sua beleza natural, abundância de fauna (como um habitat natural de baleias a meia hora do centro da cidade) e flora (com um dos maiores parques urbanos, impecáveis e florestas infinitas de pinheiros).

Também pelo centro urbano, com uma cidade moderna, exemplo em sustentabilidade, ótima qualidade de vida, polo de tecnologia e ainda o terceiro maior centro de produção e sets de filmagens da América do Norte – atrás apenas de Hollywood e NYC.

Confesso que o Canadá nunca esteve no topo da minha lista de prioridades de viagem, já que sou assídua de férias com praia e calor. Felizmente, a vida me levou para lá, para fazer o processo de migração da minha cachorrinha para a Austrália quando fui morar em Perth.

Aproveitei também para visitar meu irmão que mora lá há alguns anos. E que surpresa boa que foi conhecer melhor toda a Columbia Britânica durante os 45 dias que fiquei no país. Agora, compartilho tudo com vocês em um guia completo da cidade e arredores.

O que fazer em Vancouver

A Capilano Bridge em Vancouver - uma das minhas atrações preferidas
A Capilano Bridge em Vancouver – uma das minhas atrações preferidas – Foto: Virginia Falanghe

A cidade tem milhares de atrações para diferentes tipos de viajantes. Entre as minhas atrações preferidas, estão ver as baleias orcas, visitar o Capilano Bridge, dar uma volta de bike pelo Stanley Park, conhecer o Van Dussel Botanical Garden e o Queen Elizabeth Park, além de passear no Grouse Mountain e almoçar em Granville Island.

Abaixo eu falo um pouco mais sobre algumas das principais atrações da cidade, confira:

Vancouver Art Museum

O principal centro de artes da cidade. Ele recebe diversas exposições temporárias e sempre tem amostrar interessantes para ver. Quando eu fui, estava com uma linda exposição dos jardins de Van Gogh.

Van Dussel Botanical Park

VanDusel Botanical Gardens, que fica nos subúrbios de Vancouver. Foto: Virginia Falanghe
Van Dusel Botanical Gardens fica nos subúrbios de Vancouver. – Foto: Virginia Falanghe

O maior parque botânico da cidade vale a pena. Os jardins são lindos, super bem cuidados e ainda tem um labirinto de cerca-viva muito lindo! 

Grouse Mountain

Grouse Mountain, em Vancouver. Foto: Virginia Falanghe
Grouse Mountain, em Vancouver. – Foto: Virginia Falanghe

A Grouse Mountain é um polo de atividades ao ar livre perto da cidade. É possível fazer um trekking para subir à montanha ou pegar um bonde que leva ao topo para praticar esqui, snow ou até tirolesa (nos meses de verão).

Deep Cove

Deep Cove
Deep Cove – Foto: Virgínia Falanghe

A menos de 30 minutos de carro de downtown em Vancouver, Deep Cove é parada indispensável para os amantes de trekking e atividades aquáticas. A baia protegida é perfeita para passeios de caiaques e stand up paddles, com vista para as montanhas da região.

Em terra firme, uma trilha leva à ponta da baia para uma vista panorâmica deste oásis escondido nos arredores de Vancouver. No pequeno centro comercial, cafés e restaurantes com mesas ao ar livre encantam os transeuntes, e lojas de artesanato local abrem as portas aos visitantes.

Uma boa opção é chegar de manhã para fazer as atividades ao ar livre e depois descansar e almoçar nos restaurantes do centrinho. Fazer as reservas antecipadas dos caiaques e stand up paddle é uma excelente dica, já que o local é concorrido principalmente nos fins de semana.

Stanley Park

Pôr do sol em Third Beach, Stanley Park - Foto: Virgínia Falanghe
Pôr do sol em Third Beach, Stanley Park – Foto: Virgínia Falanghe

Um dos maiores parques urbanos do mundo e o mais importante de Vancouver, o Stanley Park, é um dos melhores lugares da cidade para um passeio de bicicleta, a pé ou para apreciar o entardecer na primavera e verão. O sol se põe no oceano e um verdadeiro espetáculo de cores acontece no fim da tarde. Uma ótima dica é fazer um piquenique para aproveitar ainda mais este momento.

As vistas do Stanley Park também são encantadoras. Na ponta da península de downtown, ele contempla os quatro lados que circulam Vancouver. Ao norte, a vista da Lyon’s Gate Bridge, um marco da cidade. Ao sul ficam as praias com vista para o canal. De leste a oeste, são 400 hectares de florestas preservadas, trilhas, campos de esporte, árvores centenárias e lagos que compõe o cenário.

Além disso, uma volta de bicicleta é um dos passeios indispensáveis de Vancouver. Existem diversas lojas de aluguel próximas a entrada do parque. E ainda dentro do Stanley Park, fica o Vancouver Aquarium, que detém mais de 50 mil espécies de vida marinha e projetos de conservação dos oceanos.

Vancouver Aquarium

Não sou nada fã de aquários e zoológicos, nem de nenhuma atração que tranque ou maltrate os animais selvagens para o entretenimento humano. Porém, o Aquário de Vancouver é completamente fora deste padrão e dá um show quando o assunto é meio ambiente.

No aquário eles resgatam animais marinhos em risco de vida e os cuidam para colocá-los de volta ao mar. Além disso, eles dão diversos workshops e palestras que conscientizam sobre a natureza.

Orla de corrida entre Yaletown e English Bay

Entre Yaletown e English Bay fica uma linda orla e ciclovia que vale a pena conhecer. Dar uma corridinha ali é uma ótima pedida.

Leia todas nossas dicas:

Onde ficar em Vancouver

Ficar em Downtown é sinônimo de fazer tudo a pé ou transporte público. Ainda tem as melhores lojas, shoppings e restaurantes do ladinho e esta a poucas quadras do Stanley Park. Porém, a hospedagem em Downtown pode sair um pouco cara para quem vai ficar muito tempo por lá.

Não fique em Chinatown, principalmente na Hastings St. Esta é uma região perigosa da cidade.North e West Vancouver são bairros lindos e muito verdes. Ficam pertinho dos parques de Capilano, Grouse Mountain e Lynn Valley. Porém, fica a 30 minutinhos de Downtown de carro. Se depender de transporte público, não vale a pena ficar por lá, já que você vai perder horas de ônibus para chegar no centro.

Pertinho de Downtown, os bairros Kitsilano, Mt Pleasant e East Side são uma ótima opção para quem procura uma hospedagem mais barata e ainda a poucos quilômetros do centro. Lá tem acomodações super charmosas e são bairros bem residenciais, onde a maioria dos canadenses vivem.

Hotéis em Vancouver

Blue Horizon Hotel, diárias custo-benefício e vista para o mar, no coração de Downtown.
Clique na imagem e faça sua reserva no Blue Horizon Hotel

Abaixo você confira algumas indicações das melhores opções de hotéis em Vancouver dentro dos bairros citados acima. Vale a pena conferir cada uma delas e comparar qual é a melhor hospedagem de acordo com seu estilo de viagem:

Veja todas as opções de hotéis em Vancouver.

Aluguel de temporada em Vancouver

Sonder at Revival
Clique na imagem e faça sua reserva no Sonder at Revival

Se quiser uma opção mais reservada e independente, uma boa ideia é optar pelos apartamentos e casas de aluguel de temporada em Vancouver. São ambientes super confortáveis com boa localização e bastante espaço. Confira a seguir:

Veja todas as opções de aluguel de temporada em Vancouver.

Onde comer em Vancouver

Gainsville Island, parada indispensável para um almocinho em Vancouver.
Gainsville Island, parada indispensável para um almocinho em Vancouver.

Se tem um lugar imperdível para comer na cidade é em Granville Island. A ilha, que fica embaixo da Grandville Bridge, tem diversas opções de restaurantes, mercados e até lojinhas de artesanato e atividades para adultos e crianças.

Visitar a cidade também é sinônimo comer muita comida japonesa e frutos do mar! Sim, comida japonesa por lá é bem barato e é deliciosa. Isso porque o salmão é fresquinho. Vale experimentar o salmão selvagem, pescado nas águas da região.

Melhores restaurante em Vancouver

Em Yellowtown ficam os restaurantes e bares mais boêmios de Downtown. Vale passear pela Hamilton St e descobrir um dos restaurantes que lhe agradem. O Rodney’s Oyster House é uma delicia para quem adora frutos do mar.

Para quem gosta de carne, o The Keg Steakhouse é um dos mais famosos da cidade. Já para um happy hour descolado, visite o The Cactus Club em English Bay para assistir ao pôr do sol e curtir os drinks e os deliciosos pratos e petiscos do restaurante. O happy hour acontece das 15h às 18h ou depois das 21h todos os dias.

De sobremesa, não deixe de passar na fábrica Rocky Mountain Chocolate na Robson St. O cheiro delicioso de chocolate sendo feito já vai te chamar para entrar na loja e experimentar a deliciosa maça caramelizada que eles servem.

Veja abaixo algumas das principais indicações de restaurante em Vancouver:

  • Granville Island
  • Rodney’s Oyster House
  • The Keg Steakhouse
  • The Cactus Club
  • Rocky Mnt Chocolate

Onde fazer compras em Vancouver

Outlet MacArthur Glen em Vancouver
Outlet MacArthur Glen em Vancouver

Vancouver é perfeita para quem quer fazer compras. O dólar canadense deixa tudo mais acessível, já que é mais econômico que o dólar norte americano. Para quem quer lojas bacanas e ótimos preços, vale a pena conhecer o Outlet McArthurGlen Design.

Já para quem quer conhecer o maior shopping da região, dirija até Burnaby e passe horas dentro do Metropolis Metrotown.

Na famosa Robson St., em Downtown, ficam as principais marcas de luxo. Vale a pena passar na loja da Tesla para conferir os incríveis carros de Elon Musk. Tem também outras acessíveis, como a Forever 21 e Victoria Secret.

Clima em Vancouver

O clima oceânico de Vancouver faz com que ela seja a segunda cidade com a temperatura mais alta do país – atrás apenas de Victoria. O inverno não é tão rigoroso como em outras cidades do Canadá e o verão tem temperaturas altas.

Qual é a melhor época para ir?

Existem duas épocas predominantes que oferecem passeios e experiências diferentes que valem a pena conhecer:

Uma das atrações de Vancouver, a Cleveland Dam. Foto: Virginia Falanghe
Uma das atrações de Vancouver, a Cleveland Dam. – Foto: Virginia Falanghe

Maio a Agosto

Esta é a melhor época definitivamente.

A estação de seca do ano permite que você conheça a cidade com temperaturas amenas. Ainda dá pra ver um pouco de neve, se for em Maio, e curtir ao máximo as atividades ao ar livre, como trekkings, cachoeiras e montanhas.

Setembro a Abril

A cidade é conhecida por ter as melhores temperaturas do Canadá no inverno. Por lá, a mínima que você vai encontrar é por volta de 0º C. Porém, chove praticamente todos os dias nestes seis meses do ano.

Por outro lado, é possível esquiar em Whistler ou ver a Aurora Boreal nas Rocky Mountains e em outras cidades nos arredores nesta época do ano.

Quantos dias ficar em Vancouver?

Uma semana na cidade é suficiente para conhecer as principais atrações, mas fazer um intercâmbio no Canadá e ficar por mais tempo também é uma ótima ideia.

Como chegar em Vancouver

avião da companhia Air Canada
Foto: Site Oficial Air Canada

Vancouver tem apenas um aeroporto principal, o Vancouver International Airport. Partindo de São Paulo, são cerca de 16 horas de voo para o destino, com uma escala em Toronto, no Canadá, ou nos Estados Unidos ou no México.

As principais companhias que levam até a cidade são a Air Canadá – a mais indicada, a Delta e a United. Você pode conferir nossa experiência completa sobre como é voar na Air Canada, caso nunca tenha ouvido falar dessa companhia aérea.

Transporte em Vancouver

Em Vancouver, o sistema de transporte público é ótimo e eficiente. Porém, a melhor forma de conhecer além do centro é alugar um carro para conhecer as áreas protegidas e parques da Columbia Britânica e Alberta. Assim, o veículo possibilita mais flexibilidade de tempo e uma viagem no ritmo de cada pessoa.

Dirigir para o norte, leste ou sul de Vancouver é ter a certeza de se deparar com estradas cênicas que parecem retiradas de set de filmes. Para o norte, a rodovia BC-99, nomeada “Sea To Sky Highway Route” (tradução: Rodovia Mar para Céu), leva a Squamish e Whistler pela beira da costa litorânea, em uma surpreendente viagem cheia de curvas e paisagens com montanhas nevadas que se juntam ao oceano.

A estrada é considerada uma das mais bonitas do mundo. Ao sudoeste, uma balsa leva os visitantes à ilha de Vancouver, na qual ficam cidades como Victoria e Tofino. Por lá, as baleias orcas costumam dar shows em seus habitats naturais. Ao leste, as maravilhosas Rocky Mountains encantam com seus lagos fascinantes e rios com um azul cristalino turquesa de outro mundo.

Estacionamentos em Vancouver

Se você estiver hospedado em Downtown é bom saber que os estacionamentos são caros. O transporte público de Downtown é excelente e existem transfers que saem de lá para parques, como o Capilano ou a Montanha Grouse. Porém, caso o seu hotel providencie estacionamento grátis, ai vale a pena alugar um carro, até para explorar os arredores da região!

Como as hospedagens são muito caras em Downtown, eu aluguei um carro por 45 dias e fiquei no bairro de Kensington-Cedar. Isso me deu liberdade de conhecer ainda mais os arredores da cidade e aproveitar as belezas naturais.

Eu sempre recomendo alugar carro, já que te dá muita liberdade de conhecer o destino como você quer e economizar tempo.

Sustentabilidade em Vancouver

Vancouver é prova de que uma cidade pode crescer de forma próspera e sustentável. O foco no verde não fica apenas nos parques protegidos e no papel que a natureza exerce na cidade. Ele está na economia, no governo e no modo de vida da população.

Políticas públicas obrigam a reciclagem dos detritos de todas as residências e um plano de ação está em andamento para que ela se torne a cidade mais verde do mundo.

Em apenas oito anos, a Columbia Britânica dobrou as áreas protegidas da província para 13,8% do território, um dos percentuais mais altos da América do Norte. Todo este movimento verde não acontece à toa: o dia-a-dia de quem mora na cidade é uma verdadeira simbiose com a natureza. Existem infinitas opções de viagens e passeios para desfrutar a natureza da região mais ocidental do país.

Atividades ao ar livre estão entre as prediletas da população, faça chuva ou sol. Caiaques, veleiros e stand up paddles deixam as marinas diariamente e pontilham as tranquilas águas do Pacífico que contornam o centro.

Nas montanhas, a poucos minutos de distância dali, em North Vancouver, diversos aventureiros saem para dias de trilhas, corridas de aventura e passeios de mountain bikes.

Visto para o Canadá

Capilano Dam, no caminho para a Grouse Mountain e a Capilano em Vancouver
Capilano Dam, no caminho para a Grouse Mountain e a Capilano em Vancouver – Foto: Virginia Falanghe

Desde 2017 o governo canadense facilitou a entrada de brasileiros no país. Se você tiver um visto válido para os Estados Unidos, é possível fazer o processo de maneira rápida pela internet. É só tirar o visto através do eTA.

Se você não tiver o visto para os Estados Unidos, é preciso fazer a solicitação do visto pelo site do Centro de Solicitações de Visto do Canadá, no site oficial.

Como levar dinheiro para Vancouver?

É possível adquirir cartões pré-pagos (que pagam uma taxa mais cara na conversão, na maioria das vezes), utilizar o cartão de crédito do seu banco (que cobra IOF) ou levar dinheiro em cédulas.

Eu levei dinheiro em cédulas, já que não queria sofrer com a oscilação do câmbio, nem pagar taxas mais altas no pré-pago. Só lembrando, nunca ande com todo o seu dinheiro na rua. Deixe sempre uma quantia maior escondida em algum lugar seguro de seu quarto.

Seguro viagem para Vancouver

Contratar um seguro viagem para Vancouver é uma excelente forma de garantir uma viagem tranquila e evitar preocupações. Ter a assistência de um seguro te dá a paz que você precisa para curtir o destino e saber que tem apoio, caso seja necessário. Aproveite também nosso cupom de desconto Seguros Promo. – VER PREÇOS

Chip de internet no Canadá

Que tal passar toda sua temporada Canadá 100% conectado à internet? Com os chips de viagem internacionais isso é possível, e por preços super justos, que não pesam no bolso.

Confira as ofertas da America Chip e garanta agora mesmo internet para usar à vontade em Vancouver. Aproveite e confira nosso cupom de desconto America Chip. – VER PREÇOS

Passagens aéreas para Vancouver

Quer garantir uma passagem para Vancouver com preços super atrativos? Nós usamos a plataforma Passagens Promo para encontrar os voos mais em conta do mercado. Confira as promoções do dia e fique de olho para economizar na compra das suas passagens aéreas. – VER PREÇOS

Dúvidas frequentes

O que fazer em Vancouver?

Entre algumas das atrações preferidas de Vancouver estão ver as baleias orcas, visitar o Capilano Bridge, dar uma volta de bike pelo Stanley Park, conhecer o Van Dussel Botanical Garden e o Queen Elizabeth Park, passear no Grouse Mountain, e etc. Conheça mais sobre o que fazer em Vancouver.

Quais são os principais passeios em Vancouver?

Alguns dos principais passeios em Vancouver são:
Vancouver Art Museum;
Van Dussel Botanical Park;
Vancouver Aquarium;
Grouse Mountain;
Deep Cove;
Stanley Park… Confira outras opções de passeios em Vancouver.

Onde ficar em Vancouver?

A melhor região para ficar em Vancouver é em Downtown, onde estão as melhores lojas, shoppings e restaurantes, a poucas quadras do Stanley Park. Porém, a hospedagem em Downtown pode sair um pouco cara para quem vai ficar muito tempo por lá. Saiba mais sobre onde ficar em Vancouver.

Quais os melhores hotéis em Vancouver?

Alguns dos melhores hotéis em Vancouver são o Fairmont Pacific Rim Hotel, o Blue Horizon Hotel e o Pinnacle Hotel. Saiba mais detalhes sobre hotéis em Vancouver.

Quantos dias ficar em Vancouver?

Uma semana na cidade é suficiente para conhecer as principais atrações, mas fazer um intercâmbio no Canadá e ficar por mais tempo também é uma ótima ideia.

Como chegar em Vancouver?

Vancouver tem apenas um aeroporto principal, o Vancouver International Airport. Partindo de São Paulo, são cerca de 16 horas de voo para o destino, com uma escala em Toronto, no Canadá, ou nos Estados Unidos ou no México.

Quando ir para Vancouver?

Quem deseja conhecer Vancouver no inverno deve priorizar os meses de setembro a abril, quando a temperatura mínima chega 0º C. Já os meses de maio a agosto são perfeitos para quem deseja um clima mais ameno para curtir atividades ao ar livre.

Melhor época para ir a Vancouver?

A melhor época para ir a Vancouver é entre os meses de maio a agosto. A estação de seca permite temperaturas amenas para curtir ao máximo as atividades ao ar livre, como trekkings, cachoeiras e montanhas. Veja mais sobre quando ir para Vancouver.

Onde fica Vancouver?

Vancouver está localizada na província da Colúmbia Britânica, no Canadá.

Como se locomover em Vancouver?

A melhor opção é pegar o trem que sai de dentro do aeroporto e leva até Downtown. Porém, também é possível contratar um taxi ou pedir um uber. Além disso, as companhias de aluguel de carro também atuam dentro do aeroporto de Vancouver.