O primeiro roteiro de trem pelo mundo percorrerá a partir de agosto 3 continentes em 35 dias!

Volta ao mundo de trem?! Num roteiro bem amarradinho?! Sim, pela primeira vez será possível viajar por três continentes, num roteiro bem abrangente de 35 dias, a bordo de vagões reservados, com serviços de hospedagem e entretenimento, em Portugal, na França, na Rússia, no Canadá e nos Estados Unidos. Essa novidade partirá para a primeira viagem no dia 24 de agosto, deste ano, em Lisboa, Portugal. É uma excelente opção para as pessoas que querem conforto, roteiros prontos e contar com o mínimo de imprevistos e mudanças repentinas. A iniciativa é da TT Operadora Lufthansa City Center, especializada em programas turísticos ferroviários internacionais.

Rota da Volta ao Mundo de Trem

Rota da Volta ao Mundo de Trem

O roteiro começa em Lisboa, na estação Oriente, considerada um marco da arquitetura moderna, desenvolvida pelo renomado engenheiro espanhol, Santiago Calatrava. O trem, Sud Expresso, percorrerá um dos mais antigos caminhos ferroviários europeus, datado de 1887. E para colocar a primeira cereja do bolo desta viagem, que será recheada dessas frutinhas, na conexão em Hendaye, comuna francesa na fronteira com a Espanha, os viajantes degustarão um almoço no restaurante “Maison Eguiazabal“, um lugar simpático que existe desde 1923, onde é possível experimentar genuínos vinhos.
Já com o pé na França, o grupo embarcará rumo à Paris, no TGV (Train à Grande Vitesse), conhecido pela velocidade de mais de 320 km/h. Lá, apreciarão a gastronomia parisiense no restaurante da Torre de Montparnasse – de onde se tem uma vista 360 graus da cidade e, claro uma excelente forma de apreciar a Torre Eiffel e outros monumentos também.

volta ao mundo de trem

Trem TGV

Agora é a hora de dar o ar da graça no Expresso Paris-Moscou, que, desde 1896, mantém o título de uma das rotas transeuropeias mais longas, com 3.169 quilômetros. Enquanto atravessam cinco países em dois dias, os “desbravadores” descansarão bem nos vagões dormitórios e restaurante.
A partir de Moscou, a imersão histórica acontecerá no aniversário de exatos 100 anos da lendária Transiberiana, com mais de 9 mil quilômetros de extensão. Um jantar de boas-vindas será oferecido na capital russa, para detalhar o centenário da ferrovia. O trem seguirá com destino à Vladivostok, com paradas em algumas das áreas de mais difícil acesso do mundo, incluindo vilarejos típicos e mercados locais, às margens do místico Lago Baikal.

volta ao mundo de trem

Trem Transiberiano

No único trecho aéreo da viagem, os viajantes partirão de Vladivostok para desembarcar em Vancouver, no Canadá. Em 16 de setembro, a jornada de trem será retomada a bordo do luxuoso Rocky Montaineer e o clássico vagão panorâmico, ideal para observar as estonteantes montanhas rochosas canadenses e a cor esmeralda do Lake Louise. À beira dele, as pessoas ficarão por duas noites no Fairmont Chateau Lake Louise, único hotel às margens do Louise, dentro do Parque Nacional de Banff.

volta ao mundo de trem

Trem Rocky Mountaineer

Por uma das rodovias mais cênicas do mundo, a Icefields Parkway, os viajantes acessarão a estação de Jasper, onde o trem The Canadian, da VIA Rail, percorrerá todo o Canadá. O desembarque final da rota canadense ocorrerá em Toronto, de onde partirá o último trem da rota, o americano Amtrak – Maple Leaf, rumo à Big Apple, nos Estados Unidos.
O roteiro acaba em Nova Iorque, no dia 24 de setembro, com um jantar no Central Park, onde os participantes serão agraciados com o certificado Volta ao Mundo de Trem, pela operadora.

De acordo com Pablo Bernhard, CEO da TT Operadora, “a viagem será uma experiência exclusiva, com belezas naturais ainda intocadas, um forte apelo cultural e um certo tom exótico, mantendo o refinamento que uma viagem deste porte exige”.

Saiba mais:

Volta ao Mundo de Trem