De norte a sul, separamos os lugares que você não pode deixar de visitar em cada região do país. Cidades cheias de cultura e histórias, gastronomia, vinícolas e praias incríveis. Confira nosso Roteiro Portugal.

Portugal é o destino da vez entre os brasileiros. Não é a toa, é uma terra fascinante: paisagens naturais deslumbrantes, alguns dos melhores vinhos do mundo, gastronomia sem igual, povo carismático e acolhedor. Além disso, o país vive história a cada esquina e possui um cenário cultural riquíssimo. Portugal precisa entrar na sua lista de viagens e te contamos aqui os motivos.

Fui a Portugal pela primeira vez em 2010. Fiquei 1 mês na casa de uma das minhas melhores amigas – que é portuguesa – após um Mochilão pela Europa. Me apaixonei tanto por Portugal, por ser um país tão completo, que queria morar lá para sempre. Não deu para ficar, mas em 2015, voltei para o casamento desta amiga e aproveitei para fazer um roteiro de 13 dias de carro de norte a sul do país. 

Com as dicas de meus grandes amigos portugueses, fiz um roteiro completíssimo pelos lugares mais incríveis desse país. Dividi o roteiro em três regiões: norte, centro e sul do país.

As distâncias são muito curtas entre uma cidade e outra, já que é possível atravessar o país inteiro de norte a sul em cerca de 6 horas e de leste a oeste em 3 horas de carro.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Visita ao centro histórico de Lisboa

MELHOR ÉPOCA

A melhor época para conhecer Portugal é entre os meses de Agosto e Setembro, quando as temperaturas ainda estão boas para curtir uma praia. Além disso, é época da vindima – a colheita das uvas nas vinícolas. Nesta época do ano, é possível agendar a famosa pisa nas uvas em algumas vinícolas.

Já que coisa boa a gente compartilha com outros viajantes, confira os locais que você não pode deixar de ir quando fizer uma viagem em Portugal.


ROTEIRO PORTUGAL:

Nosso Roteiro Portugal pode ser feito de diversas maneiras. Nós começamos por Lisboa e em uma semana fomos para o Sul. Depois, voltamos para Lisboa, ficamos alguns dias, e conhecemos o Norte. Porém, você pode fazer o Roteiro Portugal da maneira que lhe for melhor. É possível comprar passagens do Brasil diretamente para a cidade do Porto e a volta por Lisboa, por exemplo.

NORTE DO PAÍS

1) Região do Rio Douro

Vale a pena fazer o trajeto de 30 km entre Peso da Régua e Pinhão e ir parando nas vinícolas para degustar vinhos de mesa e do porto. É possível também fazer esse trajeto de barco, em excursões que duram um dia inteiro e saem do Porto. Nós preferimos ir de carro e descobrir a região por nós mesmos.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Onde se hospedar no Douro:

Depois de um dia de vinhos e gastronomia, nada como um belo descanso. A melhor opção é fazer o trajeto de Régua até Pinhão com calma e se hospedar uma noite em Pinhão. O lugar é encantador, nós ficamos com muita vontade de ter ficado uma noite por lá (fomos direto para Guimarães no dia). Eu sugiro uma noite em Pinhão para desfrutar bem da região, principalmente os apreciadores de vinho.

As boas opções de hotéis da região são:

Luxo: O cinco estrelas The Vintage House, histórico, fica situado em uma antiga vinícola do século XVII. A vista pro Douro é de tirar o fôlego, assim como a infraestrutura do local e o atendimento.

Custo-Benefício: O três estrela boutique e moderno LBV house, que tem uma linda piscina com vista para o Douro.

 


2) Centro antigo de Porto e Vila Nova de Gaia

Para quem for ficar poucos dias no Porto como a gente vale as dicas: o centro histórico do Porto é cheio de ladeiras. Como já estávamos cansados decidimos fazer um Sightseen pela região (sabe aqueles ônibus turísticos?). Valeu a pena. O passeio custa 13,50 euros o dia e você pode ir parando para conhecer os pontos turísticos. Vale dar uma voltinha e depois conhecer a pé os lugares que achar mais interessante. Um ponto indispensável é a magnífica Sala Árabe no Palácio da Bolsa

Nós recomendamos parar na Catedral da Sé e atravessar a pé a Ponte D. Luís VI até Vila Nova de Gaia. Desça da ponte pelo Teléferico (custa 5 euros) para desfrutar da vista panorâmica do cartão postal da cidade. Em Vila Nova de Gaia – do outro lado do Rio Douro – ficam as cavas do vinho do Porto e restaurantes com mesas ao ar livre. 

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Centro antigo da cidade do Porto

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Bacalhau no restaurante Portocale, na cidade do Porto

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Sala Árabe no Palácio da Bolsa, na cidade do Porto.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Ponte Luís VI, que divide a cidade do Porto (direita) e a Vila Nova de Gaia (esquerda)

As boas opções de hospedagem em Porto:

Opte por hotéis perto do centro histórico ou em Vila Nova de Gaia. Nós ficamos em um hostel terrível, que não recomendo, bem afastado do centro histórico. Foi uma dessas economias que não valem a pena, até porque a imagem da cidade ficou um pouco abalada pra gente por conta da hospedagem. Então não vale passar por isso.

Depois tivemos amigos que ficaram próximos ao centro e tiveram uma ótima experiência no Porto! Por isso, deixo aqui as minhas sugestões de hospedagem (que seria onde deveríamos ter ficado no lugar, rs!):

Onde ficar no Porto: 

Luxo: O Relais & Chateaux incrível The Yeatman. Em Vila Nova de Gaia, tem uma vista maravilhosa para o centro histórico do outro lado. Isso sem contar com o restaurante do hotel, que foi premiado com 2 estrelas Michelin. Definitivamente, a melhor experiência para quem quer conhecer o Porto com sofisticação e alta gastronomia.

Custo-Benefício: Uma boa opção para casais jovens que vão conhecer o Porto é o Stay Hotel. Com quartos descolados e boa localização, a propriedade oferece bons valores para hospedagem com bom serviço e infra-estrutura moderna.

Outra boa opção custo-benefício, mas com uma atmosfera mais histórica é o Castelo de Santa Catarina. A propriedade é literalmente em um castelo no centro do Porto. A localização é excelente, os quartos são amplos e a atmosfera não poderia ser mais típica Portuguesa.

Só mais uma opção boa, rs! Essa é para quem quer ficar no coração do Porto, onde as ruas vibram cultura a história. O Ribeira do Porto hotel tem uma vista incrível para o Douro e a Ponte Luís VI. Vale considerar a opção também!


3) Guimarães

A cidade é um charme e vale muito a pena conhecer, principalmente se estiver em casal. É considerada a capital cultural do norte de Portugal e foi lá que começou a unificação de Portugal para se tornar um reino.  As casas do centrinho são todas iluminadas a noite por luzinhas de natal nas janelas, dando um ar super romântico. Vale a pena conhecer o castelo e também o Paço dos Duques (a antiga residência de membros da família real portuguesa). Se o dia estiver bonito, suba no teleférico de Guimarães e visite o Santuário da Penha, que fica no topo da montanha.

Jante no Largo da Oliveira ou na Praça S. Tiago. Existem diversos tipos de restaurantes, que servem comida tradicional portuguesa, tapas, crepes, o que você estiver com vontade. Nós comemos em um ótimo restaurante: o Paraxut. Um dia é suficiente para conhecer os principais pontos da cidade.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

A cidade de Guimarães, centro cultural do norte de Portugal

Onde se hospedar em Guimarães:

Em Guimarães, nos hospedamos no Hotel Fundador. É um hotel com bom custo-benefício, boas instalações, ótimo café-da-manhã, lindas vistas do restaurante e com destaque para a localização (próxima ao centro e ao Santuário da Penha). Nós fizemos tudo a pé por lá, sem pegar o carro nenhuma vez. Até porque a cidade é uma delicia de ser conhecida em uma caminhada. Então a melhor opção é optar por hospedagens centrais.

As boas opções de hotéis da região são:

Luxo: Guimarães não tem grandes redes de luxo ou propriedades 5 estrelas. As boas opções para quem procura sofisticação e conforto, com um toque histórico, são os hotéis Mosteiro dos Guimarães e Casa do Juncal. A primeira é uma propriedade 5 estrelas em um mosteiro. Os quartos são bem históricos e o serviço é excelente. Já a Casa do Juncal é uma acomodação moderna, com um belíssimo design e arquitetura.

Custo-Benefício:  Um dos hotéis mais charmosos de Guimarães cabe no bolso. O EMAJ Boutique Hotel tem decoração moderna, fica no centro da cidade e é completamente histórico. Localizado em um edifício do século XIX, a propriedade mistura o contemporâneo com a história em quartos amplos e bem decorados. É uma boa opção para casais.

Econômicos: Com excelente localização, o My Hostel é um charme. É uma excelente opção para casais e amigos que estão a procura de algo econômico. Os quartos são duplos e possuem banheiro compartilhado. A localização é ótima, ao lado do centro. A decoração é um charme e tudo é super branquinho e bem cuidado.


4) Nazaré no mês de novembro

Lembra das ondas gigantes que o surfista brasileiro Carlos Burle pegou e aquele terrível acidente com a Maia Gabeira? Tudo isso aconteceu em Nazaré. É lá que se formam as maiores ondas do mundo! Para assistir ao espetáculo é preciso visitar a região entre os meses de Outubro e Novembro e ter um pouco de sorte. Nós não demos essa sorte e as ondas não estavam gigantes. Mas vale a parada para conhecer o Forte São Miguel Arcanjo, entender um pouco sobre a geologia do local e contemplar as ondas de lá (que são fortes e grandes de qualquer jeito).


CENTRO DE PORTUGAL:

4) Conheça os melhores pontos de Lisboa e Belém

Lisboa

A nova moda em Lisboa é conhecer o centro da cidade de Tuk-Tuk, aqueles carrinhos típicos na Tailândia, Existem milhares destes carrinhos levando turistas para todos os lados em diversos tours. Eles ficam no centro de Lisboa, onde é possível começar o passeio pelo Róssio e descer até a Praça do Comércio. Não deixe de passar pelo Elevador de Santa Justa, Café a Brasileira, pela livraria Bertrand e descer pela Rua Augusta até a Praça do Comércio. Na Rua Augusta, ficam os Tuks Tuks.

Em um passeio guiado de 1 horinha passamos pelo bairro de Alfama (o mais antigo da cidade, da época medieval), o Castelo de São Jorge (que não vale a pena entrar: é caro e tem filas gigantes), os mirantes mais altos da cidade (tem vistas mais lindas que a do Castelo), entre outras coisas. O legal é que o motorista para nos lugares, você pode descer e admirar bem os lugares! Esse passeio custa 45 euros, mas nós fechamos em 35 euros. Então vale barganhar!

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Praça do Comércio, Lisboa

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Visita ao centro histórico de Lisboa

 


Belém:

Além disso, Belém é parada obrigatória para quem visita Lisboa. Além dos famosos Pastéis de Belém (que quase todo mundo já ouviu falar) ali do ladinho fica um restaurante ótimo que serve um bolinho de bacalhau incrível, chamado Sagitário. Nossa sugestão é passar a manhã para conhecer essa região que beira o Rio Tejo. Visite o monumento dos Descobrimentos, a Torre de Belém, aprecie as exposições e shows no CCB (Centro Cultural de Belém), conheça o Mosteiro dos Jerônimos, almoce um bolinho de bacalhau com arroz e feijão português no restaurante Sagitário e coma de sobremesa os Pasteis de Belém! É possível fazer tudo a pé. O passeio dá pra fazer durante uma manhã em nosso Roteiro Portugal.


Outra sugestão imperdível de almoço ou jantar é uma parada no Mercado da Ribeira, onde a revista Time Out juntou os melhores restaurantes da cidade (avaliados por ela) em um mercado moderno e descolado! Nós fomos também e adoramos! O mercado fica na parada de ônibus Cais do Sodré e não dá pra ir a pé de Belém! Confesso que almoçamos nos dois lugares nesse mesmo dia e achamos
os dois ótimos para indicar pra vocês.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Torre de Belém

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Bolinhos de Bacalhau no Restaurante Sagitário

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Vista do Monumento do Descobrimento para o Mosteiro dos Jerônimos, em Belém.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Mercado da Ribeira da Time Out

Onde se hospedar em Lisboa e Belém:

Existem mil e uma opções de hospedagem em Lisboa e arredores. Se você quer conhecer mais a parte histórica da cidade, minha sugestão é se hospedar ou em Lisboa ou Belém e de lá sair para conhecer outros locais como Sintra, Cascais e Estoril (que descrevemos mais abaixo no texto).

Porém, se você quer ficar perto da praia, a boa pedida é ficar em Cascais ou Estoril e de lá sair em “day trips” para todas as outras partes da região central (as sugestões de hotéis para Cascais e Estoril estão mais para baixo no texto). Opções não faltam, basta encontrar a que mais se adequa ao seu perfil. Por isso, criei uma lista de sugestões abaixo:

As boas opções de hotéis da região são:

Luxo:

Com vistas incríveis para a cidade de Lisboa, o Memmo Principe Real é um dos hotéis design mais lindos de Lisboa. É uma boa opção para quem gosta de quartos com vistas em um bairro mais tranquilo do centro da cidade. A propriedade pertence ao grupo Design Hotels.

Para quem procura algo tradicional e histórico, o mais concorrido do grupo Small Luxury Hotels em Portugal é a Pousada de LisboaNo coração da cidade, a propriedade oferece acomodações modernas misturadas com a história local.

Se você quer algo sofisticado, mas sem muito requinte, o Jupiter Lisboa é uma excelente opção. Ele é um novo hotel quatro estrelas que já está entrando com força no mercado hoteleiro da cidade. Não é a toa, oferece SPA, piscina com vista panorâmica da cidade e quartos modernos e confortáveis, perfeito para casais.

Custo-Benefício:

Com excelente localização no Chiado, o Dream Chiado Apartments é uma boa escolha para quem quer ficar no coração de Lisboa. Além de ser um charme, os quartos são bem decorados e possuem uma mini-cozinha em cada um. É uma boa opção para casais e amigos.

Outra dica para quem procura um hotel com bom custo-benefício é se hospedar em um apartamento em Lisboa, como o Simple Chic Belém. Essa é uma boa ideia para famílias com filhos adolescentes ou crianças, já que dá a liberdade de cozinhar e curtir esta “em casa” longe de casa.

Econômicos: Não há nada como hostels em grandes cidades européias. Eles geralmente possuem excelente infra estrutura, além de serem ótimos lugares para conhecer pessoas de todo o mundo. Em Lisboa, as melhores opções de hostel são o histórico e cheio de charme Home Lisbon Hostel e o moderno e cheio de design NOMAD 64. Os dois possuem localização e preços excelentes.


5) Sintra

Se tem um programa que é indispensável em nosso Roteiro Portugal, principalmente para quem visita pela primeira vez o país é ir até Sintra. A cidade fica a 30 minutos da capital. Não deixe de visitar o Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena, a Quinta da Regaleira e comer um travesseirinho de Sintra. Na volta, passe no Cabo da Roca para ver o pôr do sol!

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Palácio da Pena, Sintra.

6) Cascais e Estoril

Uma boa dica é sair um pouco do centro de Lisboa e caminhar pelo calçadão de Estoril até Cascais. Depois, passeie um pouco pelo centro do bairro. Nós adoramos tomar sorvete no Santini. Também descobrimos um mercado incrível ao ar livre (principalmente para quem vai aos sábados), com restaurantes (um pouco como Mercado da Ribeira que já falamos) que chama Mercado Vila de Cascais. Vale a parada.

Também vale conhecer a maravilhosa Praia do Guincho (tem uma ciclovia que liga Cascais a Praia e você pode pagar bicicletas de graça no centro de Cascais para ir até lá). Não deixe de dirigir um pouco ao norte para o Cabo da Roca – a ponta mais ocidental do continente Europeu. Isso tudo dá pra fazer em uma tarde de verão.

As boas opções de hotéis da região são:

Luxo: O incrível e recém-inaugurado Intercontinental Estoril. O hotel fica em uma localização privilegiada, em frente ao mar, com vista para Cascais e ao lado do calçadão da região.

Custo-Benefício: A Petúnia Guest House é uma charmosa e boa opção de hospedagem na região. Geralmente os hotéis em Cascais são mais antigos, então a Petúnia Guest House é um oásis entre as opções.

Econômico: Um dos hotels mais charmosos de Cascais, o Art 4 You é uma excelente opções para grupos de amigos e casais. Decorado com muito bom gosto, moderno e em uma ótima localização, eu não pensaria duas vezes se você estiver querendo economizar e se hospedar em Cascais.


SUL DO PAÍS:

7) Parque Natural da Arrábida – Setúbal

Acredite se quiser, mas essa praia maravilhosa fica a 40 minutos de Lisboa (50 km da capital). Uma boa opção para quem não quer viajar para muito longe de Lisboa é conhecer o Parque Nacional da Arrábida, suas praias e belezas, como a Praia de Galápos na foto. É parada obrigatória em nosso Roteiro Portugal.
Para quem estiver pensando em conhecer a Costa Vicentina ao sul de Lisboa e descer até o Algarve, vale também começar a viagem pelo Parque Nacional da Arrábida, atravessar a balsa de Setúbal à Tróia (custa 13 euros), e continuar a viagem pelas praias. É uma mais linda que a outra!

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Praia de Gálapos, Setúbal | Parque Natural da Arrábida.

As boas opções de hotéis da região são:

Luxo: O cinco estrelas Hotel Casa Palmela, que tem uma vinícola própria em meio ao Parque Nacional. O local é deslumbrante, além da propriedade ter um charme histórico incrível.

Custo-Benefício: Alugar uma casa para a família com uma vista deslumbrante para o mar. A melhor opção é alugar a Casa do Farol da Arrábida, que cabem até quatro pessoas. Uma boa opção para casais e a charmosa Vila de Sol

Econômico:  Um hostel bem simples e histórico, mas com boa localização e preço é o Urban House Hostel, em Setúbal.


8) Odeceixe – Costa Vicentina

A Região da Costa Vincentina, em Portugal, guarda as praias mais conservadas – e ainda pouco descobertas – do país. Com uma natureza exuberante, vale a pena parar nas praias da região, como Odeceixe (uma cidade típica medieval com uma praia maravilhosa) e Vila Nova de Milfontes.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Chegada a Praia de Odeceixe: uma península de areia em meio à falésias e uma cidade medieval.

9) Sagres e Lagos – Algarve

Uma boa dica para quem quer conhecer o litoral em nosso Roteiro Portugal é parar em Sagres e curtir as praias da região. A Praia do Beliche é uma parada indispensável. A melhor coisa é visitá-la cedo (por volta das 9-10hrs) que é quando a praia fica mais vazia. Aproveite para visitar também logo ao lado o Forte do Beliche que tem uma vista incrível para essa costa! Depois, vá até o Farol de Sagres e a Fortaleza, que tem muralhas datadas do séc. XV (a última é a única que tem que pagar para entrar, são 3 euros).

A região do Algarve é muito conhecida por suas formações rochosas e praias maravilhosas! Um passeio indispensável é ir até a cidade de Lagos e andar de barco nas cavernas e grutas que levam até a Ponta da Piedade (a mais famosa da região). O legal do passeio é usar a imaginação. O guia vai contando o que cada rocha se parece, além de te levar em praias lindas escondidas sob elas. Também dá para alugar caiaques para explorar essa região, mas nós não achamos uma boa ideia devido ao vento forte do local. O passeio de barco custa entre 10-20 euros por pessoa (pode variar dependendo da época do ano) e sai da Marina de Lagos, com duração de 1h15.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Praia do Beliche, Sagres | Algarve

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Passeio pelos Lagos no Algarve

Onde se hospedar no Algarve:

Luxo: O cinco estrelas Martinhal Beach Family Resortcom design moderno e diversas atividades para família. Para casais que buscam mais exclusividade, o Hotel Memmo Baleeira, da Design Hotels, é uma ótima opção em Sagres.

Custo-Benefício: Uma das opções mais charmosas de Sagres é o Cercas Velhas. O preço é excelente e as acomodações são lindas e em ótimo estilo Portugues, tudo isso ao lado da praia. O preço fica em torno de R$ 200 a diária. Outra ótima opção é alugar um apartamento para a família, a Casa Biota por exemplo, é um excelente lugar para famílias (comporta até 4 pessoas), por um preço super em conta.

Econômico:  Um hostel bem charmoso e com estilo bem tradicional do Algarve (casinha branca com janelas azuis), é o PuraVida Divehouse.

10) Évora, Estremoz e Monsarraz – Alentejo


O centro histórico de Évora é Patrimônio Cultural da UNESCO e é parada indispensável para quem vai a Portugal. É uma das cidades mais antigas do país e é conhecida como cidade-museu. Não deixe de passar no Templo da Diana, na Catedral da Sé (aquela lá atrás da foto – são 3,50 euros com acesso a tudo), a praça do Giraldo, e a sinistra – mas indispensável – Capela dos Ossos, dentro da Igreja de São Francisco (2 euros a entrada). Vale também andar pelas muralhas que cercam a cidade histórica e passear pelas vielas medievais do centro.

Vale muito a pena fazer também um circuito pelas cidades históricas do Alentejo – Évora, Estremoz, Vila Viçosa e Monsaraz. Para os apreciadores de vinho e boa gastronomia então pode incluir no Roteiro Portugal como indispensável.

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Templo da Diana, em Évora

Roteiro Portugal: 10 lugares que você precisa conhecer quando estiver por lá | Mochilando

Não deixe de almoçar em Évora no restaurante: Taberna Típica Quarta-feira, um dos ‘musts’ da cidade.

Onde se hospedar em Évora:

Luxo: Para quem busca exclusividade e história, o Convento do Espinheiro é uma opção incrível. Aos que procuram sofisticação com uma arquitetura bem moderna vale conferir o novo M’AR De AR Aqueduto. Já se você estiver procurando uma acomodação típica portuguesa, a Albergaria Do Calvario é a melhor escolha.

Custo-Benefício: Se você não quer abrir mão do conforto, mas ainda quer bons preços, as melhores opções de hospedagens são os hotéis Vila Galé e Vitoria Stone

Econômico: A rede de hotéis Stay Hotel é sempre uma excelente opção de hospedagem moderna.  O HI Hostel Evora é um hostel tradicional, em uma casa histórica.

Portugal é um país cheio de surpresas e ainda há lugares que faltam conhecer para entrarem no Roteiro Portugal, como os Açores e a Ilha da Madeira – dizem que é um espetáculo!

E você? Gostou do nosso Roteiro Portugal? Comente aqui!



Booking.com