Charmosa, acolhedora e romântica, Monte Verde reúne o melhor das culturas mineira e europeia num só destino. Confira nossas dicas para uma viagem inesquecível.

Monte Verde é um distrito da cidade de Camanducaia, situado na parte mineira da Serra da Mantiqueira, muito conhecido como destino de lua de mel para os casais apaixonados, já que apresenta um clima super romântico e acolhedor. Inclusive, ela foi listada como uma das cidades mais acolhedoras do mundo de acordo com o ranking de 2022 do Booking.com. Não é pouca coisa não, minha gente!

Entretanto, a cidade abraça todos os tipos de públicos: famílias, grupos de amigos, pessoas que curtem viajar sozinhas, e até os pets são muito bem vindos neste território. E seja para sair da rotina, curtir um friozinho, se esbaldar num roteiro de compras ou para fazer uma imersão na cultura e gastronomia mineira, Monte Verde sempre está em evidência.

Quem pensa que a região é só sossego e comilanças está muito enganado. Monte Verde é também um destino para os aventureiros que podem aproveitar a privilegiada formação natural para fazer uma série de atividades ao ar livre. Há trilhas, cavalgadas, mountain bike, cachoeiras, e ainda, a oportunidade de apreciar as melhores vistas do alto das montanhas.

Continue a leitura e veja por que Monte Verde é um dos destinos mais procurados na Serra da Mantiqueira.

O que fazer em Monte Verde

Av. principal de Monte Verde e seu comércio
Centrinho de Monte Verde – Foto: Msadp06, via wikimedia

Do alto de seus quase 1.600 metros de altura, Monte Verde reúne diversos atrativos para alegria dos que buscam passeios contemplativos, assim como para os interessados em aventuras locais. Tudo isso, é claro, sem deixar de evidenciar sua verdadeira vocação como um dos destinos mais românticos da região, ficando páreo a páreo com a famosa Campos do Jordão.

Para aproveitar os dias na cidade, alguns dos passeios mais populares são as trilhas Pedra Redonda, Pedra Partida, Chapéu do Bispo, Platô e Pico do Selado, todas no Parque Ecológico Verner Grinberg, de onde é possível curtir belas paisagens e fazer lindas fotos.

Fazer um city tour de Jeep ou quadriciclo também é uma boa forma de curtir os caminhos de Monte Verde com emoção. Já para os que gostam de montaria, um passeio a cavalo é sempre uma boa indicação.

Para não deixar de fora a diversão das crianças, o Parque Oschin é uma boa pedida, pois conta com percursos mais leves em uma extensa área de natureza exuberante. Ainda oferece um ponto de observação de pássaros, jardins, lagos, área para piquenique e um mega playground.

Há outros atrativos para uma caminhada menos pretensiosa. A parte central, por exemplo, na avenida Monte Verde é onde se concentram a maioria dos restaurantes e charmosas galerias com lojas de roupas, presentes e produtos típicos da região. Além de apresentar atrações diversas, como pista de patinação no gelo, orquidário e a Destilaria Monte Verde, com direito a algumas provinhas de cachaça.

A noite a atmosfera é de puro romance, no melhor estilo “Love is in the air“, como diz a canção de John Paul Young. Os restaurantes e bares investem nessa temática oferecendo som ao vivo, meia luz e o prato principal para completar o cenário: fondue.

O que não faltam são bons motivos para conhecer essa região tão charmosa. Então venha conferir outras atrações para uma programação mais completa:

  1. Pedra Redonda
  2. Pedra Partida
  3. Chapéu do Bispo
  4. Platô
  5. Pico Selado
  6. Parque Oschin
  7. Patinação no Gelo
  8. Orquidário
  9. Destilaria Monte Verde
  10. Fábrica da Cervejaria Fritz
  11. Fábrica de Chocolates Gressoney
  12. Falcoaria
  13. Fazenda Radical
  14. Mirante do Aeroporto
  15. Bosque Gato de Botas
  16. Viviê Pousada (Pousada do avião)

Onde ficar em Monte Verde

Destino ideal para casais em lua de mel, para os amantes da natureza e para quem apenas deseja curtir um friozinho, Monte Verde concentra vários lugares encantadores para a hospedagem.

Os hotéis, pousadas e chalés são as principais ofertas. A maioria inspirada pela arquitetura alpina, muito predominante nas construções, realçando o requinte dos ares da montanha e convidando o viajante a curtir ao máximo a estadia na cidade.

Muitas opções estão localizadas no centro, o que favorece estar perto de tudo e poder dispensar o carro durante a noite. Outras ficam mais distantes e propiciam uma experiência completa de paz e tranquilidade em meio a um cenário de muito verde.

Confira algumas das melhores seleções de acomodações:

Hotéis em Monte Verde

Confortável quarto com lareira do Kuriuwa Hotel
Clique na imagem e faça a sua reserva no Kuriuwa Hotel

Monte Verde apresenta uma rica seleção de hotéis, com opções confortáveis, integrando o melhor das paisagens às construções elegantes e românticas inspiradas pela região serrana. Confira abaixo algumas das mais bem avaliadas acomodações:

Veja todas as opções de hotéis em Monte Verde.

Pousadas em Monte Verde

Banheira de Hidromassagem da Pousada Jardim Mantiqueira com vista para floresta.
Clique na imagem e faça a sua reserva na Pousada Jardim da Mantiqueira

Um leque de opções se abrem quando o assunto é pousadas em Monte Verde. São inúmeras possibilidades de ofertas com muito conforto em ambientes aconchegantes pensados para que o hóspede tenha a melhor experiência, esteja ele em lua de mel ou em uma viagem entre amigos e família. Veja a seguir algumas das mais elogiadas opções de pousadas na região:

Veja todas as opções de pousadas em Monte Verde.

Chalés em Monte Verde

Parte exterior de uma das acomodações no Chalés Montanha Serrana em Monte Verde
Clique na imagem e faça a sua reserva no Chalés Montanha Serrana

As acomodações em chalés são opções bastante atraentes, principalmente para uma viagem de casal. Por serem construções independentes, permitem mais privacidade, aliando um ambiente acolhedor com aquela aura típica de romance que o clima das montanhas oferece. Não acredita? Vem ver as melhores seleções neste formato:

Veja todas as opções de chalés em Monte Verde.

Onde comer em Monte Verde

Leitão a pururuca com acompanhamentos, servido no boteco Villa Amarela em Monte Verde
Leitão a pururuca, prato típico de Minas Gerais servido no Boteco Villa Amarela – Foto: Divulgação via Facebook

A gastronomia é um dos atrativos de Monte Verde que tem em sua essência a simplicidade da comida mineira, além dos sabores das culinárias alemã e italiana. Pratos a base de trutas criadas na região e os famosos rodízios de fondue, tradicionais nos jantares mais românticos pela cidade.

A culinária mineira faz bastante sucesso na região e está muito bem representada nos restaurantes. O Caipira e o Boteco Villa Amarela, conhecidos como as maiores referências locais, servem a melhor comida típica de Minas Gerais com muita fartura. Com destaque para o leitão a pururuca que serve de duas a três pessoas tranquilamente.

Para os adoradores de uma boa guloseima, vale aproveitar que a região é produtora de chocolate e há várias lojinhas que vendem sobremesas com este ingrediente na origem, como a fábrica e loja Gressoney que tem como carro chefe, a prímula: uma criação autoral que mistura os sabores do alfajor com o pão de mel em uma receita única de inigualável sabor.

O cafezinho do meio da tarde pode ser apreciado na Strudel Haus, que traz um pouco da cultura germânica com a receita original do apfelstrudel ou algumas variações de sabores que ressaltam as frutas brasileiras.

Destacamos abaixo as melhores opções de restaurantes em Monte Verde, confira:

  • Restaurante Villa Donna Bistro
  • Boteco Villa Amarela
  • Restaurante O Caipira
  • Restaurante Pucci
  • Chocolateria Monte Verde
  • Gressoney Chocolates
  • Strudel Haus

Quando ir para Monte Verde

Seja nas estações mais quentes ou nas mais frias, não tenha dúvida que Monte Verde é sempre um bom destino para visitar, principalmente para quem não abre mão de temperaturas amenas e aquele climinha gostoso de serra.

Contudo, os meses de junho e julho são os mais disputados, por se destacarem como alta temporada de inverno. Em consequência, quanto mais as temperaturas baixam, mais os preços se elevam. Dessa forma, estacionar o carro, por exemplo, pode se tornar um desafio. Assim como fugir das filas nos restaurantes e bares mais badalados pode ser algo quase impossível. Então, vá com calma para extrair o melhor da viagem.

Os meses de abril, maio e agosto são períodos mais moderados tanto de público, quanto nos valores empregados nas hospedagens, pois são considerados meses de baixa temporada, ainda que apresentem clima invernal.

Os verões são chuvosos, especialmente entre dezembro e março, mas nada que não dê para coordenar os passeios com a previsão do tempo. Nestes meses, fora os feriados prolongados, é possível encontrar preços bem atrativos por serem considerados baixa temporada.

No segundo semestre dois festivais movimentam a pequena Monte Verde. Em outubro, o Festival Gastronômico e em dezembro o Festival de Natal.

Quantos dias ficar em Monte Verde

Em um final de semana é possível conhecer as principais atrações da cidade com tranquilidade, mas podem não ser suficientes se a intenção for curtir mais a hospedagem e se aprofundar na gastronomia local.

Como chegar em Monte Verde

Monte Verde está localizada no alto da Serra da Mantiqueira, na fronteira entre Minas Gerais e São Paulo. O que torna o distrito um dos destinos mais procurados pelos paulistanos, que podem facilmente fazer o trajeto de carro pela Rodovia Fernão Dias.

Consideravelmente mais distantes, estão Belo Horizonte, a 480 km, e o Rio de Janeiro a 532 km. Todavia, os trajetos podem ser feitos, uma parte via aérea, com desembarque em São Paulo ou Campinas, e a outra parte por via terrestre, em aproximadamente duas horas e meia de estrada até Monte Verde. Ainda existe a possibilidade de fazer todo o trajeto de carro, porém a viagem impõe mais horas de rodovia.

Seguir viagem de ônibus pode ser uma possibilidade, mas tenha em mente que não há linha que faça o percurso direto. Será necessário tomar um ônibus que vá até o município de Camanducaia e de lá seguir até Monte Verde de táxi ou transfer.

De avião

Para os viajantes vindos de estados mais distantes, a maneira mais prática é descer em um dos aeroportos da cidade de São Paulo e continuar o trajeto via BR-381 de carro ou ônibus até Camanducaia e percorrer mais 30 km até Monte Verde.

O aeroporto de Campinas também atende bem este destino, com um percurso que leva cerca de duas horas e 40 minutos seguindo pela Rodovia Dom Pedro I e depois pela BR-381 até Monte Verde.

A curiosidade é que Monte Verde tem um aeroporto. E, diga-se de passagem, o mais alto do Brasil, com altitude de 1.560 metros do nível do mar. Porém, hoje encontra-se fechado aguardando liberação da Anac.

De carro

Em aproximadamente duas horas e meia o paulistano pode chegar na charmosa Monte Verde, acessando a BR-381, Rodovia Fernão Dias, até o município de Camanducaia e de lá seguindo até Monte Verde. Há dois trechos de pedágio, um na altura de Mairiporã e outro em Vargem.

Para quem vem de Belo Horizonte, o principal acesso é pela BR-381, com tempo estimado de viagem entre seis e sete horas dependendo do trânsito. Nesta rota o viajante passa por seis praças de pedágio até chegar em Camanducaia, com a vantagem de nos últimos quilômetros até Monte Verde poder contemplar as paisagens mais bonitas a medida que vai adentrando o trecho de serra.

Entre as principais capitais do sudeste, o Rio de Janeiro é a mais distante, levando em torno de sete a oito horas para chegar ao destino. Há duas opções de trajeto: uma pela Via Dutra em direção a São Paulo até a altura de Jacareí, seguindo pela rodovia Dom Pedro I até Atibaia e dando continuidade pela Fernão Dias rumo a Camanducaia. Ou, ir pela via Dutra até Lorena, seguindo até a BR-459, prosseguindo até a Fernão Dias e seguindo o trajeto em direção a Camanducaia até Monte Verde.

Transporte em Monte Verde

Transitar por Monte Verde a pé é super possível, principalmente se o endereço de estadia ficar no centrinho do distrito. Caso o visitante esteja de carro, não haverá dificuldades para acessar as atrações mais distantes e as hospedagens mais retiradas.

Para quem não estiver de carro também não haverá impedimentos, uma vez que há alguns táxis locais, e existem agências que fazem city tours de Jeep ou quadriciclo.

Uma maneira bastante bucólica de conhecer a região é fazendo os passeios a cavalo, e para os mais esportistas em cima de uma bike.

Para tomar nota: A maiorias das ruas de Monte Verde não tem pavimentação, então no tempo seco esteja preparado para um pouco de poeira e em tempos chuvosos para trechos de lama.

Seguro viagem para Monte Verde

Contratar um seguro viagem para Monte Verde é uma excelente forma de garantir uma viagem tranquila e evitar preocupações. Ter a assistência de um seguro te dá a paz que você precisa para curtir o destino e saber que tem apoio, caso seja necessário. Aproveite também nosso cupom de desconto Seguros Promo. – VER PREÇOS

Passagens aéreas para São Paulo

Quer garantir uma passagem para São Paulo com preços super atrativos? Nós usamos a plataforma Passagens Promo para encontrar os voos mais em conta do mercado. Confira as promoções do dia e fique de olho para economizar na compra das suas passagens aéreas. – VER PREÇOS

Dúvidas frequentes

O que fazer em Monte Verde?

Monte Verde reúne diversos atrativos para alegria dos que buscam por passeios contemplativos ou para os interessados nas aventuras locais. Há programação para todos os públicos, como passeios de aventura, trilhas, cachoeiras, esportes radicais, visitas ao centro da cidade para aproveitar as lojas e os restaurantes, patinação no gelo e mais uma infinidade de atrações. Confira mais opções sobre o que fazer em Monte Verde.

Quais são os principais passeios em Monte Verde?

Dos passeios mais populares às trilhas, alguns são a Pedra Redonda, Pedra Partida, Chapéu do Bispo, Platô e o Pico do Selado no Parque Ecológico Verner Grinberg. Estes ganham destaque pelos melhores ângulos de contemplação da região. Outras várias opções é possível conferir em passeios em Monte Verde.

Onde ficar em Monte Verde?

Muitas opções de hotéis, pousadas e chalés estão localizadas no centro, o que favorece estar perto de tudo e poder dispensar o carro durante a noite. Outras tantas opções ficam mais distantes, e propiciam uma experiência completa de paz e tranquilidade em meio a um cenário de muito verde. Vejas as opções mais bem avaliadas de onde ficar em Monte Verde.

Quais os melhores hotéis em Monte Verde?

Há diversas opções de hotéis, entre eles o Hotel Harmonia e o Hotel Villa Greenberg, super bem avaliados, pelo conforto, serviços e atendimento, além de estarem em localização privilegiada, a poucos metros da avenida principal em Monte Verde. Veja outras opções de hotéis em Monte Verde.

Tem opções de pousadas em Monte Verde?

Quando o assunto é pousadas em Monte Verde são inúmeras as possibilidades, entre elas a Pousada Jardim da Mantiqueira com acomodações amplas em um ambiente com muito verde e hospitalidade excepcional. Ou a Pousada Cantinho de Monte Verde que apresenta uma vista espetacular da Serra da Mantiqueira, em acomodações com varanda e lareira, tudo isso bem pertinho do centro. Veja outras opções de pousadas em Monte Verde.

Quais são os melhores chalés em Monte Verde?

Entre as diversas alternativas de hospedagem em Monte Verde, os chalés são sugestivas para momentos de romance. Como é o caso do Chalés Montanha Serrana e o Chalés Fazenda Vale da Mata que oferecem ambiente super acolhedor com lareira e hidromassagem, além de cenários encantadores em meio a natureza. Confira outras opções de chalés em Monte Verde.

Quantos dias ficar em Monte Verde?

Em um final de semana é possível conhecer as principais atrações da cidade com tranquilidade, mas podem não ser suficientes se a intenção for curtir mais a hospedagem e se aprofundar na gastronomia local. Veja quais são as principais atrações para aproveitar esses dias em Monte Verde.

Como chegar em Monte Verde?

Monte Verde está localizada no alto da Serra da Mantiqueira, quase na fronteira entre Minas Gerais e São Paulo. O que torna o distrito um dos destinos mais procurados pelos paulistanos, que podem facilmente fazer o trajeto de carro pela principal via de acesso, a Rodovia Fernão Dias.

Quando ir para Monte Verde?

Seja nas estações mais quentes ou nas mais frias, não tenha dúvida que Monte Verde é sempre um bom destino para visitar. Contudo, os meses de junho e julho se destacam por serem alta temporada, e quando acontece o Festival de Inverno. Saiba mais sobre quando ir para Monte Verde.

Melhor época para ir a Monte Verde?

Os meses de abril, maio e agosto, são períodos mais moderados tanto de público, quanto dos valores de acomodações, pois são considerados meses de baixa temporada, ainda que apresentem clima invernal. Leia mais sobre a melhor época para ir a Monte Verde.

Onde fica Monte Verde?

Monte Verde é um distrito do município de Camanducaia, situado na região da Serra da Mantiqueira em Minas Gerais.

Como se locomover em Monte Verde?

Transitar por Monte Verde a pé é super possível, principalmente se o endereço de estadia ficar no centrinho do distrito. Mas levando em conta que muitas atrações ficam distantes, estar motorizado se faz necessário, seja com carro próprio, alugado ou contratando os serviços de transporte. Confira outras maneiras de se locomover em Monte Verde.