Não só de tango vive a capital argentina. Descubra o que fazer em Buenos Aires, a cidade mais européia da América Latina.

O que fazer em Buenos Aires – A capital argentina é o tipo de cidade que te convida para passeios agradáveis. Com largas avenidas, caminhos planos e arborizados é possível visitar muitos pontos turísticos em Buenos Aires a pé.

Buenos Aires oferece muito o que fazer, dentro e, principalmente ao ar livre. Por aqui você poderá curtir os ares da terra do alfajor em 2 dias. E, em 5 dias ir além do tango e do futebol, se sentindo em casa.

Apesar de muitos pedirem para evitar o mês de janeiro, dando preferência para Outono ou Primavera. Vale a pena arriscar o mês de janeiro, mesmo com o calor úmido.

Na bagagem muita roupa leve e nos passeios, hidratação. A cidade fica mais vazia e tranquila, isso porque boa parte dos locais preferem curtir o Verão nas praias. Nesta vibe, dá para encarar os meios de transporte públicos.

Ir para Buenos Aires é para arriscar a primeira ida ao exterior, para celebrar uma data importante, para curtir com os amigos, para compartilhar com a família, para voltar e aproveitar o que não deu tempo na primeira visita. É um passeio tranquilo, envolvente e de muitas descobertas.  

>> Para planejar sua viagem leia tudo no nosso post Buenos Aires Argentina – Guia COMPLETO para conhecer e planejar.

Você vai ler neste post:

Como se locomover em Buenos Aires

Os ônibus são meio retrôs, alguns até com luzes neon, decoração à parte, é preciso pagar em moeda, por trajeto. O valor precisa estar correto. Então, não bobeie e compre o Cartão Sube.

Dá para comprar logo no aeroporto, em outros pontos pela cidade, inclusive em alguns kioscos. Compre aos poucos e vá calculando, pois o dinheiro não é retornável. O Sube também funciona no metrô.

O táxi é considerado barato, porém todo cuidado é pouco, evite pagar com notas altas e combine o trajeto e custo antes. A verdade é que se pegar o gosto, vai mais bater perna do que qualquer outra coisa.

Como muitas capitais pelo mundo, o que fazer em Buenos Aires pode sair mais barato. Isto porque são muitas as opções de passeios sem custo. Claro, para completar, a moeda local deixa tudo mais atraente.


Encontre aqui ótima opções onde ficar em Buenos Aires com os melhores preços no Booking.

Booking.com

O que fazer em Buenos Aires em 2 dias

Aproveite os 2 dias para descobrir Buenos Aires na sua essência e simpatia. Caminhe pela Calle Florida repleta de lojas de roupas, casas de câmbio e pessoas tentando vender pacotes de passeio.

Fizemos um mapa pra você não se perder e deixar de conhecer nenhuma atração. 

Plaza de Mayo

Siga rumo a Praça de Maio, centro das principais manifestações. Foi nessa praça que a independência da Argentina começou. Com palmeiras do Rio de Janeiro a praça mais antiga da cidade é onde fica a Casa Rosada.

Ainda na Plaza de Mayo dá para admirar os edifícios de arquitetura europeia. Como o Banco Nacional da Argentina, a Catedral Metropolitana de Buenos Aires, com construção do séc. XVI.

O Cabildo, sede administrativa colonial, tem documentos importantes, exposições sobre a revolução de maio e sacadas com vistas belíssimas. E o Antigo Congresso Nacional, edifício feito por um dos primeiros arquitetos argentinos.

Casa Rosada

Monumento Histórico Nacional a Casa Rosada é a sede presidencial da Argentina. Construída em 1595 tem um jardim interno precioso. Dá até para ter a vista da sacada em que Evita Perón pronunciou seus discursos.

As visitas são guiadas, gratuitas e devem ser agendadas on-line com antecedência de 15 dias – acontecem somente aos sábados. Porém, o Museu da Casa Rosada (ou Museu do Governo) tem visitas abertas de quarta à domingo e feriados.

o que fazer em buenos aire - plaza del mayo
A Plaza del Mayo e com a imponente bandeira da Argentina – Foto: @casarosadaargentina via Instagram

Avenida de Mayo

Seguindo pela Avenida de Mayo pare na Confitería London City, refúgio de escritores como Julio Cortázar, a confeitaria funciona desde 1954. O prédio tem estilo europeu, com mesinhas na calçada e uma vitrine de doces de dar água na boca. Também serve refeições no almoço, jantar e até chá da tarde em estilo inglês. Amamos!

No quesito experiência gastronômica é mais interessante do que o famoso Café Tortoni. Ainda na Avenida de Mayo, o conhecido café vive repleto de grupos de turistas que entram e saem para ver o prédio. Não à toa, de origem francesa, o café portenho de 1858 tem um clima de passado. A luz baixa amarela, os móveis de madeira escura e os espelhos nos fazem viajar no tempo.

Após recarregar a bateria, siga pela Avenida de Mayo para encontrar a Avenida 9 de Julio. É muito legal fazer este caminho e observar o Obelisco surgindo na paisagem.

Idealizado pelo arquiteto argentino Alberto Prebisch, foi feito em 1936, para celebrar o quarto centenário da primeira fundação da cidade. A sua grandiosidade impacta, são 67,5 metros de altura, os prédios ficam miúdos perto dele. Para completar, é incrível ver os diversos ângulos do encontro entre a Avenida 9 de Julio com a Avenida Corrientes.

o que fazer em buenos aire
“El Obelisco” na Avenida 9 de Julio – Foto: Marta Mutti via Flickr

Teatro Colón 

Do encontro das avenidas, siga para o Teatro Colón, de importância mundial, com acústica impecável, a beleza de 1908 é encantadora. Em estilo eclético, sua sala principal tem formato de ferradura e cumpre normas rigorosas dos teatros clássicos italianos e franceses.

Ao lado da casa de ópera, a Plaza Lavalle te convida para um descanso apreciativo. Árvores e edifícios com diversas arquiteturas contam a história do local. O Teatro Colón possui visita guiada, paga e com duração de cerca de 50 minutos.

Se não tiver muito tarde, tente fazer o retorno pelos calçadões do centro antigo de Buenos Aires. Sinta o natural movimento do comércio local, tem até cinema de rua.

Detalhes internos do Teatro Cólon em Buenos Aires
Detalhes internos do Teatro Cólon em Buenos Aires
Foto: @teatrocolon - o que fazer em buenos aire
O lindo Teatro Colón

O que fazer em Buenos Aires em 3 dias

E se você for ficar um pouquinho mais aproveite o terceiro dia para conhecer melhor o bairro da Recoleta.

>> Leia mais no nosso post todas as dicas do que conhecer no bairro da Recoleta Buenos Aires.

Cemitério da Recoleta

Inaugurado em 1822, o Cemitério Recoleta é o primeiro da cidade. Apesar de famoso por ter a lápide de Eva Perón, aviso: não crie expectativas. A lápide de Perón é apenas um quadradinho.

Há muito mais mausoléus interessantes, alguns são tão grandes que parecem mini casinhas. Passe pelo portão imponente e descubra histórias curiosas nas mais de 4.000 abóbodas e mausoléus.

Para lembranças de Evita, melhor ir até a Praça Evita Perón e tirar uma foto com as esculturas de Evita e Juan Perón.

o que fazer em buenos aire - Cemitério da Recoleta
A entrada do Cemitério da Recoleta – vela muito a pena a visita! Foto: Flávio Antunes

Biblioteca Nacional Mariano Moreno

Ainda nesta praça fica a Biblioteca Nacional Mariano Moreno a maior do país. A arquitetura do prédio, iniciada em 1961 finalizada no início da década de 90, é um referencial da arquitetura moderna argentina.

Nela funciona o Museu do Livro e da Língua, atrás do prédio há uma escultura do escritor argentino Julio Cortázar.

Museu Bellas Artes

Próximo ao cemitério estão os principais museus de Buenos Aires. O Museu Bellas Artes tem a maior e principal coleção de arte argentina. Mais de 12 mil peças de arte argentina e europeia do século XIX. O prédio era casa de máquinas e depósito de água potável, virou museu em 1933 após reforma.

Atravesse uma simpática ponte e veja surgir a Floralis Generica. A flor de 20 metros em aço inoxidável e alumínio, foi um presente à cidade homenageando todas as flores. Com a ação da luz solar ela ‘brota’ ao amanhecer e fecha ao anoitecer. Por isso vale a pena ir visita-la em horários diferentes. 

A Floralis Generica com a Faculdade de Direito ao Fundo - Foto: Flávio Antunes
A Floralis Generica com a Faculdade de Direito ao Fundo – Foto: Flávio Antunes

Cultura em Recoleta

O reflexo das luzes, do espelho d’água e a beleza verde ao redor permitem cenários hipnotizantes. Ao lado, a Faculdade de Direito e sua grande escadaria atraem a atenção. O prédio é de 1942 em estilo dórico-grego.

Completando este roteiro, está o MALBAMuseu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires. Inaugurado em 2001, tem uma fachada em pedra e vidro de admirar. O museu possui as principais obras de artistas latino-americanos a partir do século XX. Inclusive, o quadro Abaporu, um dos mais importantes de Tarsila do Amaral, está exposto no MALBA.

Neste pique cultural, vá até a livraria El Ateneo Grand Splendid. Em 1919, o lugar era um teatro, em 1926 virou cinema e desde 2000 funciona uma livraria. Toda a caracterização relembra a sua história.

Um café ocupa o lugar do palco, com suas cortinas de camurça vermelhas entreabertas. Recheada de estantes em seus cinco andares, ainda dá para apreciar os afrescos italianos na cúpula central.

A Floralis Generica com a Faculdade de Direito ao Fundo - Foto: Flávio Antunes
As escadarias da Faculdade de Direito de Buenos Aires – Foto: Flávio Antunes
A livraria El Ateneo Grand Splendid por dentro
A livraria El Ateneo Grand Splendid por dentro

O que fazer em Buenos Aires em 4 dias

San Telmo

E que tal conhecer as antiguidades de San Telmo? O bairro mais antigo da cidade transpira saudades. Parece uma vila europeia das antigas, com casas coloniais, vielas de pedra, antiquários e cafés. Foi aqui, na Plaza Dorrego, repleta de barraquinhas e árvores, que assisti o primeiro tango ao ar livre.

O Mercado de San Telmo é famoso pelas antiguidades – de brinquedos a utensílios domésticos – quase tudo que possa imaginar. A comida no mercado é uma surpresa à parte, temperos mais típicos e preços super favoráveis. Inaugurado em 1897, tem uma grande cúpula central, sua estrutura é toda de metal e os tetos com vidros e chapas.

Aos domingos, a feira de San Telmo se estende pelas ruas do bairro começando na Plaza Dorrego. Inclusive é o dia mais cheio de San Telmo.

Além das igrejas, das ruas, San Telmo é o ponto de encontro da estátua da personagem Mafalda. A garota inquieta de 6 anos está sentada em um banquinho na esquina da Rua Chile com a Defensa. Os Susanita e Manolito estão ali do lado, acompanhando a pequena. É muito bacana.

E, se tiver no pique siga pelo Paseo de la Historieta. Descubra o humor ácido e divertido dos portenhos para questões de política e do dia a dia. Se possível, dê uma paradinha no charmoso Cosí Café e prove o alfajor caseiro. Simplesmente, delicioso.

San Telmo - o que fazer em buenos aires
Mercado de San Telmo
San Telmo - o que fazer em buenos aires
Mafalda, Manolito e Susanita, vale muito tirar uma foto com eles!

Caminito Buenos Aires

Caminito, em La Boca, é a viela mais colorida da cidade. São cerca de 150 metros de muita cultura, agitação e curiosidade. Os cortiços do início do século XIX foram restaurados pelo pintor Boca Quinquela. Muitos viraram lojas, bares e restaurantes. O pintor batizou o local de “Caminito” em homenagem ao popular tango de 1926.

O bairro não é considerado um dos mais seguros, então, não se empolgue em sair das áreas turísticas. Se estiver com vontade de comer o típico ‘asado argentino’, El Gran Paraiso é o lugar para você.

Bem ao lado do trilho de trem, é uma opção de bom custo benefício. O cardápio é bem variado e não vão tentar te enrolar. Em um momento de dúvida sobre qual opção escolher, eles explicaram o que tinha no prato clássico, e compreendendo o meu gosto, indicaram outro, que, a propósito, era mais em conta.

Caminito La Boca -o que fazer em buenos aires
As casinhas coloridas do Caminito em Buenos Aires

#FicaADica: logo na entrada do Caminito existem pessoas com roupas de tango, super simpáticos, se oferendo pra tirar fotos. Cuidado, eles irão te cobrar por essas fotos. 

>> Leia muito mais no nosso post Caminito em Buenos Aires – O que fazer, Como chegar, Onde comer e Onde ficar.

La Bombonera

E é nesta região diferente que está o La Bombonera, o estádio do Boca Juniors. É muito impressionante ver, de fora, o quanto as arquibancadas são íngremes.

Do lado de dentro, é possível fazer uma visita guiada pelo estádio. As arquibancadas são assustadoramente próximas do campo. Impossível não parar para imaginar o estádio lotado com 52 mil torcedores, em clássicos como do Boca com River Plate.

E, complete com a ida ao Museo de La Pásion Boquense que conta a história de mais de 100 anos do time.  

O que fazer em Buenos Aires em 5 dias

Puerto Madero

Se der a sorte e puder ficar 5 dias em Buenos Aires, aproveita para conhecer essa área nobre, o Puerto Madero.

O metro quadrado mais caro de Buenos Aires já foi a região mais abandonada. Puerto Madero se reinventou na história portenha, mostrando ao mundo como é possível sobreviver e aparecer. A partir de 1990, Puerto Madero passou por processos de revitalização. Os antigos armazéns usados para preservar cargas, foram repensados para fins residenciais e comerciais.

Atualmente, a região tem os melhores restaurantes, escritórios, hotéis, universidade e até um Cassino – estrategicamente flutuante para se manter legalizado. Com nomes de mulheres marcantes na ciência, arte e política, as ruas de Puerto Madero se somam à homenagem da Fuente de Las Nereidas e da Puente de La Mujer.

O passeio ao redor do rio é bem agradável, em ruas estilosas, é possível admirar os tijolos vermelhos em contraste com os modernos arranha-céus. De dia o lugar tem um ar mais familiar, esportista, de caminhadas.

O Puerto Madero vista de cima - Foto: Deensel via Flickr
O Puerto Madero vista de cima – Foto: Deensel via Flickr
Vista do Puerto Madero a noite - Foto: Javier Prazak via Flickr
Vista do Puerto Madero a noite – Foto: Javier Prazak via Flickr

Reserva Ecológica Costanera Sur

Dá para ir até a Reserva Ecológica Costanera Sur, com 350 hectares de muita fauna, flora e trilhas. Além de uma vista incrível do Rio da Plata. Em frente à reserva, admire a Fuente de Las Nereidas.

A escultura de 1903, em mármore branco, foi feita em Roma pela escultora argentina Lola Mora. O nascimento de Vênus é um tributo às mulheres argentinas.


Não esqueça do seguro viagem para Buenos Aires. Veja as promoções desta semana no Seguros Promo!

Seguro Viagem: América do Sul
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 11/dia*
AC 35 INTER + TELEMEDICINA AC 35 INTER + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*

Embarcações de Puerto Madero

No percurso dois barcos museus o Corveta Uruguay é o mais antigo navio de guerra a vela argentino ainda flutuando. Construído na Inglaterra em 1874, esteve na reafirmação da Argentina em terras da Patagônia, realizou resgates importantes e ainda auxiliou em funções científicas.

E, a Fragata Sarmiento, de 1897, considerada a mais moderna na sua época. Chegou a realizar 37 viagens ao redor do mundo, participou de coroações e esteve na abertura do Canal do Panamá, em 1914.

Inspirada no movimento de um casal dançando tango, vemos a Puente de La Mujer. Projetada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, a ponte para pedestres, gira 90 graus em dois minutos abrindo passagem aos navios.

As embarcações em Puerto Madero continuam em funcionamento. A Humberto M realiza passeios pelo Rio de la Plata. O passeio de barco inclui almoço e a vista panorâmica da cidade é inesquecível.

Ainda a Proa Urbana oferece transporte fluvial para Tigre, San Isidro e outros. Já os grandes barcos da Buquebus vão te levar para o Uruguai.

Colonia del Sacramento, Uruguai

Aqui vai mais uma boa dica, se tiver um dia extra, vá com a Buquebus para Colonia del Sacramento. A cidade mais antiga do Uruguai, colonizada por portugueses, pode ser aproveitada em um dia. Casas de pedras, ruas irregulares e um climinha bem intimista em um frescor de serra super atraente.

Uma dica bem legal, é alugar uma scooter (moto) para conhecer a cidadezinha, que é cheia de ruas e lugares super charmosos. 

Colonia del Sacramento  -o que fazer em buenos aires
A cidadezinha próxima a Buenos Aires – Colonia del Sacramento no Uruguai
Colonia del Sacramento  -o que fazer em buenos aires
As ruazinhas de Colonia del Sacramento, no Uruguai

O que fazer em Buenos Aires a noite

Encontrar o que fazer em Buenos Aires de noite pode ser tão prazeroso quanto é de dia. São opções para todos os gostos, bolsos e em vários pontos da cidade.

O clássico show de tango, provar sorvetes, conversar com os amigos nas mesas dos bares. Sentir a vibração das baladas, ou até mesmo, uma ida inocente ao cinema. Importante é aproveitar ao máximo.

Show de Tango

Se esta é a sua primeira viagem a Buenos Aires, vá a um bom show de tango. Se já visitou Buenos Aires, mas nunca foi, vá! Na primeira oportunidade que surgir, apenas vá.

São diversas opções, você descobrirá as facetas do tango – do clássico ao contemporâneo. Normalmente, o show acontece durante um jantar com entrada, prato principal, sobremesa, bebidas (inclusive alcoólica) e um cafezinho, mais o transfer do hotel.

Minha feliz experiência foi no Café de Los Angelitos, próximo do Congresso Nacional de Buenos Aires. O ambiente tem um clima bem envolvente. São três tipos de cardápio: standard, executivo e vip. O standard é muito bem servido e não decepciona.

Um inspirador musical, com 21 artistas envolvidos, conta a história do tango. A dança transpirava sensualidade e paixão, a comida estava deliciosa, o vinho saboroso e o atendimento primoroso. Apesar de as mesas serem compartilhadas, é possível assistir e comer confortavelmente.

E, se você optar em ir na época de Agosto, fique ligado. Sempre rola o Festival de Tango na cidade de Buenos Aires, com uma programação bem animada, variada e em vários pontos da capital.

Outro opção bem legal para ir é o Señor Tango, uma casa bem famoso. Veja abaixo algumas fotos desse show. 

Cinema de Rua

Para sentir aquela vibe real do lugar, vá em uma sessão de cinema de rua. O Monumental funciona desde 1934, mantém o estilo retrô e fica bem nos calçadões movimentados do centro. Algumas salas podem ser pequenas, com telas parecendo mais um Ipad gigante.

Mas, sentir a reação dos telespectadores, como se estivessem assistindo uma peça de teatro, foi revelador. Se possível, dê preferência para filmes locais.

Sorveterias

As quentes noites em Buenos Aires são perfeitas para ir à uma sorveteria. Na cidade, elas estão por todos os lados, com opções para comer no local, ou levar em potes de isopor.

A sorveteria Un’Altra Volta possui mais de 20 unidades na capital, muitas fecham depois das 22h. Dá para se perder nos sabores, tem doce de leite com amêndoas e avelãs caramelizadas.

E não deixe de provar os deliciosos cubanitos com doce de leite. Os variados e criativos picolés do Lucciano’s são encantadores. O de cannoli com doce de leite é divino, também tem de massa, tente o banana split.

Café, Bares e Restaurantes

Mais um bom motivo para aproveitar Buenos Aires no verão é – as mesinhas nas calçadas. Sim, boa parte das opções de cafés, bares e restaurantes (muitas vezes, as três opções estão em um lugar só), colocam as mesinhas para fora no cair da tarde. Promoções para bebidas, aperitivos e afins são super atraentes.

Na região próxima ao centro, como na Calle Reconquista há uma variedade de opções com bom custo benefício. Do irlandês The Kilkenny, com toda a sua decoração temática de pub. Ao ambiente rústico da cervejaria argentina Cevelar, com suas torneiras de sabores.

Puerto Madero ganha um brilho extra dos barcos, dos restaurantes, dos prédios e o reflexo na água. Beirando o rio, dá para comer de japonês, italiano, americano a parrila argentina.

As opções são mais caras, com pratos mais elaborados e uma vista incrível da região portuária. O Johnny B. Good tem temática rock em um ambiente descolado. Além de um cardápio bem completo, com direito a hambúrguer vegetariano, tem boas promoções para o happy hour.

Para uma experiência mais sofisticada tente o Puerto Cristal, as opções com frutos do mar são apetitosas.

#AnotaADica: os valores de segunda a quinta são mais em conta.

O restaurante Puerto Cristal - o que fazer em Buenos Aires
O restaurante Puerto Cristal a noite – Foto: @puertocristal_restaurant via Instagram

Baladas em Buenos Aires

Agora se a ideia é cair na noite para dançar, Palermo está te esperando. Considerado um dos bairros mais animados da noite portenha, tem bares para o esquenta e boates para se agitar.

>> Leia mais o que fazer a noite em Palermo Buenos Aires aqui no post.

O El Alamo possui três ambientes, mais tranquilo no bar, agitação na pista de dança e um terraço aberto. Vale conferir a programação e a entrada é com consumação.

Ah, é permitido fumar dentro do ambiente, podendo ser incômodo para algumas pessoas. Para aproveitar algo mais portenho, os bons drinques com música eletrônica do underground Levitar Bar vão te conquistar.

Onde ficar em Buenos Aires

Se tratando de acomodação. Tente tirar o melhor proveito com base no roteiro e nos preços. A variação de valores é grande e significativa. Opções com piscina aumentam o custo, mas pode valer o investimento. Ah, e fique ligado, muitos não oferecem café da manhã.

>> Leia nosso Guia Completo Onde Ficar em Buenos Aires – As Melhores Opções do Econômico ao Luxo – Bairro a Bairro.

Encontre no Booking.com os melhores preços onde ficar em Buenos Aires.

Booking.com

Gastronomia em Buenos Aires

Doces e mais Doces

Ah, os alfajores e doces de leites argentinos! Sim, são deliciosos. Não, não compre da Havanna, se já comeu por aqui. Existem opções mais saborosas e mais em conta. Além dos mercados, outro ótimo lugar para explorar são os atacados de doces. A La Golosineria tem três lojas com delícias para você escolher.

Ainda falando dos alfajores, seguem três boas opções. O Guaymallen, é saboroso, meio seco, macio, tem em todo o canto e um dos mais baratos. O Cachafaz é mais elaborado, um dos mais caros. Vale a pena investir no alfajor sem cobertura, com um caprichado recheio de doce de leite e coco ralado.

E, por favor, prove o conito, doce de leite coberto de chocolate, é tipo, perfeito. Sim, eles vendem apenas o doce de leite.

Já o La Recoleta virou o preferido, isto porque o alfajor é delicioso, macio, úmido e não é caro. Com certeza, o melhor custo benefício. E eles tem uma opção de pacote com 10 unidades de alfajores menores, embrulhados individualmente.

Para entrar no clima de Buenos Aires, já dá para comer doce de leite argentino mais em conta no Brasil. O doce de leite La Serenissima é bem popular em Buenos Aires, e está nos mercados brasileiros com bom preço. Um pouco mais caro, o premium San Ignacio também é visto em algumas prateleiras.

Comidinhas

Uma experiência gastronômica interessante em Buenos Aires são as marmitas. Normalmente oferecidas em restaurantes chineses ao estilo self-service, por quilo, funcionam em modo marmita.

Você se serve e vai embora, nem tem lugar direito para sentar. Mas, é super organizado, com variedade de comida e gostoso. Como o Hot Express em Puerto Madero, na Calle Olga Cossettini, 1108. Abre de segunda à sexta, das 11h30 às 16h30.

>> Leia mais sobre no post Restaurantes Buenos Aires – O Guia dos Melhores Lugares para Comer.

As famosas empanadas, estão espalhadas pela cidade como ‘simples’ salgados. Existem os lugares mais famosos. Se tiver oportunidade vá na Calle 25 de Mayo, 743. Bem escondidinho, rústico, sem nome na fachada, este é o lugar com uma das melhores empanadas e tortas já provadas.

o que fazer em buenos aires - empanadas

É viciante, fresquinha e super típicas. Eles ainda oferecem outros pratos. O horário de funcionamento também é diferenciado, de segunda à sexta, das 11h às 15h.

Falando em café da manhã, as medias lunas são uma atração à parte. Estão por todos os lugares: salgadas ou adocicadas. Praticamente o pão francês da Argentina. E, assim como nosso pão francês, cada lugar consegue um nível de qualidade e sabor.

Dar um pulo no mercadinho é legal, você descobre muita coisa local e barata. Como as Galettas Pepas, as Pepas levemente amanteigadas e com goiabada no meio, algumas são de doce de leite, podem ser viciantes.

O que você PRECISA saber ANTES de ir para Buenos Aires

Você está cheio de coisas para pensar e ainda tem que planejar a viagem inteira? Ou você já viu tudo, mas está com aquela conhecida sensação “Será que esqueci alguma coisa?”

Então calma, nós te ajudamos com 3 itens que você não pode esquecer antes de embarcar. Vamos lá?

1) Não esqueça do Seguro Viagem para Mendoza

Onde comparar: SEGUROS PROMO

O seguro viagem não é obrigatório para visitar a Argentina. Mas seguro viagem nunca é de mais né, tudo pode acontecer. Ou nada pode acontecer, é verdade. Mas adquirir um seguro viagem é ficar com a cabeça tranquila para qualquer eventualidade.

Nós usamos e indicamos contratar um seguro viagem com o Seguros Promo. Aproveite e verifique as opções que mais valem a pena para você!

#FicaADica: Economize 10% em seu seguro viagem.  Use o cupom DICASDEVIAGEM5 para ganhar 5% de desconto e pague no boleto para garantir 5% OFF adicional.

Seguro Viagem: América do Sul
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 11/dia*
AC 35 INTER + TELEMEDICINA AC 35 INTER + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*

2) Como ter internet ilimitada durante a viagem

Onde Comprar: EASYSIM4U

Você sabia que está cada vez mais fácil – e barato – ter internet ilimitada durante toda a viagem? 

É só pedir um chip de celular internacional através da EASYSIM4U. Nós sempre usamos e adoramos! Eles enviam um chip em seu endereço no Brasil, você insere no seu celular quando chega no destino e tem internet ilimitada durante toda a viagem.

#FicaADica: Economize com o aluguel de GPS no carro e use o GoogleMaps e Waze com sua internet ilimitada ;).

3) Alugue carros com os melhores preços

Onde Alugar: RENT CARS

Gostamos muito da RentCars para encontrar os carros que usamos em nossas viagens. Ela é a única no Brasil que compara as melhores locadoras do mundo, mas te deixa pagar em reais, sem IOF. Além disso, também é a única que deixa você pagar em 12x sem juros. Vale a pena!

#FicaADica: Tente encontrar carros com a cobertura completa de seguro para o carro e terceiros. Assim, você evita surpresas inoportunas na hora de retirar o carro.

Além disso, Fique muito esperto ao fechar com outros comparativos de locadoras de carro. Isso porque, os preços geralmente são cobrados em dólar e fecham com o seu cartão. Se o dólar subir, o preço do seu aluguel de carro também sobe.

Anotou todas as dicas? Agora é so arrumar a mala e partir pra conhecer a cidade dos hermanos. E você? Já sabe o que fazer em Buenos Aires?

Leia mais sobre Buenos Aires

Ah, e não esqueça de ler ainda mais sobre cada cantinho da cidade nos posts completos: