Venha conferir uma seleção com as melhores dicas de o que fazer em Paris para saber quanto você irá gastar e decidir quais pontos turísticos irá visitar!

Fazer um roteiro completo para a capital da França é um desafio e tanto considerando a quantidade de pontos turísticos existentes por lá, não é mesmo? Museus, parques, monumentos e igrejas estão espalhadas por toda a cidade e geram dúvidas na hora do planejamento da viagem, então nesse post separamos as melhores dicas de o que fazer em Paris para facilitar a sua viagem.

Aqui você pode conferir as atrações mais visitadas e reconhecidas da Cidade Luz, além de conferir dicas de passeios para fazer gratuitamente, com crianças, à noite ou com chuva. Deste modo, você pode reservar os que mais se encaixarem para o período da sua viagem por Paris!

Vem com a gente saber tudo o que fazer em Paris e ainda conferir um roteiro completo para viagens de 1 a 7 dias pela cidade. 😉

Principais pontos turísticos de Paris

Montamos uma seleção com os pontos turísticos de Paris mais espetaculares. As atrações vão desde parques até museus, e agradam todo tipo de público, crianças ou adultos.

  1. Torre Eiffel
  2. Museu do Louvre
  3. Champs-Elysées e Arco do Triunfo
  4. Palácio de Versalhes
  5. Jardim de Luxemburgo
  6. Panteão
  7. Catedral de Notre-Dame, Sainte-Chapelle e Conciergerie
  8. Basílica de Sacré-Coeur
  9. Museu l’Orangerie
  10. Ópera Garnier
  11. Eurodisney
  12. Moulin Rouge
  13. Museu d’Orsay
  14. Galeria Lafayette
  15. Centro Pompidou
  16. Museu Rodin
  17. Catacumbas de Paris

Confira abaixo os detalhes sobre cada um:

1 – Torre Eiffel

Foto da frente da Torre Eiffel iluminada à noite, uma das opções de o que fazer em Paris.
A Torre Eiffel se ilumina após o pôr do sol – Foto: Flávio Antunes

A Torre Eiffel é o monumento mais visitado do mundo e também é o símbolo mais famoso da capital francesa. Quem vai até Paris não pode perder a oportunidade de subir no topo do local para contemplar a vista magnífica de cima da cidade, além de fazer belos registros e olhar ainda pelo telescópio disposto aos viajantes. Pela Civitatis é possível comprar ingressos para o 2º ou o 3º andar da Torre, além de garantir um cruzeiro pelo Sena seguido por almoço na Madame Brasserie, o restaurante da atração!

2 – Museu do Louvre

Pirâmide de vidro em frente ao Museu do Louvre, uma das opções de o que fazer em Paris. Há um caminho indicado para os viajantes, que estão sentados em bancos ao lado da instalação.
Famosa pirâmide de vidro do Museu do Louvre – Foto: Waves via Flickr

Conhecer a icônica Monalisa, a Vênus de Milo e outras centenas de obras famosas irá tornar a viagem ainda mais especial, por isso o Museu do Louvre é outro ponto turístico que não pode ficar de fora do seu roteiro pela Cidade Luz. O local conta com 400 salas e 35 mil peças expostas, então é necessário separar bastante tempo para percorrer os corredores. É possível garantir a entrada gratuita na primeira sexta-feira do mês, a partir de 18h (exceto julho e agosto), ou ainda optar por comprar os ingressos antecipados na Civitatis por € 81 e garantir uma visita guiada em português!

3 – Champs-Elysées e Arco do Triunfo

Arco do Triunfo, uma das opções de o que fazer em Paris, visto de baixo com o céu azul logo acima. Vários carros e motos circulam o ponto turístico.
Arco do Triunfo – Foto: Bárbara Tigre

A famosa Avenida Champs-Elysées é um recanto de compras luxuosas que reúne marcas famosas e grifes sofisticadas. Localizada no 8º arrondissement, a avenida liga o Arco do Triunfo ao Jardim das Tulherias e merece uma visita durante a estadia na Cidade Luz. Aqueles que planejam conhecer o Arco irão gostar de saber que o mirante do topo é gratuito no primeiro domingo de cada mês (entre novembro e março), mas os ingressos comprados antecipadamente por € 16 também garantem uma visita à exposição com maquetes e objetos relacionados ao período napoleônico.

4 – Palácio de Versalhes

Lustres de cristal com velas pendurados na Sala dos Espelhos, no Palácio de Versalhes, uma das opções de o que fazer em Paris. As paredes decoradas com painéis possuem janelas e espelhos, além de estátuas e outras obras de arte. O teto abobadado também possui pinturas.
Sala dos Espelhos, Palácio de Versalhes – Foto: Jean-Philippe Delberghe via Unsplash

Embora esteja localizada na cidade vizinha, a construção de Versalhes é uma das mais visitadas por quem viaja para a região e vale super a pena, principalmente para quem contrata uma excursão ao Palácio de Versalhes a partir de Paris. A antiga morada de Maria Antonieta e de diversos outros monarcas conta com mais de 2.300 cômodos divididos entre apartamentos da família Real, salas de coroação e a famosa Galeria dos Espelhos. A visita ao palácio, que inclui acesso aos jardins e às exposições, custa € 19,50, mas quem viaja entre os meses de novembro e março pode entrar de graça no primeiro domingo do mês.

5 – Jardim de Luxemburgo

Flores coloridas ao redor de um gramado com um palácio de fundo no Jardim de Luxemburgo, uma das opções de o que fazer em Paris. Vários bancos de metal estão dispostos ao redor do gramado, e há mais árvores espalhadas pelo local.
Jardim de Luxemburgo – Foto: Bárbara Tigre

Perfeito para quem planeja aproveitar um dia ensolarado num parque bem no centro da cidade, o Jardim de Luxemburgo fica no Quartier Latin, perto do Panteão. Abrigando o Senado Francês e contando com lindas áreas verdes, o local possui vários bancos para que você possa relaxar e aproveitar a paisagem. Há ainda muitas estátuas, áreas de pomar, estufas, orquidário e laranjal, além da bela Fonte de Médici que é cercada por árvores que formam uma vista maravilhosa.

6 – Panteão

Fachada do Panteão, uma das opções de o que fazer em Paris. Várias colunas e figuras romanas fazem parte do local, e há um domo no topo. Há algumas pessoas passeando ao redor.
Na crípta do Panteão ficam os túmulos de Voltaire, Rousseau, Victor Hugo e Marie Curie – Foto: Nick Loyless via Flickr

Projetado pelo arquiteto Jacques-Germain Soufflot, o Panteão é uma construção neoclássica super chamativa no Quartier Latin. Contando com belas pinturas e esculturas que retratam cenas religiosas, o local foi encomendado pelo rei Luis XV como um local de culto dedicado a Santa Genoveva, padroeira de Paris, mas se tornou um mausoléu para importantes figuras da Revolução Francesa. Quem compra o ingresso para o Panteão por € 13 pode conhecer tanto a crípta quanto o andar térreo, onde estão as belíssimas obras de arte. O local também oferece entrada gratuita no primeiro domingo do mês!

7 – Catedral de Notre-Dame, Sainte-Chapelle e Conciergerie

Basílica de Notre-Dame, uma das opções de o que fazer em Paris. A igreja está ao lado esquerdo da imagem, perto de algumas árvores. Ao lado direito está o rio Sena.
Basílica de Notre-Dame – Foto: Bárbara Tigre

A Catedral de Notre-Dame, a Sainte-Chapelle e a Conciergerie são as jóias arquitetônicas da Île de la Cité. Embora a Notre-Dame esteja fechada para visitação desde o grave incêndio de 2019, é possível comprar ingressos e visitar as duas outras construções por um único preço. Enquanto a Sainte-Chapelle reúne uma coleção de arte sacra e vitrais coloridos que iluminam a construção gótica, a Conciergerie é onde funciona hoje o Palácio de Justiça, mas durante a visita é possível conhecer a cela de Maria Antonieta, calabouços subterrâneos obscuros e a Torre do Relógio.

8 – Basílica de Sacré-Coeur

Fachada da Basílica de Sacré-Coeur, uma das opções de o que fazer em Paris. Vários domos compõem o local, que tem esculturas de cavaleiros à frente.
Basílica de Sacré-Coeur – Foto: Bárbara Tigre

Localizada no boêmio bairro de Montmartre, a Basílica de Sacré-Coeur é uma imponente construção que mistura as arquiteturas românica e bizantina. Durante a visita é possível conhecer os jardins, o interior da igreja e o domo que fica a 83 metros de altura do solo. Para quem não dispensa a vista incrível do topo da cidade e está disposto a subir 292 degraus até o mirante, a visita custa € 7 e a entrada fica na lateral esquerda da Basílica. O interior da igreja pode ser visitado gratuitamente.

9 – Museu l’Orangerie

Duas mulheres vendo um quadro impressionista no Museu l'Orangerie, uma das opções de o que fazer em Paris. O quadro ocupa a parede toda.
Les Nymphéas de Claude Monet no Museu l’Orangerie – Foto: Baptiste Pons via Flickr

Quem é apaixonado pelas pinturas impressionistas de Claude Monet vai se encantar com a visita ao Museu l’Orangerie, que fica no Jardim das Tulherias. O edifício em que está situado é uma antiga estufa de laranjas (daí o nome), e a exposição é disposta conforme ordenado pelo próprio Monet a fim de exibir as enormes telas da coleção dos Nenúferes. Além disso, obras de grandes mestres como Cézanne, Renoir, Picasso, Rousseau e Matisse também estão expostas por lá.

A entrada é gratuita no primeiro domingo de cada mês, e os ingressos para o museu em outros dias custam € 12,50.

10 – Ópera Garnier

Escadarias e colunas rebuscadas na Ópera Garnier, uma das opções de o que fazer em Paris. Lustres e luminárias luxuosas estçao espalhadas pelo local.
Interior da Ópera Garnier – Foto: Masood Aslami via Pexels

Para os fãs de “O Fantasma da Ópera” e apreciadores da arquitetura elegante neobarroca, o Palácio Garnier abriga a ópera homônima que, junto à Ópera da Bastilha, formam a Ópera Nacional de Paris. O lugar reflete a magnificência da época em que foi construída, a pedido de Napoleão, principalmente nos foyers decorados com folhas-de-ouro e mosaicos. O ingresso da Ópera Garnier custa € 15 e garante acesso à Grande Escadaria, à Rotonde des abonnés, à sala da Lua e do Sol e à Biblioteca do Museu da Ópera, por exemplo. Os ingressos para o espetáculo devem ser adquiridos no site oficial da Ópera.

11 – Disneyland Paris

Visão da Disneyland Paris, uma das opções de o que fazer em Paris, de um local coberto. Ao fundo é possível ver o Castelo da Bela Adormecida com suas torres, e outras construções ao redor. Várias pessoas caminham ali.
Castelo da Bela Adormecida na Disneyland Paris – Foto: Barbara Tigre

Quem viaja com a família toda para a Cidade Luz e tem dúvidas sobre o que fazer em Paris vai adorar a recomendação de uma excursão à Disneyland Paris. O parque possui dois centros: o Parque Disneyland, onde estão os personagens mais populares da Disney, e o Parque Walt Disney Studios, com brinquedos mais atraentes para adultos. O ingresso para o parque custa a partir de € 56 (um parque), mas é possível adquirir entradas para os dois a partir de € 81.

12 – Moulin Rouge

Fachada do Moulin Rouge iluminada em vermelho à noite. Várias grades protegem a fila do local, e há letreiros e um moinho de vento se movimentando ali. Essa é uma das opções de o que fazer em Paris.
Fachada do cabaré Moulin Rouge – Foto: Vadim Sadovski via Unsplash

O Moulin Rouge é um tradicional cabaré localizado no bairro de Montmarte. Inaugurado em 1889 e já frequentado por personalidades como Edith Piaf, Liza Minelli e Frank Sinatra, o local remonta ao período da Belle Époque de Paris. É possível adquirir um ingresso apenas para o espetáculo “Feérie” por € 135 ou escolher a opção que é precedida por um jantar com o Menu Toulouse-Lautrec e meia garrafa de champanhe por € 250.

13 – Museu d’Orsay

Um casal observa a estátua e os quadros pendurados no Museu d'Orsay, uma das opções de o que fazer em Paris.
Obras no Museu d’Orsay – Foto: Diane Picchiottino via Unsplash

O Museu d’Orsay é, assim como o Louvre, muito buscado pelos amantes de arte que visitam a capital francesa. Situdo no antigo edifício da estação ferroviária de Orsay, o local é composto principalmente por obras do período impressionista e pós-impressionista e exibe nomes como Monet, Renoir, Van Gogh, Manet, Delacroix e Cézanne. O ingresso para o museu custa € 16 e pode ter hora marcada para evitar as grandes filas, mas também é possível garantir entrada gratuita no primeiro domingo de cada mês.

14 – Galeria Lafayette

Interior da Galeria Lafayette, que é repleta de lojas em suas salas abobadadas e é uma das opções de o que fazer em Paris.
Pavilhões da Galeria Lafayette – Foto: Eddy Van 3000 via Unsplash

A Galeria Lafayette é outro ótimo ponto de compras em Paris e até mesmo possui uma unidade localizada na Champs-Elysées. Quem pretende visitar o local original deve-se destinar ao 9º arrondissement, pertinho da Ópera Garnier. O local conta com mais de 3 mil marcas e ocupa um quarteirão inteiro, mas também é super famoso pelo mirante gratuito no seu topo que garante uma linda vista da cidade. É possível contratar um tour guiado (em inglês ou francês) pelo local ou simplesmente explorá-lo por conta própria.

15 – Centro Pompidou

Escadas rolantes coloridas na fachada do Centro Pompidou, uma das opções de o que fazer em Paris.
Fachada do Centro Pompidou – Foto: Meizhi Lang via Unsplash

O Centro Pompidou abriga atualmente o Museu Nacional de Arte Moderna francês que exibe obras de Matisse, Picasso, Kandinsky e Warhol, por exemplo. Contando com mirante, biblioteca e sala de cinema, o local chama muita atenção por conta de sua fachada colorida e repleta de escadas rolantes, canos e elevadores que fazem muita vista em meio ao cinza do 4º arrondissement. Para visitar o local você deve comprar um ingresso por € 15 que dá direito à exposição permanente e ao mirante, ou ainda pode entrar de graça no primeiro domingo de cada mês.

16 – Museu Rodin

Uma fonte está no centro do jardim, que é cercado por árvores e gramados. Ao fundo fica o Hotel Biron, instalação onde funciona o Museu Rodin, uma das opções de o que fazer em Paris.
Jardins do Museu Rodin – Foto: Jim & Robin via Flickr

Quem quer fazer um passeio tranquilo enquanto conhece esculturas famosas numa exclusiva mansão rococó do século XVIII vai adorar o Museu Rodin. Ali podem ser conferidas obras como “O Pensador”, “O Beijo”, “Os Burgueses de Calais” e a “Porta do Inferno”, todas de Auguste Rodin, mas há uma sala totalmente dedicada Camille Claudel, que foi aluna, colaboradora e amante do artista. O ingresso do museu custa € 15, mas quem viaja entre os meses de outubro a março pode entrar gratuitamente.

17 – Catacumbas de Paris

Corredor subterrâneo com paredes de ossos e crânios nas Catacumbas, uma das opções de o que fazer em Paris.
Corredor nas Catacumbas de Paris – Foto: Civitatis

Já para aqueles em busca de passeios alternativos em Paris, as famosas Catacumbas irão permitir que os visitantes explorem as profundezas da cidade por meio de caminhos repletos de ossos de milhares de parisienses. Os túneis possuem 1,5 km de extensão e piso irregular, então prepare-se bem para o trajeto. Os ingressos das catacumbas são super disputados e custam € 29, por isso é importante comprá-los antecipadamente.

Confira mais opções de passeios em Paris para um roteiro imperdível.

Museus em Paris

Pessoas olhando para o quadro de Mona Lisa no Louvre. - Foto: Eric TERRADE via Unsplash
Mona Lisa no Museu do Louvre – Foto: Eric TERRADE via Unsplash

Há mais de 150 museus espalhados por Paris, então com certeza é possível encontrar o passeio ideal durante sua estadia por lá. Acima já falamos um pouco sobre alguns dos mais famosos, mas existem muitos outros que valem a pena ser conhecidos no ramo da moda, por exemplo, como o Museu Yves Saint Laurent e a Fundação Louis Vuitton.

Uma ótima dica para quem planeja visitar várias instalações é adquirir um Museum Pass, que custa a partir de € 79 e garante acesso ilimitado e sem filas a mais de 60 museus por até seis dias na capital francesa. É possível também aproveitar os dias gratuitos de certos museus, como os que oferecem entrada na faixa no primeiro domingo de cada mês!

Existe uma infinidade de lugares para visitar com obras de arte dos mais diversos movimentos artísticos, então recomendamos uma lida no nosso guia de museus em Paris. Veja abaixo uma lista com os mais recomendados na cidade:

Confira mais opções de passeios em Paris para um roteiro imperdível.

O que fazer em Paris de graça

Sabemos que uma viagem para a capital francesa não sai barata, principalmente contando com as passagens de avião, a alimentação, a hospedagem e outros gastos pontuais. Mas você sabia que também é possível fazer atividades gratuitas em Paris? Pois é, embora várias atrações sejam pagas, há a possibilidade de conhecê-las sem pagar nada.

Veja uma lista com as principais opções de o que fazer em Paris de graça:

Confira mais opções de passeios em Paris para um roteiro imperdível.

O que fazer em Paris com crianças

Quando se fala em viagem com as crianças para Paris, a primeira coisa que se pensa é uma visita à Eurodisney. Apesar de ser uma ótima ideia passar um ou dois dias se divertindo pelas atrações do parque, a família também pode visitar outros pontos turísticos de Paris e fazer recordações incríveis com os pequenos! A seguir separamos algumas ideias de o que fazer em Paris com as crianças para ajudar no planejamento, confira:

  • Subir no 2º andar da Torre Eiffel, fazer um piquenique na Champ de Mars e levar as crianças no carrossel
  • Visitar o Jardim de Luxemburgo e o Jardim das Tulherias, que possuem parques e vários brinquedos para entreter os pequenos
  • Passear pelo Zoológico de Paris e pela Grande Galerie de l’Évolution no Jardim das Plantas
  • Visitar alguns museus, como o Museu do Chocolate e a Fundação Louis Vuitton
  • Alternar entre a Disneyland Paris e o Jardin d’Acclimatation, um parque de diversões perto da Fundação Louis Vuitton
  • Fazer belos registros em frente à pirâmide de vidro do Louvre

Confira mais opções de passeios em Paris para um roteiro imperdível.

O que fazer em Paris à noite

A Cidade Luz, como o próprio nome diz, ganha vida à noite e merece um roteiro especial de passeios após o entardecer para conhecer a bela arquitetura do destino. Alguns lugares são muito frequentados, como a Torre Eiffel com suas luzes piscantes, mas além dela separamos outras dicas de o que fazer em Paris à noite. Confira nossas indicações:

Confira mais opções de passeios em Paris para um roteiro imperdível.

O que fazer em Paris com chuva

Caso esteja chovendo durante os seus dias de estadia em Paris, não precisa ficar preocupado! Faça chuva ou faça sol, a Cidade Luz tem passeios para todos os tipos de clima. A maioria dos museus em Paris ficam concentrados em áreas cobertas, então passear pelas instalações diversas disponíveis na cidade é uma ótima ideia. A seguir separamos alguns dos melhores para aproveitar nos dias de chuva inesperada e outras escolhas de o que fazer em Paris com chuva, veja:

Confira mais opções de passeios em Paris para um roteiro imperdível.

Restaurantes em Paris

Fachada do Café de Flore, uma cafeteria com mesas na calçada em Saint Germain. Várias pessoas estão sentadas ali degustando de bebidas e comidas durante o dia. - Foto: Chahriar Hariri via Unsplash
Café de Flore – Foto: Chahriar Hariri via Unsplash

A culinária francesa é uma das mais conhecidas internacionalmente e conta com receitas repletas de castanhas, cogumelos, trufas, queijos, vinhos, manteigas finas, pescados e açúcar. Alguns dos pratos mais populares de origem francesa são o boeuf bourguignon e o coq au vin (com vinho), o foie gras e o ratatouille, além dos clássicos macarons, petit gateau e crème brûlée.

Diversos restaurantes em Paris são conhecidos internacionalmente, já outros possuem fama por terem sido frequentados por personalidades nas décadas passadas, como Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir, Albert Camus e Ernest Hemingway. Também é possível desfrutar de refeições aos pés da Torre Eiffel e no memorável café do filme “O Fabuloso Destino de Amelie Poulain”! Veja a seguir algumas recomendações:

Onde ficar em Paris

Quarto do Hôtel des Arts Montmartre. Uma cama de casal está encostada na parede ao lado esquerdo com mesinhas de cabeceira e luminárias aos dois lados, assim como um banco aos pés. Ao lado fica uma janela com cortinas, e em frente à cama há uma mesa com cadeira e abajur.
Clique na imagem e faça sua reserva no Hôtel des Arts Montmartre

Paris conta com centenas de escolhas de hospedagens entre hotéis em Paris, aluguel de temporada em Paris, hostels em Paris e bed & breakfast em Paris, mas a melhor recomendação é garantir um lugar perto dos pontos turísticos que você pretende visitar. Na lista a seguir você pode conferir uma opção de cada tipo de hospedagem na cidade que ficam super bem localizadas por lá:

Conheça mais hotéis em Paris para garantir a estadia perfeita.

Veja mais dicas de Paris

As dicas ainda não acabaram! Deixamos abaixo uma lista de posts completos para te dar uma mãozinha no planejamento da sua viagem:

Dúvidas frequentes

Onde comprar ingressos para as atrações de Paris?

Uma ótima dica de onde comprar ingressos para tudo o que fazer em Paris é na Civitatis! No site é possível fazer compras parceladas em até 12 vezes sem IOF! Veja os preços dos passeios.

O que fazer em Paris em 1 dia?

Se você separou apenas 1 dia para explorar a Cidade Luz, o passeio deve ser mais focado nas principais atrações e precisa começar bem cedo. A Torre Eiffel deve estar nas prioridades da lista, mas com o pouco tempo não recomendamos a subida, e sim que você admire o monumento enquanto caminha pela Champ de Mars. Depois, siga direto para a Champs-Elysées e entre nas lojas que preferir, mas não fique sem tirar belas fotos no Arco do Triunfo. Ao final da caminhada, passe o fim de tarde no Jardim das Tulherias e tire belas fotos em frente à pirâmide de vidro no Louvre.

O que fazer em Paris em 2 dias?

Assim como no roteiro para 1 dia em Paris, quem planeja passar 2 dias na Cidade Luz vai poder passar pela Torre Eiffel, pela Champs-Elysées e pelo Museu do Louvre. No entanto, como há mais tempo, recomendamos deixar o Louvre para o segundo dia da viagem. Deste modo, você segue do Arco do Triunfo direto para o Jardim de Luxemburgo e pode esticar o passeio para o Panteão! Já no segundo dia, você pode dividir seu tempo entre explorar o museu e a Basílica de Sacré-Coeur, no Montmartre. Aproveite para conhecer também alguns cafés famosos no bairro. 😉

O que fazer em Paris em 3 dias?

Quem quer subir no 2º andar da Torre Eiffel vai encontrar um bom tempo para isso no roteiro de 3 dias em Paris. Após conhecer o monumento, você pode optar por fazer um passeio de barco pelo Sena ou seguir direto para o boêmio Montmartre. Cenário de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, o bairro reúne famosas atrações e ruas encantadoras que valem a pena estar no roteiro. À noite recomendamos um jantar no Moulin Rouge ou alguns dos ótimos restaurantes dispostos na região.

Já no segundo dia iremos partir para o circuito Champ-Elysées, Arco do Triunfo e Museu do Louvre. Separe algumas horas do dia para percorrer os movimentados corredores do local e apreciar as obras de arte famosas. Durante a tarde você pode partir para outro centro de compras: a Galeria Lafayette. Ela fica próxima à Ópera Garnier, então caminhe um pouco até o local e tire fotos incríveis da arquitetura luxuosa.

Por fim, no terceiro dia você irá conhecer o Jardim de Luxemburgo, o Panteão e o Quartier Latin, que conta com várias livrarias e cafés. Ao atravessar uma das ponte disponíveis na região você chegará à Île de la Cité, onde poderá passear pela Sainte-Chapelle e pela Conciergerie, além de fazer belos registros da fachada da Catedral de Notre-Dame.

O que fazer em Paris em 4 dias?

O roteiro de 4 dias em Paris é muito semelhante ao de 3 dias, mas em vez de seguir para a Île de la Cité após o Quartier Latin, você pode ir ao bairro vizinho: Saint Germain. Lá é onde fica o famoso Café de Flore e a Ladureé, onde você pode experimentar os tradicionais macarons parisienses. O bairro também abriga o Museu d’Orsay, com sua imensa coleção de artistas impressionistas.

No último dia na cidade, siga até a Île de la Cité para conferir a Sainte-Chapelle, Conciergerie e a Catedral de Notre-Dame. Depois disso, visite no Marais o Museu Picasso e o Centro Pompidou para conferir suas coleções!

O que fazer em Paris em 5 dias?

Após seguir o roteiro de 4 dias em Paris, você pode aproveitar o último dia no Jardim das Tulherias. O lugar conta com várias instalações que valem a pena conhecer, mas a mais reconhecida é o Museu l’Orangerie com suas obras impressionistas gigantes. Outro lugar legal para visitar dentro da cidade é o Museu Rodin ou ainda o Jardim das Plantas. No entanto, se você quer conhecer outra construção impressionante antes de ir embora, recomendamos um dia passeando pelo Palácio de Versalhes e seus jardins.

O que fazer em Paris em 6 dias?

Quem planeja ficar 6 dias em Paris pode fazer todos os roteiros já dispostos acima sem precisar escolher entre os pontos turísticos de Paris, já que com essa quantidade de dias é possível visitar todos os lugares emblemáticos. Você pode também conhecer mais restaurantes e patisseries para provar da culinária francesa, ou ainda passar os dia fazendo passeios alternativos em Paris, como uma visita às Catacumbas.

O que fazer em Paris em 7 dias?

Assim como quem fica 6 dias na Cidade Luz, o roteiro de o que fazer em Paris em 7 dias é super completo e abarca os principais monumentos da cidade, além do Palácio de Versalhes na cidade vizinha. Nesse dia extra você pode optar por se divertir nas atrações da Disneyland Paris, conhecer a casa de Monet em Giverny ou ainda pegar um trem e explorar outras cidadezinhas das redondezas, como Bruges, Mont Saint Michel, Normandia e Vale do Loire.

O que fazer em Paris no inverno?

Como o inverno em Paris é época de baixa temporada, a maioria das atrações estarão mais vazias, então você poderá conferir alguns pontos turísticos com filas menores, como a Torre Eiffel, o Museu do Louvre e o Arco do Triunfo. Além dos passeios em lugares fechados, você também pode passear pelos clássicos mercados de natal e se divertir nas pistas de patinação dispostas pela cidade. Não deixe de se aquecer com um delicioso chocolate quente na Angelina!

O que fazer em Paris no verão?

Quem viaja para Paris no verão deve tomar cuidado com o mês de agosto, pois diversas atrações ficam com os horários reduzidos e óperas, teatros e várias padarias e cafés ficam fechados devido ao período de férias europeias. No entanto, as manifestações culturais continuam acontecendo do lado de fora dos salões, em meio a festivais de música e de cinema. Os pontos turísticos tradicionais estarão com filas maiores, mas uma boa alternativa é fazer piqueniques nos parques da cidade e se refrescar com um sorbet no Amorino. Visite a Paris Plage também para ter uma ideia da praia artificial criada por lá. 😉