Fazer uma viagem de trem pela Suíça é uma experiência inesquecível, o país é famoso por sua pontualidade e paisagens deslumbrantes. Descubra como montar o roteiro aqui.

A Suíça é muito dedicada ao transporte público, criaram um sistema chamado “Swiss Travel System” para o visitante usufruir logo que chegar ao país. Conexões com países vizinhos e um sistema interno que é considerado dos mais densos e melhores do mundo. Isso porque são mais de 26 mil quilômetros que conectam cidades, vilarejos, montanhas, lagos e resorts.
O Swiss Travel System oferece ao visitante a oportunidade de conhecer praticamente todos os lugares no país, seja por trem, ônibus ou barcos.
O país é famoso pelo seu sistema de transporte público e por sua pontualidade, pois desenvolveram um sistema com diversas opções de rotas e de que se adaptam a sua visita, seja ela curta ou longa.

viagem de trem pela suíça diego imai

Leia Mais:

10 coisas para se fazer em Lausanne, na Suíça

10 dicas sobre o que fazer em Berna na Suíça

Onde ficar em Berna, na Suíça: Hotel Alpenblick

O TICKET – THE SWISS TRAVEL PASS

O Swiss Travel Pass é um ticket que te fazer uma viagem de trem pela Suíça, ou até mesmo de ônibus ou barco, além de dar acesso ao transporte público em mais de 75 cidades, ou seja, praticamente a Suíça inteira. Também te dá 50% de desconto nas linhas de montanhas e entrada grátis em aproximadamente 500 museus no país.
Você pode optar por um ticket com validade de 3, 4, 8 ou 15 dias consecutivos e menores de 26 anos ainda recebem um desconto de 15%.
Outra opção é o ticket FLEX, que te permite escolher os dias alternadamente ao invés dos dias consecutivos do ticket normal.
Para saber onde comprar o seu Swiss Travel Pass basta acessar o link, clicando aqui.

VIAGEM DE TREM PELA SUIÇA: CONHEÇA AS ROTAS

O país oferece diferentes rotas turísticas. Lançou o Grand Train Tour of Switzerland no ano passado, o trajeto mais popular, pois conecta as principais e mais bonitas rotas do país. Foi planejado para que você conheça as vistas mais bonitas junto com as principais atrações do país, como diversos museus e patrimônios da UNESCO.
Dentre os outros trajetos, as famosas rotas panorâmicas, como por exemplo, a Golden Pass Line que tive o prazer de conhecer, considerada uma das viagens mais bonitas do mundo, junto com a Glacier Express, Bernina Express, Pre-Alpine Express e também a Wilhelm Tell Express, todas com vistas espetaculares que atraem turistas do mundo todo o tempo inteiro.

1. GRAND TOUR OF SWITZERLAND

Abrange oito rotas diferentes pelo país num total de 1280 quilômetros do melhor sistema público de transporte da Suíça. O Tour pode começar de qualquer lugar e não precisa ser seguido por uma direção exata, mas Zurique é a maior cidade do país e onde a grande maioria das pessoas começa a viagem.
Para a viagem de trem pela Suíça é recomendável de 4 a 8 dias.Além disso, existem diferentes sugestões para melhor se adaptar a sua visita. Eu recomendo a rota de 8 dias, é a mais completa e atrativa. É a seguinte:

ROTA DE 8 DIAS

• ZURICH até ST.GALLEN – duração de 2 horas e 50 minutos. (Passando pela maior cachoeira in Schaffhausen)

• ST. GALLEN até LUCERNE pela Voralpen-Express – duração de 2 horas e 15 minutos. (Passando pela mais alta ponte da Suíça na cidade da luz – Lucerna).

viagem de trem pela suíça diego imai

Voralpen Pre Alpino

• LUCERNE até MONTREUX pela GoldenPass Line – duração de 5 horas e 8 minutos. (Uma rota, duas línguas diferentes).

viagem de trem pela suíça diego imai

Golden Pass

• MONTREUX até ZERMATT – duração de 2 horas e 31 minutos. (Das margens do lago até o topo das montanhas).

• ZERMATT até ST. MORITZ pela Glacier Express – duração de cerca de 8 horas. (O trem “express” mais devagar do mundo).

viagem de trem pela suíça diego imai

Mapa Glacier Express

• ST.MORITZ até LUGANO via TIRANO pela Bernina Express – duração de 5 horas e 50 minutos.
ST.MORITZ até LUGANO pela Palm Express – duração de cerca de 4 horas.

viagem de trem pela suíça diego imai

Mapa de Bernina

• LUGANO até LUCERNE pela Wilhelm Tell Express – duração de 5 horas e 21 minutos. (Viaje a história da Suíça por trem e barco).

viagem de trem pela suíça diego imai

Wilhelm Tell Express

• LUCERNE até ZURICH – duração de 46 minutos.

SUGESTÃO PARA ROTA DE 4 DIAS:

DIA 1: LUCERNE – INTERLAKEN – MONTREUX – duração de 5 horas e 8 minutos.
– 09:05 saída de Lucerne – 10:55 chegada em Interlaken Ost – 11:00 saída de Interlaken Ost – 12:09 chegada em Zweisimmen – 12:25 saída de Zweisimmen – 14:13 chegada em Montreux.

DIA 2: MONTREUX – MARTIGNY – ZERMATT – duração de 2 horas e 31 minutos.
– 08:41 saída de Montreux – 09:53 chegada em Visp – 10:08 saída de Visp – 11:13 chegada em Zermatt.

DIA 3: ZERMATT – CHUR – ST. MORITZ – duração de 7 horas e 58 minutos no verão, 8 horas e 3 minutos no inverno.
– 08:52 saída de Zermatt – 16:50 chegada em St. Moritz no verão ou 16:55 no inverno.

DIA 4: ST.MORITZ – LUGANO – LUCERNE – duração de 11 horas e 11 minutos no verão ou 7 horas e 21 minutos no inverno.
Verão : 09:30 saída de St. Moritz – 12:00 chegada em Tirano – 14:20 saída de Tirano de ônibus – 17:30 chegada em Lugano – 18:11 saída de Lugano – 20:09 chegada em Arth-Goldau – 20:14 saída de Arth-Goldau – 20:41 chegada em Lucerne.
Inverno: 12:20 saída de St.Moritz – 16:30 chegada em Lugano – 17:11 saída de Lugano – 19:41 chegada em Lucerne.

O Grand Tour também incentiva e promove a diversidade cultural e a arte. Esse ano o “Swiss Museum Pass” comemora 20 anos de aniversário, então caso esteja viajando com o Swiss Travel Pass você tem entrada grátis para praticamente todos os museus e também patrimônios da UNESCO.

Nessa viagem de 8 dias você tem a oportunidade de visitar os seguintes museus:

• Swiss National Museum em Zurich.
• Glacier Garden em Lucerne.
• Ballenberg Swiss Open-Air Museum em Brienz.
• La Maison du Gruyère (Museu do Queijo) em Pringy-Gruyères.
• Chillon Castle em Montreux.
• Matherhorn Museum – Zermatlantis em Zermatt.

E patrimônios UNESCO:

• Prehistoric Pile Dwellings around the Alps (perto de Zurich e Lucerne).
• Convento de St. Gallen.
• Lavaux Vineyard Terraces (perto de Montreux).
• Albula/Bernina landscape, na Rhaetian Railway.
• Monte San Giorgio, internationally important fossil remains em Meride.
• Three Castles de Bellinzona.

Ao final de seu Tour, você ainda ganha um certificado personalizado do Grand Train Tour of Switzerland. Não importa qual rota você tenha feito, só precisa acessar o site para pegar o seu.

2. GOLDENPASS RAIL

A GoldenPass Rail esta entre as mais populares viagens de trem pela Suíça . Com início em Lucerne você cruza o Brünig Pass até Interlaken (ponto de início para quem vai visitar Jungfrau), lá você troca de trem e a viagem segue pelas margens do Lago Thun e por Simmental até Zweisimmen, onde você pega o trem panorâmico Golden Pass até Montreux, curtindo a vista dos vinhedos de Lavaux, patrimônio da UNESCO.

viagem de trem pela suíça diego imai

Golden Pass

A rota: Lucerne – Interlaken – Zweisimmen – Montreux.
Tem 191 quilômetros e duração de 5 horas e 8 minutos.

Alguns highlights dessa viagem de trem pela Suíça são:

– Descobrir Lucerne e seus arredores num dos passeios de barco.
– Subir até Jungfraujoch, o Topo da Europa e curtir a vista do Sphinx.
– Visitar Schilthorn, a montanha preferida do 007, Bond World e também o restaurant Piz Gloria.
– O Castelo de Chillon em Montreux.

Para mais informação sobre o GoldenPass, ou reservas, acesse o link.

3. GLACIER EXPRESS

É o trem express mais devagar do mundo, há muito para se ver e apreciar nessa viagem, por isso ela tem que ser bem devagar! É uma viagem de 8 horas num trem panorâmico que te leva aos Alpes Suíços, cruza 91 túneis e 291 pontes!
Começa em Zermatt e você viaja 2033 metros pelo Oberalp Pass antes de entrar no Rhine Gorge e o Landwasser Viaduct, que é parte da Albula Line e também patrimônio UNESCO. Depois segue viagem até Domleschg Valley onde encontra o Castelo de Ortenstein. O trem também possui janelas panorâmicas o que torna a viagem imperdīvel para os amantes de paisagens.

viagem de trem pela suíça diego imai

Glacier

viagem de trem pela suíça diego imai

Glacier

A rota: Zermatt – St. Moritz
Tem 291 quilômetros e duração de 8 horas e 3 minutos.

Alguns highlights dessa viagem de trem pela Suíça são:

– Matterhorn Glacier Paradise, vistas de picos que chegam a quase 4 mil metros.
– Gornergrat, vista dos 3.131 metros do Matterhorn e 28 outros picos.
– Rhine Gorge, o Grand Canyon Suíço.
– O Lago Sils, a excursão de barco mais alta da Europa a 1800 metros de altitude.
– Corvatsch, a estação de ski a 3.303 metros de altitude, um paraíso para quem esquia!

Para mais informação sobre o Glacier Express, ou reservas, acesse o link.

4. BERNINA EXPRESS

Essa rota conecta o frio do norte com o calor do sul, é tranquila e oferece uma viagem incrível do começo ao fim. Nela, você cruza 55 túneis e 196 pontes além da vista de Montebello para o Bernina, da Morteratsch Glacier e do trio de lagos, o Lej Pitschen, Lej Nair e Lago Bianco. No verão você ainda pode extender sua rota de Tirano até Lugano através do ônibus Bernina Express.

viagem de trem pela suíça diego imai

Bernina

A rota: Chur – Tirano (Itália).
Tem 148 quilômetros e duração de 4 horas e 13 minutos.
Tirano até Lugano, são 90 quilômetros com duração de 3 horas e 10 minutos.

Highlights da viagem:

– Arosa Bahn, sāo 26 quilômetros e o trem chega a subir mais de mil metros.
– Albula Railway Museum, mais de 600 exposições de mais de cem anos de história das ferrovias.
– Gandria, uma cinematográfica pequena cidade aos pés do Monte Brè.
– Monte San Salvatore, uma das mais bonitas vistas do Lago Lugano.

Para mais informação sobre o Bernina Express acesse o site, clicando aqui.

5. PRE-ALPINE EXPRESS

Esse trem sem dúvida não foi criado para te levar rápido de um ponto a outro. Nessa viagem de St. Gallen até Lucerne, uma coisa que você vai precisar bastante é tempo, pois tem muita coisa pra se ver!
Começando pela famosa Abbey Library em St. Gallen, uma das mais antigas e impressionantes livrarias do mundo. A rota também cruza o Cantão de Appenzell, com suas vistas incríveis para o Maciço de Alpstein. Outro highlight são os pequenos vilarejos e Colinas quando o trem passa por Toggenburg e os picos de Churfirsten. Já em Rapperswil, a cidade das rosas, você passa pelas paisagens de Seedamm, e depois Rothenthurm e Mythen Cliffs antes de chegar em Arth-Goldau e Lago Zug um pouco antes de chegar em Lucerne onde a viagem acaba.

viagem de trem pela suíça diego imai

Pre Alpine

A rota: St. Gallen – Lucerne
Tem duração de 2 horas e 15 minutos.

Highlights:

– Abbey Precinct and Library
– Mount Säntis, uma das paisagens panorâmicas mais bonitas do país à 2502 metros.
– Appenzell, do lago Constance até o Säntis. Fácil de se explorar a pé ou por transporte público.
– Castelo de Rapperswil.
– Passeio de barco no Lago Zurique.
– Passeio de barco no Lago Lucerne.
– The Lion Monument, que comemora a morte em 1972 dos soldados mercenaries suíços durante a Revolução Francesa.
– Goldau Wildlife Park.

Para mais informação sobre o Pre-Alpine Express acesse o site, clicando aqui.

6. WILLHELM TELL EXPRESS

É difícil dizer qual a parte mais bonita do Wilhelm Tell Express. Nela o trem cruza a mundialmente famosa Gotthard Line, que cruza muitos túneis de 200 a até 1100 metros até chegar no Gothard Túnel, esse de 15 quilômetros , aberto em 1882.

viagem de trem pela suíça diego imai

viagem de trem pela suíça diego imai

A rota: Lugano – Bellinzona – Flüelen – Lucerne.
Tem 182 quilômetros de distância e duração de 5 horas e 21 minutos.

Highlights:

– Swissminiatur: a Suíça em pequena escala, aprecie as casas modelos, paisagens, trens e barcos (uma maquete gigante onde você pode caminhar e explorar a Suíça em miniatura).
– Monte Brè, a mais ensolarada montanha da Suíça com vistas incríveis para o Monte Rosa e os Alpes Berneses e de Valais.
– Brissago Islands.
– Os três castelos medievais de Bellinzona.
– Titlis, o primeiro teleférico giratório do mundo.

Concluindo, viajar de trem pela Suíça é uma experiência muito prazerosa, a qualidade do serviço é tão impressionante que torna a viagem e conexões algo tão bom quanto visitar os lugares. Os trens são extremamente pontuais e organizados, com paisagens de tirar o fôlego e te levam basicamente para todos os cantos do país.

A Suíça é tão dedicada em prestar um serviço de qualidade que viajar de trem acabou virando mais um atrativo no país!

E você? Se animou para fazer uma viagem de trem pela Suíça? Tenha certeza que não irá se arrepender!

Diego Imai viajou a convite do Turismo da Suíça.