Reuni vinte e um programas imperdíveis para quem vem de fora e quer saber o que fazer no Rio e também para quem mora aqui e ama essa cidade. Tem sugestões para todos os gostos, bolsos, idades... Vem comigo e encontre o Rio que é a sua cara!

1. Tomar um chopp na mureta da Urca

Esse programa reúne algumas das práticas preferidas dos cariocas: tomar um choppinho gelado (pagando um preço levemente inflacionado), ao lado dos amigos, sentado na mureta enquanto admira o visual incrível da baia de Guanabara. A boa? Fazer tudo isso no final da tarde, para curtir as cores do pôr do sol.

o que fazer no rio foto: Clarissa Moliterno

2. Vá à praia no inverno, no verão…

Se for a Ipanema, o que por si só já seria um programa imperdível, minha dica – já um pouco “batida”, mas igualmente deliciosa -, é aproveitar o pós praia tomando um vinho no Bar Canastra (Rua Jangadeiros, 42), especializado em vinhos brasileiros.

3. Seja um carioca D.O.C.: almoce no Braseiro da Gávea

Os cariocas não têm dúvidas sobre o que fazer no Rio aos domingos – e mais especificamente, sobre onde comer. A picanha do Braseiro da Gávea (Praça Santos Dumont, 116) é de outro planeta. Se acompanhada com arroz de brócolis, farofa de banana e um chopp geladinho, então, hummm…. poucas coisas combinam mais com um almoço tardio de domingo!

4. SUP na Barra de Guaratiba

A ida pra Barra de Guaratiba é quase uma viagem para outra cidade. E de fato, ao chegar lá, a gente se sente fora do Rio – o clima de tranquilidade é perfeito para curtir no fim de semana. Chegando a Guaratiba, confira a Casa do Remo, que aluga pranchas de stand up paddle para quem quer remar pelo mangue – o visual é incrível e o nível de dificuldade é zero – o mangue é uma piscina!

o que fazer no rio foto: Clarissa Moliterno

5. Fim de tarde no Bira de Guaratiba

Essa dica é a continuação da anterior – quando na Barra de Guaratiba, não deixe de se deliciar com os quitutes a base de frutos do mar do Bira de Guaratiba (Estrada da Vendinha, 68), que tem vista para a área de proteção do mar de Guaratiba.

6. Café da manhã no Instituto Moreira Salles

Choveu e você não sabe o que fazer no Rio? Eu sei e te conto: visite o Instituto Moreira Salles. Trata-se de um centro cultural que ocupa a linda casa da família Moreira Salles, na Gávea. As exposições são gratuitas e é possível se deliciar com o café da manhã do Empório Jardim, que fica lá dentro. Se fizer sol, tome seu café ao ar livre, enquanto admira o jardim projetado pelo Burle Marx. Programão!

o que fazer no rio foto: Clarissa Moliterno

7. Feira de São Cristovão

A feira de tradições nordestinas dispensa maiores descrições. Vá pelas delícias típicas do nordeste a preços justos, pelo forró autêntico, para cantar nos inúmeros karaokês, ou por todas as alternativas anteriores.

8. Atravesse a poça: conheça Niterói

Niterói é o reduto de praias maravilhosas, boa gastronomia, o Museu de Arte Contemporânea – MAC, uma vista linda do Rio (principalmente aquela do alto Parque da Cidade). Chegue cedo, se possível tome café da manhã no Parque da Cidade e rume para a praia deliciosa de Itacoatiara. O lado de lá da Baia de Guanabara (que nós carinhosamente chamamos de “poça”) tem muito a oferecer!

o que fazer no rio foto: Clarissa Moliterno

9. Conheça o Santo Cristo

Esse bairro pouco explorado até alguns anos atrás, caiu na boca (e no gosto) da galera alternativa/artista/fashionista e com razão. Destaque para os quitutes e a imperdível batida de maracujá do Bar do Omar (Rua Sara, 114) e para a antiga fábrica da Bhering (Rua Orestes, 28), que abriga desde exposições de arte a festas num clima bem cool. Taí uma boa dica do que fazer no Rio à noite!

10. Explore a cena gastronômica de Botafogo

Botafogo, conhecido como o “Soho” carioca, em alusão ao bairro nova-iorquino, vem se reinventando na cena gastronômica não é de hoje – e quando falamos em comida por aqui, é para todos os gostos! Desde o trailer do Chico, na praia de Botafogo na altura do número 460, passando pelos deliciosos e disputados hambúrgueres do Comuna (Rua Sorocaba, 585) e do Caverna (Rua Assis Bueno, 26), ambos com seus respectivos fã-clubes, até o aclamado Restaurante Lasai, do chefe Rafa Costa e Silva (Rua Conde de Irajá, 191), não faltam opções. Não deixe de visitar o bar da cervejaria Hocus Pocus, o Hocus Pocus DNA (Rua Dezenove de Fevereiro, 186) e tome uma Hocus Pocus Magic Trap por mim!

11. Parque da Catacumba

O Parque da Catacumba é uma boa pedida pra quem quer um programa ao ar livre, com uma vista bacana da cidade, mas não quer encarar uma trilha muito pesada: começando a trilha na Lagoa Rodrigo de Freitas e até o topo do Parque, você não vai gastar mais do que alguns minutos até se deparar com um visual daqueles!

o que fazer no rio foto: Clarissa Moliterno

12. Visite Santa Teresa

…. e se encante com suas galerias de arte, seu ar de província, suas ruas lotadas em dia de bloco no Carnaval, sua alta gastronomia (Espírito Santa e Aprazível são apenas alguns dos nomes que merecem a visita), seu espírito boêmio…

Dicas de onde ficar em Santa Teresa você encontra no nosso post Casa Marques – Seu hotel em Santa Tereza, RJ 

13. Coma uma esfiha na Rotisseria Sírio Libanesa

Quando no bairro do Largo do Machado, não tenha dúvidas: dê uma passada na Galeria Condor (Largo do Machado, 29) e delicie-se com a melhor esfiha da cidade. Simples e maravilhosa.

14. Tome um chá da tarde na Colombo

Poucos lugares no Rio são capazes de transportar para o passado do modo como a Colombo o faz. A experiência não poderia ser mais completa do que quando acompanhada de um chá da tarde por lá.

o que fazer no rio foto: Clarissa Moliterno

15. Assista a um filme no Odeon

A experiência do item anterior somente estará completa com um filme no fim da tarde no pomposo e lindo cinema Odeon, na Cinelândia. Pronto, você está de volta ao Rio Antigo! (e com mais uma opção sobre o que fazer no Rio com chuva!)

16. Encare o caos da Lapa

… e comprove que o Rio de Janeiro realmente é universal – é gente de todos os cantos do Brasil e do mundo, de todos os ritmos, com e sem dinheiro, em uma confusão louca e típica! Vale a experiência. Durante o dia, não deixe de conferir a famosa escadaria Selaron.

o que fazer no rio foto: Clarissa Moliterno

17. Garimpe obras de arte e antiguidades

O Shopping Cassino Atlântico (Av. Atlântica, 4240) recebe uma feira maravilhosa de antiguidades aos Sábados, das 11 às 19h. O melhor do vintage está aqui! Além disso, o shopping concentra inúmeras galerias de arte e antiquários.

18. Ouça um samba na Pedra do Sal

A roda de samba da Pedra do Sal às segundas feiras é uma tradição de muitos anos no Rio. A Pedra fica aos pés do Morro da Conceição, na Gamboa, o samba é grátis, mas lota – é necessário chegar cedo para conseguir um bom lugar. Toda segunda, a partir das 18h e noite adentro.

19. Visite a região reformada do Píer Mauá

Vale a pena conferir o maior grafite do mundo, do brasileiro Kobra no boulevard olímpico, aproveitar os museus da região: o MAR, o Museu do Amanhã e, não muito longe dali, o CCBB e a Casa França-Brasil. Fique atento na programação dos armazéns do porto – rola desde feira de arte (a Art Rio) a feira de cerveja (Mondial de La Biere).

o que fazer no rio foto: Clarissa Moliterno

20. Visite o Horto

Aproveite os dias de semana, quando o burburinho é um pouco menor, e tire um momento para se energizar nas cachoeiras do Horto, logo atrás do Jardim Botânico. Estique a visita até a vista chinesa para se deslumbrar com uma vista de tirar o fôlego, e volte para o Horto para almoçar ou tomar uns drinks nos bares e restaurantes da região. Eu amo especialmente o Restaurante Puro (Rua Visconde de Carandai, 43) e o bar Sobe (Rua Pacheco Leão, 724).

21. Chegue – ou parta – do Aeroporto Santos Dumont

E o faça de manhã, por favor. A vista merece tudo que foi dito pelos poetas e compositores…. E, para entrar no clima, no mp3 não pode faltar o Samba do Avião.

Praias Selvagens no Rio de Janeiro

Quer conhecer as praias selvagens no Rio de Janeiro? Contrate um Day Tour para conhecer a Prainha, Grumari e Abricó com o Maurício do Trilhas e Aventuras. Leia mais aqui


E aí, já decidiu o que fazer no Rio na próxima vez que estiver por aqui? Ou, se você, assim como eu, tem a sorte de viver nesse paraíso caótico, que tal colocar em prática algumas dessas 21 ideias?